R.B. 26/JUN/20 "A única verdade inquestionável é que ambos temem o livre mercado"


"A única verdade inquestionável é que ambos temem o livre mercado"

São Paulo, 26 de junho de 2020 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, para facilmente zerar as perdas ainda acumuladas na semana (-0,6%), beneficiada pela redução das tensões políticas tupiniquins, pela valorização das commodities e pela crescente entrada de novos investidores na bolsa brasileira e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo uma parte da forte alta registrada nos 2 pregões anteriores (3,5%), seguindo o movimento internacional da moeda norte-americana e influenciado pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,7% (aos 95.983pts), retornando à sua trajetória de alta, beneficiada pelos sinais cada dia mais intensos de reabertura da economia tupiniquim, acompanhado a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e impulsionada pela importante aprovação final do novo marco do saneamento básico brasileiro e (2) o DÓLAR subiu 0,2% à R$ 5,33, após um pregão com bastante volatilidade, com máxima de R$ 5,38 e a mínima de R$ 5,26, no qual terminou o dia acompanhando o fortalecimento internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, China não teve pregão por conta de feriado nacional e Japão -1,2%, prejudicada pelos temores de uma segunda onda de coronavírus em alguns países e por projeções econômicas pessimistas divulgadas pelo FMI, (2) da EUROPA, recuperando as perdas da abertura, Inglaterra 0,4%, França 1,0% e Alemanha 0,7%, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY e animadas pela valorização das commodities e (3) dos EUA, S&P 1,1%, DJ 1,2% e NASDAQ 1,1%, beneficiadas pela recuperação das ações dos bancos, como Wells Fargo (4,8%) e Goldman Sachs (4,6%), diante do anúncio de que os reguladores do país relaxarão a Regra Volcker e permitirão que as instituições financeiras aumentem os investimentos em fundos de capital de risco

Ajudando a calmar os investidores, ontem, após o fechamento de todos os pregões do mundo, o FED (“BC” dos EUA), anunciou os resultados de um teste de estresse do setor bancário norte-americano, no qual concluiu que os bancos estão preparados para suportar os impactos da crise.

Esperando mais um corte da taxa básica de juros tupiniquim, Luiz Hurtado, analista de moedas do Canadian Imperial Bank of Commerce, afirmou que acredita que o real vai seguir sob pressão, ressaltando que só vê a moeda norte-americana caindo abaixo de R$ 5,00 no quarto trimestre de 2021.

Confrontando os canalhas e vagabundos do STF, que fazem de tudo para manterem seus salários exorbitantes e principalmente suas mordomias, Paulo Guedes, brilhante ministro da Economia, afirmou considera inevitável a discussão sobre o corte de salário de servidores, e que vai persistir na ideia por meio de uma proposta de emenda à Constituição no Congresso Nacional.

Por conta da inútil e criminosa quarentena do coronavírus, segundo projeções da FGV a economia tupiniquim apresentará uma retração de -9,8% no segundo trimestre deste ano, o que representa mais do que o dobro do pior resultado da história, -4,7% auferidos no quarto trimestre de 1990.

A primeira previa da inflação brasileira de JUN/20 ficou em apenas 0,02%, nos últimos 12 meses o IPCA acumula alta de 1,92% e, com a inflação controlada, o BC anunciou ontem que a meta de inflação será de 3,5%, o que representa o menor patamar da história tupiniquim.

Ontem, 1 dia após aprovação do novo marco regulatório do saneamento básico já dando resultados, fundos de investimento e grandes grupos empresariais estrangeiros e nacionais congestionaram os telefones dos grandes escritórios de advocacia tupiniquim tentando entender as oportunidades abertas pela nova lei.

Indicando porque o Brasil, com juros de 2,25% ao ano, está recebendo cada dia menos recursos para operações de carry trade, que é a tomada de recurso em país de juro baixo para aplicar em outro de taxa maior, a taxa básica de juros do México está em 5,5% ao ano e a taxa básica de juros na Turquia está em 8,25% ao ano.


Política:

Deixando os canalhas da Globo e os demais canetinhas de aluguel da organização criminosa petista sem capacidade de crítica, o presidente Bolsonaro escolheu o brilhante financista, autor de livros e professor Carlos Alberto Decotelli para ser o novo ministro da Educação.

Também entristecendo a oposição, os ministros ativistas e socialistas do STF e todo os demais que querem derrubar o presidente Bolsonaro, ontem foi concedido um habeas corpus para que o senador Flávio Bolsonaro seja julgado pela segunda instância no caso das rachadinhas.

Mostrando que a maioria dos nobres parlamentares também detestam a rede Globo, ontem o Senado aprovou, por 76 a 4, a medida provisória que autoriza a recriação de sorteio e concursos na TV aberta, beneficiando assim as emissoras aliadas do governo.

Sem capacidade de aumentar muito sua fake news, o Datafolha, que garantia que Haddad seria eleito presidente em 2018, divulgou ontem que o índice de aprovação de Bolsonaro recuou de 33% em MAI/20 para 32% em JUN/20, permanecendo em 42% na região Sul do país e em 51% entre os empresários brasileiros.

Pressionado pela opinião pública, que já percebeu que o objetivo é calar os críticos e censurar a população, o Senado adiou a apreciação do texto-base do nefasto projeto de lei das fake news, que tem o apoio entusiasmado da organização criminosa petista, de suas linhas auxiliares e dos canetinhas de aluguel da imprensa socialista tupiniquim.

Em mais um ato terrorista da esquerda, que quer derrubar ou matar o presidente, ontem um militante socialista classificado pela imprensa como “democrático”, gritando palavras de ordem contra Bolsonaro, ateou fogo em um ônibus em frente ao Palácio do Planalto.

Ditador, canalha e sem nenhum caráter, Doria, governador tucano de SP, pediu a abertura de inquérito policial para investigar, censurar e proibir as pessoas de criticarem seu governo e suas decisões.


Crítica:

Apesar de dizer abertamente seus milhares de Assessores de Investimentos devem ser exclusivos pois não são de confiança, Benchimol, CEO da XP, afirmou, em mais um capítulo do teatro das tesouras armado com seus controladores, afirmou que se o Itaú não acredita no seu modelo de negócios deve vender sua participação na Corretora.

Entrando, “coincidentemente ou não”, como atriz coadjuvante no teatro das tesouras da XP e do Itaú, a CVM, que também acha que lucro é pecado, divulgou uma nota dizendo que está analisado a transparência na remuneração dos Assessores de Investimentos, mesmo sabendo que eles não representam nenhum custo adicional ao investidor.

Na briga mais fake da história do mercado financeiro tupiniquim, “a única verdade inquestionável é que ambos temem o livre mercado”, já que (1) o Itaú, que capta a 2,0% ao ano e empresa a 15% ao mês, reclama da comissão dos Assessores de investimentos, mas adora a regulamentação do BC que garante seu monopólio e (2) a XP reclama dos bancões, mas adora a regulamentação da CVM, que conseguiu enfiar goela abaixo do mercado em 2011 e que garante exclusividade de seus milhares de Assessores de Investimentos.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário