R.B. 5/MAI/20 "Frustrando os que acham que é o Brasil quem precisa da China"



"Frustrando os que acham que é o Brasil quem precisa da China"

São Paulo, 5 de maio de 2020 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, beneficiada pela melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais, pela valorização das commodities e pelas “apostas” de corte da taxa básica de juros tupiniquim na reunião do Copom desta semana e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, aliviado pelo bom desempenho das exportações brasileiras e influenciado pelos leilões de venda do BC.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -2,0%, realizando lucros após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 11/MAR/20 (aos 81.171pts), acompanhando o recuo das commodities e se ajustando às perdas das demais bolsas mundiais durante o feriado tupiniquim do dia do trabalho e (2) o DÓLAR subiu 1,5% à R$ 5,52, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e já influenciado pela esperada redução da taxa básica de juros tupiniquim na reunião do Copom desta semana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão e China não tiveram pregão por conta de feriados locais, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,2%, França -4,2% e Alemanha -3,6%, prejudicadas pelo aumento das tensões entre EUA e China e com destaques de queda para as ações das empresas aéreas, como Easy Jet (-7,2%), IAG (-5,2%) e Air France (-7,5%), após declarações negativas do megainvestidor Warren Buffet sobre o setor e (3) dos EUA, recuperando as perdas da abertura, S&P 0,4%, DJ 0,1% e NASDAQ 1,2%, beneficiadas pelo bom desempenho das ações do setor de tecnologia, como Apple (1,4%) e Microsoft (2,5%).

Apesar de acreditar que as tensões comerciais entre EUA e China devem se manter elevadas, a consultoria Capital Economic “aposta” que os estímulos do FED (“BC” norte-americano) e uma recuperação econômica no segundo semestre de 2020 devem levar a maioria dos mercados de ações a subirem neste ano.

Cada semana um pouco mais pessimista, o “mercado” (1) reduziu, de 3,00% para 2,75%, suas projeções para a taxa básica de juros do país em 31/DEZ/20, (2) piorou, de -3,34% para -3,76%, suas “apostas” para a retração da economia tupiniquim neste ano, (3) cortou, de 3,40% para 3,30%, suas expectativas para o IPCA de 2020.

Abrindo, juntamente com os dados acima, um espaço para o Copom “cortar confortavelmente” a taxa básica de juros na sua reunião desta semana, diante da demanda menor por conta do prolongado e criminoso isolamento social imposto por governadores dos principais estados brasileiros, o nível de utilização da capacidade instalada da indústria tupiniquim está em apenas 57,5%, o que representa o menor patamar da história.

Apresentando o melhor resultado para o mês desde ABR/17, em ABR/20 a balança comercial brasileira, impulsionada pelo aumento das exportações de commodities para a Ásia, registrou um superávit de US$ 6,7bi.

Por conta do aumento de gastos públicos para combater o coronavírus, a dívida pública do Brasil deverá bater recorde neste ano, subindo, segundo projeções do ministério da economia, de 75,8% do PIB em DEZ/19 para 90% do PIB em DEZ/20.

Ajudando a estimular a concorrência no monopolista mercado financeiro tupiniquim, ontem o BC regulamentou o open banking, que é a plataforma pela qual o consumidor poderá compartilhar seus dados financeiros com outras instituições em busca de condições de crédito melhores.

Frustrando os que acham que é o Brasil quem precisa da China”, em ABR/20, graças aos chineses, que obviamente precisam comer, as exportações brasileiras de soja atingiram a recorde histórico de 16,3mi de toneladas, superando em 35,8% o recorde anterior registrado em MAI/18 (12,4mi).

Ontem, após o fechamento do pregão, o Itaú anunciou que lucrou “apenas” R$ 3,9bi no primeiro trimestre deste ano, valor -43,1% menor que o auferido no mesmo período de 2019, já que o banco “malandramente” separou R$ 10,4bi de seu resultado para a conta de devedores duvidosos.

Política:

Baixando sua nefasta e corrupta bolinha, Rodrigo Maia, presidente da Câmara e conhecido como Botafogo nas planilhas de propina da Odebrecht, colocou ontem em votação, e aprovou sem mudanças, os textos da PEC do orçamento de guerra e o pacote de socorro a Estados aprovado no sábado pelos senadores.

Usurpando, com apoio da nefasta imprensa socialista tupiniquim, os poderes do executivo e do legislativo, o STF, que é majoritariamente formado por ministros indicados pela organização criminosa petista, já derrubou 8 decisões do presidente Bolsonaro desde 1/JAN/19.

Com uma boa dose de razão, o deputado federal Capitão Augusto, do PL de SP, sugeriu ao presidente Bolsonaro que, na próxima decisão “inconstitucional” de ministro do STF, acione o Senado para apurar suposto “crime de responsabilidade”.

Mostrando-se fiel à Bolsonaro, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, disse que o STF ultrapassou limites ao tomar decisões como a suspensão da nomeação de Alexandre Ramagem para a diretoria-geral da Polícia Federal e ao barrar a ordem do governo brasileiro para expulsar diplomatas venezuelanos aliados a Nicolás Maduro do Brasil.

Preocupando bolsominios, Rodrigo Sanchez, advogado do Sergio Moro, posicionou-se, em petição ao STF, pela divulgação pública do depoimento do referido ex-ministro feito à PF no sábado, alegando que o intuito é evitar interpretações dissociadas de todo o contexto das declarações.

Finalmente tentando fazer algo útil, a Assembleia Legislativa de SP deve analisar hoje o projeto de lei que aumenta de 4% para 8% alíquota do ITCMD, imposto sobre transmissão causa mortis e doações, que incide na herança e transferência de bens e que nos EUA chega a 50%.

Crítica:

Sofrendo de uma enorme abstinência de mortadela estatal, a TV Globo, maior criadora de fake news da atualidade, segue insistindo na mentira de que as manifestações em apoio a Bolsonaro são antidemocráticas e contra os demais poderes, mesmo o presidente dizendo exatamente e exaustivamente o contrário.

Diante da decisão imbecil de Bruno Covas, prefeito de SP e aprendiz de ditador, de bloquear a passagem de carros particulares em avenidas importantes da cidade, o trânsito nas vias públicas da maior cidade do Brasil aumentou bastante.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário