R.B. 10/JUL/20 "De liberal não tem mais nada"


"De liberal não tem mais nada"

São Paulo, 10 de julho de 2020 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, ampliando os ganhos da semana (2,5%) e reduzindo as perdas acumuladas no ano (-14,2%), influenciada pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais, pela recuperação dos preços das commodities e pelos sinais de retomada da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, acompanhando o esperado “humor positivo” na bolsa tupiniquim e aliviado pelo ingresso de capitais externos no país por conta de novas captações de empresas tupiniquins no exterior e da perspectiva de novas ofertas de ações na B3.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,6%, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu 100.191pts, em um movimento de realização de lucros que acompanhou a instabilidade das bolsas de NY e o recuo das commodities e (2) o DÓLAR caiu -0,2% à R$ 5,33, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,4% e China 1,4%, animadas pela divulgação de dados apontando para uma recuperação rápida da economia chinesa , (2) da EUROPA, Inglaterra -1,7%, França -1,2% e Alemanha -0,1%, com os investidores temendo um novo aumento de casos de coronavírus e desanimados pela divulgação de números piores do que o esperado da economia alemã e (3) dos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,6%, DJ -1,4% e NASDAQ 0,5%, divididas entre um movimento de realização de lucros recentes e a manutenção do rali das ações das grandes companhias do setor de tecnologia, que aliás renovou máxima histórica de fechamento aos 10.548pts.

Além de buscar alternativas para melhorar a arrecadação e encontrar alguma alternativa que contribua para readequar o fiscal, como tributação de dividendos e a volta da CPMF, ideias que não agradam o “mercado”, Paulo Guedes, brilhante ministro da economia, também quer acelerar as privatizações este ano, o que não agrada Rodrigo Maia, nefasto presidente da Câmara que é conhecido como Botafogo nas planilhas de propina da Odebrecht.

Mostrando otimismo, Jefferson Laatus, estrategista-chefe do Grupo Laatus, o caminho para a bolsa tupiniquim superar os 100.000pts já está pavimentado, tendo em vista a disponibilidade de liquidez, o que se confirma com o anúncio de algumas gestoras de fecharem seus fundos para captação.

Apresentando 3 novos “frutos podres” da inútil e criminosa quarentena do coronavírus, (1) em JUN/20 as vendas de imóveis em SP foram -15% menores do que em JUN/19, (2) o setor tupiniquim de turismo já soma perdas de R$ -122bi entre MAR/20 e JUN/20 e (3) em JUN/20 o número de pedidos de seguro desemprego no país foi 28,4% maior que no mesmo período de 2019.

Indicando que os preços estão controlados, o IPC, que mede a inflação na cidade de SP, subiu 0,40% na primeira quadrissemana de JUL/20.

Se livrando de tudo aquilo que não é o centro do seu negócio, a Petrobrás anunciou na noite de ontem que já está em negociações finais para vender sua refinaria Rlam, que é a segunda maior da empresa e que fica na Bahia, para o fundo de investimento de Abu Dhabi chamado Mubadala.

-    A Boeing caiu -3,9% na bolsa de NY, pressionada pela abertura de uma investigação da Administração Federal de Aviação dos EUA por supostas pressões da empresa sobre reguladores.


Política:

Outrora um movimento sério e importante, o MBL, que “de liberal não tem mais nada”, foi hoje alvo de uma operação da Polícia Federal, que prendeu Carlos Augusto de Moraes Afonso, um de seus líderes, que é acusado de lavagem de dinheiro e desvio de R$ 400 milhões.

Além de representar a volta da censura no Brasil, o escabroso projeto de Lei das Fake News, que está em discussão no Congresso Nacional, delegará às redes sociais o papel que cabe ao judiciário.

Atualmente o Brasil gasta cerca de 1,3% do seu PIB com as forças armadas, porem, segundo o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, o gasto militar brasileiro não é condizente à estatura do país e deveria ser de 2,0% do PIB.

Procurando o lobista mais canalha e bandido do Congresso Nacional tupiniquim, entidades da indústria, se lixando para o rombo das contas públicas, enviaram ofício a Rodrigo Maia, presidente da Câmara, criticando o veto do presidente Bolsonaro ao dispositivo que prorrogava a desoneração da folha de pagamento para 17 setores até o fim de 2021.

Continuando sua cruzada para derrubar o brilhante e competente ministro Ricardo Sales, do meio ambiente, o Ministério Público pediu ao Tribunal de Contas da União uma investigação sobre a suposta omissão do governo Bolsonaro quanto ao dever de promover políticas de proteção ambiental.

Para ficar em paz com os bandidos do centrão e com os pilantras do STF, o presidente Bolsonaro decidiu trocar quatro vice-líderes do governo na Câmara, inclusive o deputado bolsonarista Daniel Silveira e Otoni de Paula, que chamou Alexandre de Moraes de “lixo”, “canalha” e “esgoto do STF”.

Mostrando de que lado estão os bandidos, Gilmar Mendes, o ministro mais nefasto e canalha do STF, comemorou a decisão do Facebook de censurar e banir perfis ligados a assessores da família Bolsonaro.

Ao mandar as forças-tarefas da Lava Jato compartilharem todos os seus dados com a Procuradoria-Geral da República, com o interessa claro de ajudar a enterrar as investigações, Dias Toffoli, ministro do STF e ex-advogado da organização criminosa petista, se valeu de uma decisão do plenário do Supremo, relatada por Alexandre de Moraes, sobre a “unidade” do Ministério Público.

A decisão canalha de Dias Toffoli que mandou as forças-tarefas da Lava Jato de Curitiba, RJ e SP compartilharem com a PGR todos os dados de suas investigações permitirá a Augusto Aras fazer uma devassa que provavelmente vai paralisar a operação.


Crítica:

Em mais um capítulo do escabroso faroeste tupiniquim, no qual o bandido prende o mocinho, Conselho Nacional do Ministério Público, que é comandado por vagabundos, petistas e bandidos, decidiu abrir mais um procedimento para apurar mais denúncias feitas pela OAB, conhecida atualmente como Organização dos Amigos dos Bandidos, contra os brilhantes procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, em especial Deltan Dallagnol, que coordena os trabalhos.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário