R.B. 18/MAI/20 "Bandidos e canalhas se unirem contra ele"


"Bandidos e canalhas se unirem contra ele"

São Paulo, 18 de maio de 2020 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, iniciando um movimento de recuperação das perdas acumuladas no mês (-3,7%) e no ano (-32,9%), beneficiada pela valorização das commodities, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e aliviada com a redução das tensões políticas no Brasil e (2) o DÓLAR pode cair, reduzindo uma pequena parte da forte alta acumulada no ano (45,7%), influenciado pelos mesmos motivos que devem impulsionar a bolsa tupiniquim e também pelas expectativas de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,8%, revertendo uma abertura positiva e na contramão do movimento ascendente das principais bolsas mundiais, prejudicada pela piora do "clima político" no Brasil após o pedido de demissão do ministro da Saúde Nelson Teich e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 5,84, recuperando as perdas da abertura, quando na mínima atingiu R$ 5,76, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e a deterioração do "humor" na bolsa tupiniquim.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,6% e China 0,2%, beneficiadas pela divulgação de dados animadores da produção industrial chinesa, (2) da EUROPA, Inglaterra 1,0%, França 0,1% e Alemanha 1,2%, com investidores mostrando mais otimismo sobre a possibilidade de retomada econômica, conforme vários países começam a relaxar restrições à circulação por causa da pandemia de coronavírus e (3) dos EUA, recuperando mais uma parte das perdas acumuladas na semana e no ano, S&P 0,4%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,8%, aliviadas com o noticiário sobre a gradual reabertura econômica e animadas com as notícias de descoberta de remédios e vacinas para o coronavírus.

Já se recuperando da crise do coronavírus, que aliás nasceu, ou "foi nascida", no país, a China registrou um crescimento anual de 3,9% na produção industrial em ABR/20, revertendo um declínio de -1,1% em MAT/20 e superando a expectativa de analistas, que previam alta de 1,0%.

Endurecendo o discurso contra governadores populistas e canalhas, Paulo Guedes, brilhante ministro da Economia, afirmou que o governador que der reajuste aos servidores durante a pandemia do coronavírus estará usando cadáveres como palanque eleitoral.

Canalhas e populistas, os governadores dos Estados de Mato Grosso, Amapá e Paraíba, desdenhando da crise do coronavírus, aprovaram reajustes e gratificações de salários do seu funcionalismo, inclusive chegando ao disparate de dobrar os vencimentos dos nefastos cargos comissionados.

Demostrando preocupação, Waldery Rodrigues secretário especial da Fazenda, afirmou que o Brasil foi atingido "por um meteoro que impacta a trajetória de equilíbrio fiscal", em referência aos efeitos da pandemia do coronavírus nas contas públicas, e confirmou que a equipe econômica pressiona o Palácio do Planalto para vetar pontos do projeto de lei de auxílio a estados e municípios.

Citando a acentuada deterioração do cenário econômico e político nas últimas semanas, bem como à extrema flexibilização monetária, o Bank of America (1) piorou sua estimativa para o desempenho da economia brasileira em 2020 e passou a ver contração do PIB de -7,7% neste ano, ante expectativa anterior de queda de -3,5% e (2) elevou, de R$ 5,20 para R$ 5,85 sua projeção para o dólar ao fim do ano.

Apresentando novos "frutos podres" da quarentena do coronavírus, (1) nos 15 primeiros dias de MAI/20 as vendas de veículos novos no país caíram -72% na comparação com o mesmo período de 2019 e (2) nas 2 primeiras semanas de MAI/20 o consumo de diesel caiu -30% na comparação com o mesmo período de 2019.

Por conta da desvalorização do petróleo, da queda do consumo de combustíveis e do aumento da demanda chinesa por alimentos, a cultura da cana-de-açúcar sofreu um forte baque com a pandemia do coronavírus no Brasil e começou a perder espaço para os grãos, como soja, milho e até amendoim.

Dando uma ótima notícia para o setor agrícola tupiniquim, que já se beneficia bastante do elevado patamar do dólar, a China "recomendou" que suas empresas de comércio e processadoras de alimentos aumentem os estoques de grãos e oleaginosas (como soja e milho) diante de uma possível segunda onda do coronavírus e o agravamento da doença em outros países.

-    A Sorrento subiu 158,0% na bolsa de NY, após a referida farmacêutica anunciar que tem um remédio experimental que mostrou potencial de bloquear infecções por coronavírus.

-    A B3 subiu 4,5%, já que, se esbaldando no monopólio bursátil tupiniquim, a referida operadora da bolsa brasileira auferiu um lucro de R$ 1,02bi no primeiro trimestre deste ano, valor 69,1% maior que o registrado no mesmo período de 2019.


Política:

Mostrando que o presidente Bolsonaro tem o apoio de quem empreende, investe, arrisca e gera empregos, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Sociollog no final da semana passada, 63% dos empresários brasileiros são faváveis a abertura dos estabelecimentos comerciais imediatamente.

Após causar milhares de contaminações desnecessárias por coronavírus devido a sua "ideia de jerico", Bruno Covas, prefeito de SP que é um perfeito idiota, suspendeu o rodizio intermitente na maior cidade do Brasil.

Apaixonado pelo poder, Paulo Skaf, que está perto de finalizar seu quarto mandato como presidente da Fiesp, já começou a se movimentar na tentativa de emplacar mais uma reeleição e para isto terá que, mais uma vez, mudar o estatuto da federação.

Tirando dinheiro dos impostos para empresas endinheiradas fazerem propaganda gratuita travestida de assistencialismo, já tramitam na Câmara Federal mais de 10 projetos de lei que querem dar incentivo fiscal para quem fizer doação.

Atendendo a um pedido de Paulo Guedes, ministro da Economia, o presidente Bolsonaro vetou diversos trechos do projeto de lei que amplia o auxílio emergencial de R$ 600 para informais impactados pela crise causada pela quarentena do coronavírus.

Escolhido pela organização criminosa petista para ser seu candidato à prefeito de SP, Jilmar Tatto afirmou que terá como sua principal bandeira na disputa a defesa da tarifa zero para o transporte público e ressaltou que Lula é como um pai para o PT.

A divulgação, pela nefasta imprensa socialista tupiniquim, de novos "rumores" de que Paulo Guedes deixará o governo e de mais um "escândalo" envolvendo Bolsonaro, que desta vez é acusado de interferir nas investigações da Polícia Federal mesmo antes de ser eleito presidente, confirmam que perderam forças as acusações envolvendo o ex-ministro Sergio Moro.

Mostrando a enorme capacidade do presidente Bolsonaro de fazer "bandidos e canalhas se unirem contra ele", Lula, uma semana após trocar gentilezas com o governador tucano Dória, decidiu falar sobre democracia com o senador alagoano Fernando Collor.


Crítica:

A saída de Teich, após menos de 1 mês no cargo, do ministério da saúde de Bolsonaro nos ensina que (1) ao se aceitar um trabalho deve-se faze-lo de acordo com o combinado no momento da contratação e (2) ao contratar alguém combine exatamente o que quer que a pessoa faça e o que você espera dela.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário