R.B. 24/JUN/20 "Uma campanha difamatória, covarde, canalha e mentirosa"


"Uma campanha difamatória, covarde, canalha e mentirosa"

São Paulo, 24 de junho de 2020 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, reduzindo os ganhos acumulados no mês (9,8%) e ampliando a baixa registrada no ano (-17,0%), influenciada pela piora do “humor” nas principais bolsas mundiais, diante dos temores de avanço do coronavírus nos EUA e na Alemanha, duas das maiores economias do planeta, e da ameaça de Washington de tarifar bilhões de dólares em produtos da União Europeia e do Reino Unido, como parte de uma antiga disputa envolvendo subsídios para aviões e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também em um “ajuste técnico” após 3 pregões seguidos de queda.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,7% (aos 95.075pts), beneficiada pela valorização das commodities, pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais e pela crescente entrada de novos investidores internos por conta do baixo patamar da taxa básica de juros tupiniquim e (2) o DÓLAR caiu -2,3% à R$ 5,16, acompanhando o “humor positivo” na bolsa brasileira e refletindo a elevada liquidez mundial e a expectativa de reabertura das economias.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,5% e China 0,2%, aliviadas por uma declaração de Trump, presidente norte-americano e CPT do mundo, reafirmando que o acordo comercial preliminar de Washington com Pequim permanece intacto e em vigor, (2) da EUROPA, Inglaterra 1,2%, França 1,4% e Alemanha 2,3%, animadas com os avanços maiores do que o esperado dos índices de gerentes de compras da região e (3) dos EUA, com o NASDAQ batendo mais um recorde histórico de alta, S&P 0,4%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,7%, embaladas pela redução das tensões do país com a China e pela reabertura da economia do país.

Correto em desprezar o que dizem os canalhas e idiotas da OMS, Larry Kudlow, principal assessor econômico da Casa Branca, minimizou a chance de segunda onda de coronavírus nos EUA e afirmou que a economia do seu país seguirá retornando suas atividades.

Também animando os investidores, (1) Steven Mnuchin, secretário de Tesouro dos EUA, afirmou que a Casa Branca "considera seriamente" outro pacote de estímulo e que é "altamente improvável" que o país tenha de paralisar a economia novamente e (2) Anthony Fauci, principal infectologista norte-americano, afirmou que a vacina para o coronavírus estará disponível até o final do ano.

Conforme esperado, na ata da sua reunião da semana passada, quando cortou a taxa básica de juros de 3,0% para 2,75%, o Copom deixou em aberto a possibilidade de mais um corte “residual” na Selic, provavelmente de -0,25%, na sua próxima reunião.

Aumentando a lista de “frutos podres” da criminosa e inútil quarentena do coronavírus, (1) a Receita Federal informou que a arrecadação de R$ 77,4bi em MAI/20 foi a menor para o mês desde MAI/05 e (2) as cidades do Nordeste terão prejuízo de mais de R$ 1bi por conta do cancelamento das festas de São João.

Com uma carreira forjada, na raça, como Assessor de Investimentos que, beneficiado por uma época em que não existia a nefasta exclusividade, teve ousadia e poder de barganha para comprar uma corretora, que com um exército de mais de 8.000 dedicados AIs se tornou a maior do Brasil, Benchimol, CEO da XP, entrou na lista da Forbes dos 20 mais bilionários mais ricos do Brasil, com um patrimônio avaliado em R$ 15,5bi.

Prejudicando 200 milhões de patos e ajudando os 5 maiores bancos do Brasil a manterem confortavelmente seus monopólios, o CADE e BC barram acordo entre o WhatsApp, Cielo e instituições financeiras pequenas que permitiria pagamentos e transferências de valores diretamente entre usuários do aplicativo.

Fingindo que não sabe que os bancões não tem interesse em emprestar com juros baixos, ontem o BC lançou um novo pacote de medidas, desta vez de R$ 212bi, para ampliação da oferta de crédito para as micro, pequenas e médias empresas.

Também ajudando os bancões, e desta vez incentivando os brasileiros a se entupirem ainda mais em dívidas, o BC anunciou que pretende aprovar uma medida que libera o uso de imóvel já financiado, e ainda não quitado, como garantia para um novo empréstimo com as mesmas condições contratadas anteriormente.

Principalmente por culpa da nefasta imprensa socialista tupiniquim, que não se cansa de espalhar fake news para tentar derrubar o presidente, as embaixadas do Brasil na Europa receberam a carta do grupo formado por 30 fundos internacionais, de países como Suécia, Japão e Reino Unido, que ameaçam tirar seus recursos do País se o governo não trabalhar para deter um suposto desmatamento da Amazônia.


Política:

Com os bandidos e os canalhas finalmente assumindo que sempre estiveram unidos, figuras nefastas como FHC, Sarney, Temer, Haddad e Boulos se unirão na sexta-feira em um ato virtual cujo único objetivo e derrubar o presidente Bolsonaro.

Tirando, após cobrar um preço muito alto, uma faca do pescoço do presidente, o TSE rejeitou, de forma unanime, uma ação eleitoral impetrada pela organização criminosa petista que poderia levar à cassação de Bolsonaro e de Hamilton Mourão por crimes eleitorais.

Conhecido como Botafogo nas planilhas de propina da Odebrecht, Rodrigo Maia, nefasto presidente da Câmara, ironizou a saída de Abraham Weintraub do país e afirmou ser o primeiro caso de uma pessoa que diz ser perseguida politicamente, mas que conta com apoio do governo.

Mostrando “ousadia e independência”, a Polícia Federal reafirmou ao ministro Celso de Mello, do STF, que precisa colher o depoimento de Bolsonaro no inquérito aberto após Sergio Moro pedir demissão do Ministério da Justiça acusando, sem provas, o presidente de interferir na PF.

Exatamente como queria Luiz Roberto Barroso, presidente do TSE que manda no Congresso, os “nobres e subservientes” senadores aprovaram, em dois turnos, a proposta de emenda à Constituição que altera para os dias 15 e 29/NOV/20 as datas do primeiro e do segundo turno das eleições municipais deste ano.


Crítica:

É lamentável que o Itaú, maior banco privado do país que em 2017 comprou a maior corretora de valores do Brasil, faça “uma campanha difamatória, covarde, canalha e mentirosa” contra os Assessores de investimentos que, contra tudo e todos, são os principais responsáveis (1) pelo sucesso de diversas Corretoras de Valores, (2) pela popularização dos investimentos em Bolsa, (3) pelo aumento do financiamento privado ao setor produtivo da economia, (4) pela melhora da educação financeira dos brasileiros, (5) pelo desenvolvimento da indústria de fundos e das Gestoras independentes e (6) pela desbancarização e aumento da concorrência no setor financeiro.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário