R.B. 9/JUL/20 "Mais um escabroso ato de censura"


"Mais um escabroso ato de censura"

São Paulo, 9 de julho de 2020 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, finalmente rompendo a "resistência" dos 100.000pts e após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 5/MAR/20, reduzindo mais uma parte das perdas ainda acumuladas no ano (-13,7%) diante da valorização das commodities e dos sinais de retomada da economia tupiniquim (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a esperada manutenção do "humor positivo na bolsa tupiniquim e também influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,1%, para fechar o dia aos 99.770pts e assim se aproximar dos 100.000pts, beneficiada pela valorização das commodities, pelo movimento ascendente das bolsas de NY e pela expectativa de redução dos temores e do pânico da população com o coronavírus após a divulgação de que o presidente Bolsonaro está com a doença e (2) o DÓLAR caiu -0,6% à R$ 5,35, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também em meio a previsão de ingresso de capitais externos no Brasil no curto prazo, por causa de novas captações de empresas tupiniquins no exterior e da perspectiva por ofertas de ações na B3.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,8%, com destaques de queda para as ações de empresas do setor de consumo e de eletrônicos e China 1,7%, depois da mídia estatal do país afirmar que um "bull market saudável" para o país, (2) da EUROPA, destoando do movimento ascendente das bolsas de NY, Inglaterra -0,6%, França -1,2% e Alemanha -1,0%, com os investidores temendo o aumento da disseminação do coronavírus no mundo e desanimados com declarações de Christine Lagarde, presidente do BC Europeu, que falou em dar uma pausa nos estímulos e (3) dos EUA, com o NASDAQ registrando um novo patamar recorde de alta, S&P 0,8%, DJ 0,7% e NASDAQ 1,4%, embaladas pela reabertura econômica do país, pelos avanços na busca por uma vacina para o coronavírus e pela perspectiva de continuidade das políticas fiscal e monetária.

Coberto de razão, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, tem insistido que manterá a reabertura da economia do seu país, pressionando agora pela reabertura das escolas no outono local, que começa em 22/SET/20.

Tendo que gastar dinheiro público para desmentir as inverdades ditas pena nefasta imprensa socialista, pelos vagabundos das ONGs e pelos bandidos do PT sobre o Brasil mundo à fora, o governo Bolsonaro contratou empresas de relações públicas no exterior para mostrar, e provar, que o país está comprometido com a preservação ambiental.

Segundo Alberto Ramos, diretor e economista-chefe para a América Latina do Goldman Sachs, o fundo do poço da atividade econômica tupiniquim foi em ABR/20, recuperação prosseguirá nos próximos meses e a inflação "comportada" sugere que é mais provável um novo de derradeiro corte de -0,25% da taxa básica de juros brasileira na próxima reunião do Copom, que será realizada nos dias 4 e 5 de agosto de 2020.

Ressaltando que é importante que o governo brasileiro retome a agenda de ajuste fiscal e reformas pró-crescimento, especialmente aquelas que deem segurança jurídica para os estrangeiros, Gustavo Arruda, economista-chefe do BNP, afirmou que "aposta" que a moeda norte-americana pode cair abaixo de R$ 5,00 até final do ano.

Superando as "apostas do mercado", que esperada uma recuperação de apenas 5,9%, em MAI/20 as vendas do varejo tupiniquim cresceram 13,9% na comparação com ABR/20, dando mais um sinal de que "o pior já passou".

-    O Deutsche Bank -1,1% na bolsa da Alemanha, após o banco ter sido multado em US$ -150 milhões pelo regulador financeiro de NY por causa de suas relações com um investidor acusado de uma série de abusos sexuais e que se matou na cadeia em 2019.

-    A farmacêutica Moderna subiu 0,8% na bolsa de NY, após a companhia informar que deve começar em julho a fase 3 do estudo de sua candidata à vacina contra o coronavírus.


Política:

O Facebook, que deve durante o governo federal tupiniquim como seu principal cliente durante os anos que a organização criminosa petista estava no poder, decidiu ontem, em "mais um escabroso ato de censura", apagar 73 páginas de apoiadores do presidente Bolsonaro da referida rede social.

Indicando que a vergonhosa censura feita pelo Facebook tem "parceria" com os bandidos do Congresso Nacional, ontem mesmo a CPMI das fake news solicitou à referida rede social o material das contas removidas que eram ligadas à família Bolsonaro.

Escancarando a enorme fraternidade e cumplicidade entre a organização criminosa petista e o PSDB, Marta Suplicy postou ontem um vídeo na internet dizendo que quer ser candidata à vice na chapa do tucano Bruno Covas, que tentará se reeleger prefeito de SP.

Coberta de razão, a médica Mayra Pinheiro, que é Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do governo Bolsonaro, publicou nas suas redes sociais que os governadores e prefeitos de SP, RJ e Ceará são os responsáveis pelas mortes por coronavírus que aconteceram em suas regiões, ressaltando que eles impediram ou dificultaram o acesso as medicações para tratamento da doença.

Tentando disputar com o PSOL o posto de principal linha auxiliar da organização criminosa petista, o MBL, que de liberal não tem nada, pediu e à Justiça o afastamento de todos servidores públicos que tiveram contato com o presidente Bolsonaro.

Rumando para a cadeia e/ou para o ostracismo, a organização criminosa petista, que elegeu 257 prefeitos no Brasil em 2016, tem atualmente 238 prefeituras e deve terminar este ano, após as eleições municipais, com menos de 100.  

Atuando sempre de forma exemplar, rápida e proativa quando os interesses dos grandes bancos tupiniquins estão em jogo, ontem o Senado aprovou a MP do tratamento tributário sobre a variação cambial de investimentos de bancos e instituições financeiras.


Crítica:

Seguem 3 conselhos para quem está pensando em pegar, sem necessidade, empréstimos bancários, inclusive aqueles com juros baixos e subsidiados pelo governo, (1) investimentos em ações são arriscados e não devem ser feitos com dinheiro de empréstimos, aliás nenhum investimento no mercado de capitais deve ser feito com recursos oriundos de empréstimos, (2) empréstimos devem ser usados apenas para emergências ou para empreender e (3) dinheiro se ganha trabalhando, bolsa de valores e bons investimentos são para construção de patrimônio.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário