R.B. 7/MAI/20 "Mais ousado, ou quiçá irresponsável, que o esperado"


"Mais ousado, ou quiçá irresponsável, que o esperado"

São Paulo, 7 de maio de 2020 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, beneficiada pela valorização das commodities e impulsionada pela cada vez mais baixa atratividade dos investimentos em renda fixa e (2) o DÓLAR pode subir, para fechar em território positivo pelo quinto pregão consecutivo e com “boas chances” de superar o maior patamar da história (R$ 5,75), reagindo negativamente ao corte acima do esperado da taxa básica de juros tupiniquim e aos sinais de que ela pode cair ainda mais.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,5% (a 79.063pts), devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu 79.996pts, prejudicada pelo recuo das commodities e com os investidores temendo novas prorrogações na quarentena e os respectivos efeitos nefastos dela na economia tupiniquim e (2) o DÓLAR subiu 2,0% à R$ 5,70, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e ainda influenciado pela esperada redução da taxa básica de juros brasileira, que torna cada dia menos atraente os “investimentos” em títulos públicos e privados do país, principalmente aqueles atrelados ao CDI.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão permaneceu fechada devido a feriado local e China 0,6%, seguindo o movimento ascendente das bolsas de NY no dia anterior, com o apetite por risco ainda alimentado por esforços dos EUA e de vários outros países de reabrir suas economias, (2) da EUROPA, revertendo os ganhos da abertura, Inglaterra -0,1%, França -1,1% e Alemanha -1,1%, prejudicadas pela divulgação de dados que mostram um impacto gigante da quarentena do coronavírus na atividade econômica, como a previsão da Comissão Europeia de que o PIB do bloco vai recuar -7,4% estre ano e (3) dos EUA, sem uma tendência única, após um pregão com boa volatilidade, S&P -0,7%, DJ -0,9% e NASDAQ 0,5%, divididas entre o bom desempenho das ações do setor de tecnologia, como Apple (1,0%), Microsoft (1,0%) e Amazon (1,4%), e a divulgação de que foram cortados 20,2 milhões de empregos no setor privado do país em ABR/20.

Provavelmente com “culpa no cartório” na questão do coronavírus, o governo Chinês decidiu, em meio a crescentes tensões entre EUA e China, enfraquecer a taxa de paridade do yuan em relação ao dólar.

“Mais ousado, ou quiçá irresponsável, que o esperado” pela maioria do “mercado”, ontem o Copom decidiu cortar pela sétima vez seguida a taxa básica de juros da economia brasileira, desta vez em -0,75%, de 3,75% para 3,00% ao ano, o que representa o menor patamar da história e (1) tornará ainda mais difícil a vida dos investidores conservadores, (2) impulsionará ainda mais a cotação do dólar e (3) não vai estimular investimentos no setor produtivo neste atual cenário que quarentena, desemprego e incertezas.

Agora único pilar de sustentação do governo Bolsonaro, o brilhante ministro da economia Paulo Guedes, com a ajuda do secretário de Desestatização e Privatização, Salim Mattar, se reuniu com o presidente Bolsonaro e com os ministros da ala militar para tentar convencê-los de que será preciso acelerar um plano de R$ 150bi em privatizações e venda de participações da União.

Supondo, em sua imbecil racionalidade socialista, que dinheiro público nasce em árvore, a Folha de SP divulgou em seu editorial um estudo que propõe que o auxílio emergencial para trabalhadores informais, que já chegou a 50 milhões, beneficie 112 milhões de brasileiros, o que corresponde a mais da metade da população do país e custaria R$ 218bi.

Apresentando novas faturas da quarentena, (1) em ABR/20 o volume de vendas no comércio de SP foi -62,8% menor que em ABR/19 e (2) 40% dos trabalhadores brasileiros já perderam totalmente sua renda e 77% dos que estão empregados temem serem demitidos em breve.

Contribuindo, e muito, com o aumento das demissões durante a crise do coronavírus, os nefastos e socialistas ministros do STF decidiram que qualquer trabalhador que for contaminado pelo coronavírus é considerado como acidente de trabalho, obrigando assim o empregador a pagar uma indenização.

-    A General Motors subiu 2,9%, após registrar lucro acima do esperado no primeiro trimestre.


Política:

Por conta do lobby de funcionários públicos vagabundos e egoístas, a economia com congelamento salarial de servidores cai de R$ 130bi para R$ 43bi, já que diversas categorias ficaram de fora e desidratam a proposta de Paulo Guedes.

Incomodados com uma liberal no governo, aliados aloprados do presidente Bolsonaro prepararam um dossiê contra Regina Duarte, secretaria da Cultura, para desgasta-la e força-la a pedir demissão do cargo.

Entristecendo a organização criminosa petista, que teme o retorno de seu líder para a cadeia, ontem os 3 desembargadores do TRF-4 rejeitaram, de forma unanime, os recursos encaminhados pela defesa de Lula, o maior bandido da história do país, e manteve a condenação dele a 17 anos e um mês de prisão no caso do sítio de Atibaia.

Linha auxiliar da organização criminosa petista, os terroristas do MST, apostando na quebradeira no campo, especialmente do setor sucroalcooleiro, promete invadir terras de empresas falidas logo após a pandemia do coronavírus.

Com a maioria dos jornais dando a manchete de que Bolsonaro vai entregar o governo para o Centrão, ontem Fernando Leão foi indicado como diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas.

Defensora de Bolsonaro, a deputada Bia Kicis afirmou que “não há corrupção no governo” e, apesar da entrega de cargos a novos aliados, quem for pego envolvido em desvios “vai rodar”.


Crítica:

Socialista, canalha, nefasta e sofrendo de enorme crise a abstinência de mortadela estatal, a TV Globo, além de espalhar o pânico na população, tem incentivado, descaradamente, os governos estaduais, principalmente de SP e do RJ, a determinem o endurecimento da quarentena, obrigando todo mundo a ficar preso em casa vendo televisão e sendo sustentado pelo governo.

Em mais uma notícia escondida pela nefasta, canalha e socialista imprensa tupiniquim, o Governador de NY, Andrew Cuomo, disse ontem 2/3 dos pacientes recentemente hospitalizados por coronavírus foram infectados mesmo respeitando rigorosamente as medidas de quarentena.

Qualquer idiota supõe que não existe isolamento maior que na prisão, porém, se valendo da crise do coronavírus, que deve estar deixando muito juiz rico, a justiça de SP já soltou 3.100 presos, dentre eles 103 homicidas.

Com estabilidade no emprego, salário garantido e vida mansa, 51% dos servidores públicos federais estão em home office por conta da quarentena imposta por governadores.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário