R.B. 4/MAI/20 "É antidemocrático e fascista dizer que as pessoas não podem sair de casa"



"É antidemocrático e fascista dizer que as pessoas não podem sair de casa"

São Paulo, 4 de maio de 2020 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros após avançar 6,9% na semana passada e principalmente acompanhando a forte piora do “humor” nas demais bolsas mundiais por conta das acusações e ameaças que Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, fez contra a China e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, mesmo após avançar 4,7% no mês passado e assim acumular uma alta de 35,6% no ano, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e já influenciado pela esperada redução da taxa básica de juros tupiniquim na reunião do Copom desta semana.

Quinta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -3,2% (aos 80.506pts), acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, prejudicada principalmente pelo recuo das ações dos bancos e realizando lucros após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 11/MAR/20, para fechar o mês acumulando uma alta de 10,2% e (2) o DÓLAR subiu 1,6% à R$ 5,44, também em um “ajuste técnico” após as quedas recentes e em um movimento de cautela antes do feriado no Brasil.

Sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, China não operou devido a feriado nacional e Japão -2,8%, prejudicada pelas ameaças de retaliação com tarifas feitas por Trump contra a China, (2) da EUROPA, com baixo volume de negócios por conta dos feriados na França e na Alemanha, Inglaterra -2,3%, seguindo as perdas das bolsas de NY e com os investidores desanimados por balanços e indicadores econômicos piores do que o esperado e (3) dos EUA, S&P -2,8%, DJ -2,5% e NASDAQ -3,2%, com destaques de queda para as ações do setor de tecnologia, Apple (-1,6%) e Amazon (-7,6%), que podem ser as mais afetadas caso Trump cumpra sua ameaça de impor tarifas sobre produtos chineses e que divulgaram resultados piores do que o esperado.

Acumulando uma alta de 13,0%, em ABR/20 o S&P 500, principal índice da bolsa de NY, registrou o melhor mês desde 1987, impulsionado por medidas fiscais e monetárias e pelos processos de reabertura econômica gradual de estados norte-americanos e países europeus, após semanas de quarentena para tentar, inutilmente, conter o avanço do coronavírus.

Causando um abalo nos mercados financeiros globais, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, afirmou que existem indícios de que o coronavírus foi criado em um laboratório chinês e, ameaçando impor novas tarifas sobre Pequim, ressaltou que, diante da pandemia, o acordo comercial com China agora é de importância secundária.

Durante sua tradicional reunião anual com investidores, que pela primeira vez aconteceu on-line, o megainvestidor Warren Buffett afirmou que (1) não se deve apostar contra os EUA e (2) o período atual é um excelente momento para comprar ações, porém com visão de longo prazo

“Apostando” que o BC tupiniquim cortará a taxa básica de juros em -0,5% na reunião desta semana, Andres Abadia, economista da consultoria inglesa Pantheon Macroeconomics afirmou que o real está “no olho do furação”, por conta do risco político e do coronavírus, que projeta uma retração de -2,5% do PIB brasileiro neste ano e que as contas públicas brasileiras vão ter deterioração significativa pela frente.

Ciente de que a Argentina é governada por uma organização criminosa, e socialista, o governo brasileiro quer implementar mudanças nas regras de funcionamento do Mercosul para viabilizar tratativas comerciais sem a participação ou a necessidade de aval dos argentinos.

Otimista, após se reunir com Paulo Guedes, o empresário Meyer Nigri, dono da Tecnisa, enviou um áudio de WhatsApp a colegas dizendo que o referido ministro da economia “aposta” em uma rápida recuperação em V, está muito animado e vai fazer um pacote de medidas gigantesco.

Como frutos podres de uma quarentena irracional, inútil e inesperada, (1) o comercio de rua de SP, que emprega mais de 1 milhão de pessoas, já projeta milhares de demissões e fechamento de estabelecimentos, (2) em ABR/20 as vendas de veículos novos caíram -77% na comparação com o mesmo período de 2019 e (3) segundo cálculos do Ibre, a crise do coronavírus, que já compromete a renda e o poder de compra das famílias, pode tirar até R$ 500bi dos bolsos dos brasileiros neste ano e (4) -15,9% abaixo do recorde negativo anterior (73,4% registrados em DEZ/16), o nível de utilização da capacidade instalada da indústria brasileira atingiu apenas 57,5% no final de ABR/20.

Com o objetivo de aumentar a capacidade de captação de recursos e a concorrência, o Conselho Monetário Nacional, na quinta-feira passada, (1) autorizou as financeiras a emitirem CDBs e (2) elevou, de US$ 100 mil para US$ 300 mil, o valor máximo das operações realizadas pelas corretoras de câmbio.

Beneficiados pela pandemia do coronavírus, os frigoríficos brasileiros, especializados em exportações de produtos halal, pediram até 60 dias para atender a demanda dos árabes por frango nas últimas semanas.

-    O Bradesco caiu -7,2%, após a divulgação do seu balanço trimestral, com forte diminuição do lucro (-39,8%) por conta do aumento da sua provisão para calotes.
-    A Tesla recuou -10,3% na bolsa de NY, após o CEO da empresa escrever em sua conta oficial no Twitter que o preço da ação "está alto demais".

Política:

Unindo vagabundos, bandidos e socialistas, como FHC, Lula e Ciro Gomes, contra o presidente Bolsonaro, as centrais sindicais, que são linhas auxiliares da organização criminosa petista, fizeram no dia 1/MAI/20 um ato online para comemorar o Dia do Trabalho.

Causando, obviamente, ódio e revolta nos socialistas vagabundos e em seus canetinhas de aluguel, Bolsonaro afirmou, em referencia ao dia do trabalho, que seu maior desejo é que as pessoas possam voltar a trabalhar.

Em um acordo negociado por Paulo Guedes e Alcolumbre, sem a participação do nefasto Rodrigo Maia, o Senado aprovou em sessão virtual na noite de sábado, por unanimidade, o congelamento dos salários dos servidores públicos por 2 anos e o pacote de R$ 120bi de socorro aos estados e municípios afetados pela crise do coronavírus, sendo R$ 60bi de repasse direto para o caixa de governadores e prefeitos, que por sua vez não poderão usar a pandemia para tentar suspender o pagamento de dívidas que têm com a União.

Em um recado direto à vagabundos como Doria e Witzel, o ministro Paulo Guedes, da economia, criticou tentativa de governadores e prefeitos de aproveitarem a crise para fazer “farra eleitoral”.

Se sentindo traído pelo governo Bolsonaro com a demissão de Sergio Moro do ministério no mês passado, o grupo de empresários Brasil 200, que vinha apoiando as ações do presidente desde o início do mandato, agendou uma live com o vice Hamilton Mourão para a quinta-feira desta semana.

Colocando gasolina na fogueira, Luís Roberto Barroso, ministro do STF, não contribuiu em nada para serenar os ânimos ao acatar uma ação movida pela organização criminosa petista e suspender a expulsão imediata de funcionários da Embaixada e de consulados da Venezuela, dando dez dias para o governo dar explicações.

Prestigiando mais uma manifestação feita contra o irracional isolamento horizontal da população, o presidente Bolsonaro disse estar junto com as Forças Armadas e ao lado do povo e ressaltou, em referencia aos desmandos do STF e do Congresso Nacional, que está “no limite”.

Após ganhar fama por ajudar a desvendar os crimes da organização criminosa petista e a derrubar a presidenta Dilma, a deputada estadual Janaina Paschoal, que foi eleita com 2 milhões de votos e que agora crítica, com toda razão, o governo Bolsonaro, passou a ser estimulada por seu partido, o PSL, a se candidatar à presidência do Brasil em 2022.

Fartamente munido de provas, Sergio Moro afirmou, durante seu depoimento à PF, que o presidente Bolsonaro ameaçou demiti-lo durante uma reunião gravada com outros ministros, caso ele não concordasse com a troca do superintendente da PF no RJ.

Crítica:

Ajudando a aumentar a insegurança jurídica e o desemprego, o STF, dominado por socialistas, vagabundos e canalhas, o STF decidiu em liminar que o fato de o trabalhador ser contaminado por coronavírus é considerado como doença ocupacional, o que, por sua vez, equipara-se a acidente de trabalho.

Com visões diferentes de mundo, Mark Zuckerberg, dono do Facebook que praticamente ganhou na loteria ao criar a rede social e aliás que está lucrando muito com a pandemia, elogiou as medidas isolamento horizontal, já Elon Musk, que teve que estudar e ralar bastante para criar a Tesla e a Space X, afirmou que “é antidemocrático e fascista dizer que as pessoas não podem sair de casa”.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário