R.B. 23/ABR/20 "Polêmico e corajoso"



"Polêmico e corajoso"

São Paulo, 23 de abril de 2020 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, ampliando os ganhos acumulados no mês (10,5%) e reduzindo as perdas registradas no ano (-30,2%), novamente acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e também as expectativas de retomada das atividades comerciais no Brasil e no mundo e (2) o DÓLAR pode cair, em um "ajuste técnico" após o novo recorde histórico de ontem, influenciado pelos leilões de venda do BC e pela esperada manutenção do "humor positivo" na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,2%, para recuperar o patamar dos 80.000pts, acompanhando a melhora do "humor" nas principais bolsas mundiais, beneficiada pela recuperação das commodities, em especial o petróleo, e impulsionada pelo baixo patamar de mortes por coronavírus no Brasil e (2) o DÓLAR subiu 1,9% à R$ 5,40, para fechar em um novo recorde histórico, ignorando a melhora do "humor" na bolsa tupiniquim e influenciado principalmente pelo aumento das "apostas" de novo corte da taxa básica de juros do Brasil.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,7%,  pressionada por ações dos setores de eletrônicos e varejista e China 0,6%, revertendo o movimento de queda predominante dos últimos 2 dias, (2) da EUROPA, Inglaterra 2,3%, França 1,2% e Alemanha 1,6%, embaladas por avanços em estudos para prevenção e tratamento do coronavírus, que inclusive levou a Alemanha a anunciar planos de relaxamento da quarentena e (3) dos EUA, recuperando quase todas as perdas do pregão anterior, S&P 2,3%, DJ 2,0% e NASDAQ 2,8%, impulsionadas principalmente pelas ações dos setores de tecnologia e energia, beneficiadas pela recuperação dos preços do petróleo, favorecidas pela aprovação de um novo pacote fiscal pelo Senado do país e "animadas" por perspectivas de relaxamento na quarentena.

Diante da ameaça de Trump de retaliar de forma esmagadora eventuais ataques iranianos a navios norte-americanos na região do Golfo e dos sinais de que o cartel da OPEP pode anunciar um novo corte na produção global de petróleo, a referida commoditie passou a subir e fechou com alta de 5,4% na bolsa de Londres.

Prestes a cometer mais um erro, o BC tupiniquim, ao que tudo indica, deve reduzir novamente a taxa básica de juros da economia, segundo as "apostas majoritárias do mercado" dos atuais 3,75% para 3,00% ao ano, o que elevará ainda mais a curva de juros longo, aumentará o custo de captação do governo e impulsionará ainda mais a cotação do dólar frente ao real.

Coberta de razão, a área econômica do governo disparou alertas para lideranças do Congresso e conseguiu derrubar a votação de um perigosíssimo projeto de lei que queria instituir um empréstimo compulsório para grandes empresas cobrirem despesas urgentes causadas pela situação de calamidade pública relacionada ao novo coronavírus, o que obviamente traria insegurança e afugentaria investimentos.

Com o objetivo de estimular a recuperação da economia tupiniquim após o fim da quarentena do coronavírus, o governo Bolsonaro lançou ontem o programa Pró-Brasil, cuja implantação em larga escala começará a partir de OUT/20 e que terá duas vertentes (1) progresso, com investimentos estruturantes e ações estratégicas do setor público, que pretendem criar até 1 milhão de empregos, e (2) ordem, com um arcabouço normativo, investimentos privados, segurança jurídica e produtividade e melhoria do ambiente de negócios.

Apresentando 2 dados nefastos causados pela quarentena, (1) em MAR/20 a arrecadação federal de impostos caiu -3,3% na comparação com MAR/19 e atingiu o menor patamar em 10 anos e (2) o consumo de energia no país caiu 10% após o início das medidas de isolamento social, de acordo com a Câmara Comercializadora de Energia Elétrica.

Por conta do baixo número de mortes por coronavírus no país, o Brasil já tem 43 shoppings reabertos em 19 cidades e segundo Glauco Humai, presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers, até o final de MAI/20 a maioria dos 577 centros de compras tupiniquins já devem estar abertos novamente.

-    O Pão de Açúcar disparou 8,8%, após divulgar que, beneficiado pela quarentena do coronavírus, projeta um crescimento de 15% na receita do primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado.

Política:

Mostrando a que veio, Nelson Teich, novo ministro da Saúde, afirmou, em sua primeira entrevista coletiva à frente da pasta, que em uma semana deve entregar uma diretriz para orientar a flexibilização do isolamento social nos estados, que será customizado para cada região, já que o Brasil é um País "gigante e heterogêneo".

Unindo canalhas, malucos, bandidos e pilantras para atacar o governo Bolsonaro, figuras como Lula, FHC, Rodrigo Maia e Ciro Gomes já confirmaram presença em um evento virtual que as nefastas centrais sindicais tupiniquins estão organizando para o dia do trabalho, em 1/MAI/20.

Sem vergonha de espalhar fake news e causar pânico na população, a Prefeitura de SP, comandada pelo socialista tucano Bruno Covas, fará campanhas publicitaria mostrando mortos nas ruas do Equador para defender isolamento da população.

Deixando cair a máscara, já que a cede de poder é maior que um suposto medo do coronavírus, a grande maioria dos partidos políticos, assim como a Justiça Eleitoral, são contrários ao adiamento das eleições municipais deste ano.

Segundo suas próprias palavras, Davi Alcolumbre, presidente do Senado, afirmou que nos últimos 20 dias se aconselhou com FHC, Lula, Collor e Temer para saber qual melhor postura adotar durante a crise provocada pela pandemia do coronavírus.

Reaproximando Lula, o maior bandido da história tupiniquim, da cadeia, João Pedro Gebran Neto, do TRF-4, negou o pedido da defesa do referido canalha petista para que fosse adiado o julgamento dos embargos de declaração na sentença que confirmou a sua condenação no caso do sítio de Atibaia.

Afrontando mais uma vez a vontade popular e a independência dos poderes e também atendendo um pedido da organização criminosa petista, Alexandre de Moraes, ministro do STF e ex-advogado do PCC, determinou ontem que o presidente Bolsonaro apresente ao STF, em 5 dias, as medidas adotadas para o combate ao coronavírus.

Em uma peça assinada por Ciro Gomes e Carlos Lupi, ontem o PDT apresentou um pedido de impeachment do presidente Bolsonaro na Câmara, acusando-o de cinco crimes de responsabilidade previstos na Constituição.

Mostrando um pouco de vergonha na cara, a Assembleia Legislativa de São Paulo anunciou ontem que analisará, e provavelmente aprovará, um projeto apresentado pelos deputados do partido NOVO para reduzir gastos, incluindo salários de deputados e de servidores comissionados.

Em um artigo "polêmico e corajoso", Ernesto Araújo, chanceler tupiniquim, (1) alertou que o coronavírus nos faz despertar para pesadelo comunista, onde as liberdades individuais são caçadas, (2) afirmou que o globalismo substitui o socialismo como estágio preparatório ao comunismo, (3) criticou a transferência de poderes nacionais à OMS, sob o pretexto (jamais comprovado) de que um organismo internacional centralizado é mais eficiente para lidar com os problemas e (4) ressaltou que o "projeto globalista" caminha por meio de temas como o alarmismo climático, a ideologia de gênero, o dogmatismo politicamente correto e a reorganização da sociedade pelo nefasto princípio da raça.

Crítica:

Dando mais 2 péssimas notícias para a turma que torce para o coronavírus, (1) a Universidade de Oxford, segundo o governo britânico, começará a testar vacinas para o coronavírus hoje e (2) a BioNTech e a Pfizer anunciaram que a autoridade reguladora da Alemanha aprovou a testagem clínica de uma vacina desenvolvida pelas duas empresas contra o coronavírus.

Apenas 5 horas após ser libertado da cadeia supostamente com a desculpa de se proteger do coronavírus, Valacir de Alencar, líder do PCC, arrancou a tornozeleira eletrônica e fugiu.

Espalhado o pânico, criando seguidas fake news e torcendo arduamente pelo coronavírus, já que quer derrubar o presidente que parou de comprar a imprensa com propaganda pública e sua audiência aumenta com todo mundo preso e em pânico dentro de casa, ontem em 2 diferentes telejornais a TV Globo anunciou a morte da mesma pessoa por 2 motivos diferentes.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário