R.B. 12/MAI/20 "O lucro, dos outros, é pecado"


"O lucro, dos outros, é pecado"

São Paulo, 12 de maio de 2020 (TERÇA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, com “boas chances” de zerar as perdas acumuladas no mês (-1,8%), acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, beneficiada pela recuperação dos preços das commodities e impulsionada pelas expectativas de novos cortes da taxa básica de juros tupiniquim e (2) o DÓLAR pode subir, na contramão da trajetória internacional da moeda norte-americana, já que os novos cortes esperados da taxa básica de juros tupiniquim reduzirão ainda mais o fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu 1,5% (aos 79.065pts), revertendo uma abertura positiva, quando na máxima atingiu 80.723pts, influenciada negativamente pela instabilidade das demais bolsas mundiais, pressionada pelo recuo das commodities e prejudicada pelo aumento da pressão de socialistas, canalhas e vagabundos pela implementação do “lockdown” (bloqueio total) nas principais cidades do Brasil e (2) o DÓLAR subiu 1,4% à R$ 5,82, seguindo a esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e impulsionado pela crescente saída de investidores do país, apesar da atuação do BC na ponta vendedora.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,0% e China 0,1%, aliviadas com os sinais de reabertura das principais economias do mundo, após um longo período de bloqueios para tentar conter a disseminação do coronavírus, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, França -1,3% e Alemanha -0,7%, temendo os sinais de novas ondas de infecções em países da Ásia, que geraram dúvidas sobre a viabilidade da reabertura econômica em países que ainda estão no estágio inicial do afrouxamento e (3) dos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,1%, DJ -0,4% e NASDAQ 0,8%, divididas entre o recuo do petróleo, que derrubou a Chevron (-2,2%) e a Exxon Mobil (-1,0%), e o otimismo pela reabertura de negócios no país, que impulsionou a Microsoft (1,1%), a Apple (1,6%) e a Alphabet (1,4%).

Influenciados, ou quiçá contaminados, pela nefasta imprensa socialista tupiniquim, que não se cansa de queimar o filme do país no exterior, (1) Andres Abadia, economista para América Latina da consultoria inglesa Pantheon Macroeconimics, afirmou que está cada vez mais pessimistas sobre as perspectivas com o Brasil, (2) o JPMorgan revisou sua projeção e passou a prever contração de -7,0% do PIB tupiniquim em 2020 e (3) o Deutsche Bank anunciou que espera uma queda de -6,2% do PIB do Brasil em 2020.

Cada semana um pouco mais pessimista, o “mercado” (1) reduziu, agora de -3,76% para -4,11%, suas “apostas” para o crescimento da economia tupiniquim neste ano, (2) elevou, agora de 62,10% para 64,15%, suas expectativas para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB em 2020, (3) reduziu, de 2,75% para 2,50%, suas projeções para a taxa básica de juros do país em 31/DEZ/20 e (4) diminuiu, de 1,97% para 1,76%, suas previsões para a inflação medida pelo IPCA em 2020.

Na ata da sua reunião da semana passada, que foi divulgada na manhã de hoje, o Copom deixa claro que cortará novamente a taxa básica de juros da economia brasileira, acreditando que com isto estimulará investimentos no setor produtivo.  

Com acesso fácil e boas garantias, as grandes empresas tomaram 54,9% do valor total dos novos empréstimos, que somados chegam a R$ 367,6bi, desde a chegada do coronavírus no Brasil, sobrando assim 20,8% para pequenas e médias e 24,3% para pessoas físicas.

Mais uma vez mostrando que, ao menos na área econômica, fará o que Paulo Guedes mandar, o presidente Bolsonaro “avisou” que vetará, assim como quer seu referido ministro da economia, o reajuste dos servidores públicos na lei de socorro aos estados e municípios.

Sem dizer de onde vai tirar o dinheiro para compensar a queda na arrecadação, Carlos da Costa secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, afirmou que o governo avalia desonerar empresas dentro de reforma tributária como medida para a retomada.

Apresentando novos “frutos pobres” da quarentena radical e desorganizada implementada no país por governadores despreparados, irresponsáveis e canalhas, (1) 1.500.000 de trabalhadores formais foram demitidos em MAR/20 e ABR/20 passaram a ter direito ao seguro-desemprego, número representa um salto de 31% em comparação com o mesmo período de 2019, (2) 7.000.000 de trabalhadores formais já tiveram salário e jornada cortados após pandemia, o que representa 21% do total.

Para proteger a indústria tupiniquim de proteína animal, que aliás está ganhando bastante mercado nesta época de coronavírus, a Associação Brasileira de Proteína Animal acrescentou ao seu protocolo padrões e recomendações adotadas pela União Europeia e pelos EUA na crise.

-    A BRF disparou 11,6% já que, beneficiada pela alta do dólar e pelo aumento das suas exportações, apresentou um lucro melhor que o esperado relativo ao primeiro trimestre de 2020.

-    A IRB despencou -14,8%, após a empresa de resseguros comunicar que recebeu ofício do órgão regulador sobre decisão de instauração de fiscalização especial, por apresentar insuficiência na composição dos ativos garantidores de provisões técnicas e, consequentemente, da liquidez regulatória.


Política:

Sem coragem, ou culhões, de facilitar e desburocratizar a entrada de bancos internacionais no Brasil, aumentando assim a concorrência, os senadores, provavelmente criando dificuldades para vender facilidades, irão votar um projeto de lei para aumentar a taxação sobre o lucro dos bancos de 20% para 50% e limitar a 20% ao ano os juros do cheque especial e do cartão de crédito.

Apostando que Bolsonaro chegará bem politicamente em 2022 e avaliando que não haverá espaço para um candidato de centro, caciques do Centrão já cogitam apoiar a reeleição do presidente em 2022, o que seria péssimo para Doria, do PSDB.

Diante da atitude imbecil, canalha e quiçá até assassina de proibir a circulação de metade dos automóveis de SP, a maior cidade do Brasil, lotando o transporte público, ocorreu ontem um protesto de caminhoneiros na Avenida Paulista contra o governador Doria e contra o prefeito Bruno Covas, ambos do PSDB.

Motivado por uma ação judicial de autoria do brilhante vereador Fernando Holiday, do MBL, o Ministério Público de SP emitiu um parecer ontem pedindo a suspensão do imbecil, inútil e assassino rodízio ampliado na cidade de SP alegando “ausência de motivação”.

Contrariando o discurso da nefasta imprensa socialista tupiniquim, que não se cansa de dizer que é importante não ter briga política neste momento de combate ao coronavírus, o Estadão pediu novamente ao STF que obrigue o presidente Bolsonaro a apresentar seus exames para detectar o coronavírus.

Funcionária pública com 11 anos na área, Larissa Rodrigues Peixoto Dutra foi escolhida para o cargo de presidente do Instituto de Preservação do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, porém a nefasta imprensa socialista tupiniquim alerta que ela tem laço de amizade com a família do presidente Bolsonaro, como se isto fosse crime.

Se lixando para empregos, renda e saúde, já que o único objetivo deles é derrubar o presidente, governadores canalhas, como o tucano Doria (SP), o emedebista Hélder Barbalho (PA), o petista Camilo Santana (CE) e o comunista Flavio Dino disseram que irão ignorar o decreto do presidente Bolsonaro classificando academias e salões de beleza como serviços essenciais.


Crítica:

Estimulada pela mentalidade socialista de um funcionário da CVM e acreditando que “o lucro, dos outros, é pecado”, a maior corretora de valores do Brasil, que monopoliza o mercado de Assessores de Investimentos com cerca de 90% dos profissionais, “avisou” aos seus AIs, que aliás são constantemente tratados como empregados sem carteira assinada ou direitos trabalhistas, que passará a divulgar aos clientes deles o quanto os AIs ganham em cada operação que fazem, obviamente sem abrir a margem total de cada operação.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário