R.B. 22/ABR/20 "O Covidão"



"O Covidão"

São Paulo, 22 de abril de 2020 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, rumo aos 80.000pts, acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais, beneficiada pela recuperação das commodities e impulsionada pelo baixo patamar de mortes por coronavírus no Brasil e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos leilões de venda do BC.

Segunda-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,1% (aos 78.973pts), recuperando quase todas as perdas da abertura, quando na mínima atingiu 76.942pts, causadas pela forte queda do petróleo e pela intensificação dos embates políticos entre o governo Bolsonaro e os bandidos do congresso Nacional e (2) o DÓLAR % à R$, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos sinais de que o BC tupiniquim seguirá, de forma equivocada, cortando os juros do país.

Ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -2,0% e China -0,8%, acompanhando as fortes perdas nas bolsas de NY no dia anterior e com destaques de queda para as ações de empresas de commodities, (2) da EUROPA, nas mínimas do dia, Inglaterra -3,0%, França -3,8% e Alemanha -4,0%, à medida que o derretimento das cotações de petróleo pesou no apetite ao risco, já que inclusive pode inviabilizar as operações de algumas petrolíferas da região e (3) dos EUA, registrando o segundo dia de perdas, S&P -3,1%, DJ -2,7% e NASDAQ -3,5%, novamente prejudicadas pela queda histórica nos preços do petróleo e pelos efeitos destrutivos da pandemia de coronavírus na economia do país, que derrubou a cotação de ações de grandes empresas como Microsoft (-4,1%), Apple (3,1%), Boeing (-5,1%) e Chevron (-2,3%).

O petróleo recuou para o menor patamar desde 1998, diante da enorme queda da demanda causada pela quarentena global do coronavírus e o esgotamento de uma estratégia de Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, de comprar e estocar a referida commoditie para dar alguma sustentação aos preços.

Mostrando otimismo, Paulo Guedes, brilhante ministro da economia, afirmou que a recuperação econômica do Brasil após a crise do novo coronavírus será em “V”, com retomada tão rápida quanto a queda, e que o país tem tomado medidas melhores ou iguais que a de outros países, inclusive os desenvolvidos.

Equivocado a sinalizar que a taxa de juros do país seguirá em queda, o que torna o Brasil cada dia menos atraente ao investidor internacional, Roberto Campos Neto, presidente do BC tupiniquim, atotou um "tom muito dovish" em uma teleconferência com investidores, na qual também reforçou o compromisso da autoridade monetária em oferecer fluxo de crédito.

O BC tupiniquim, mostrando trabalho, deve divulgar até o dia 30/ABR/20 as medidas de open banking, sistema pelo qual o consumidor pode compartilhar seus dados financeiros com outras instituições em busca de condições de crédito melhores.

Brilhante ministra brasileira da agricultura, Tereza Cristina alertou, durante reunião do G20, para a necessidade de rever barreiras comerciais injustificáveis e subsídios que premiam a ineficiência e podem afetar o abastecimento de alguns países, prejudicando assim a segurança alimentar global.

Como que imune a crise do coronavírus, as exportações do agronegócio tupiniquim seguem a todo vapor, com destaque para a soja, que segundo projeções pode bater neste mês 14 milhões de toneladas, superando o recorde histórico anterior de MAI/18 (12,4 milhões de toneladas).

-    A Netflix disparou 11,7% na bolsa de NY, após divulgar balanço acima do esperado, já que está sendo beneficiada pelo aumento de assinantes por conta da quarentena do coronavírus.

Política:

Pressionados de um lado pela opinião pública e de outro pelos governadores, os líderes do Senado finalmente indicarão que são favoráveis ao congelamento por 2 anos de salário de servidores públicos em troca da aprovação de ajuda financeira da União a estados e municípios.

Prenunciando uma investigação, já foi nomeada de “o Covidão”, são cada vez mais numerosas as denúncias de superfaturamento e de corrupção no uso de dinheiro público por prefeitos e governadores para combater o coronavírus, principalmente em SP, RJ, PI e CE, que são pouco ou nada transparentes na divulgação das compras emergenciais, e sem licitação.

Atentando seriamente contra a liberdade de expressão, que é um direito constitucional, Alexandre de Mores, ministro do STF e ex-advogado do PCC, autorizou a abertura de um inquérito para investigar o que ele classificou como “atos contra a democracia” cometidos por deputados federais na organização de eventos pelo fim da quarentena realizados no último final de semana.

Ressaltando que em nenhum momento o presidente defendeu o AI5 ou o fechamento do STF ou do Congresso, Romeu Zema, governador de MG, teve coragem de defender a participação de Bolsonaro nos atos registrados no domingo e cuja principal bandeira era o relaxamento das políticas de isolamento social que supostamente freiam a pandemia do coronavírus.

Detestado e repudiado pela grande maioria dos eleitores de SP, o governador Doria, que é o principal responsável pela crise financeira que o Brasil enfrentará, promete anunciar hoje um plano para futura retomada gradual das atividades no estado de SP.

Em uma ação conjunta, entidades representantes de diversas indústrias estão gravando vídeos para enviar aos parlamentares pedindo que não avancem com o esdrúxulo, socialista e oportunista projeto de lei que obrigaria empresas bilionárias a emprestar dinheiro ao governo para ajudar no combate ao coronavírus.

Coberto de razão, Bolsonaro recomendou aos ministros da Casa Civil, Braga Neto, e da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, que ainda evitem conversas com Rodrigo Maia e, para isolar o referido canalha e nefasto presidente da Câmara, sinaliza interesse de dialogar com ACM Neto, presidente do DEM e prefeito de Salvador.

Após dar uma sugestão idiota de imprimir dinheiro e distribuir para a população, Meirelles, atual secretário da Fazenda de SP, afirmou que defende a reabertura “selecionada” das atividades comerciais no Estado.

Canalha, incompetente, pilantra e sem vergonha, o tucano Arthur Virgílio, que é prefeito de Manaus, afirmou, chorando, que mandou abrir centenas de covas nos cemitérios da cidade e que Bolsonaro tem de ser presidente de verdade e respeitar coveiros.

Crítica:

Dando 2 boas novas no combate ao coronavírus, (1) o governo britânico anunciou que começará a testar amanhã uma vacina contra o coronavírus e (2) a Vaxart, empresa norte-americana especializada em biotecnologia, divulgou que seus testes preliminares de uma vacina contra o coronavírus tiveram resultados positivos.

Aliado de bandidos, o juiz Diego Paolo Barausse colocou em prisão domiciliar Valacir de Alencar, condenado a 76 anos de prisão no Paraná e apontado como líder do PCC no estado, argumentando que o detento é hipertenso e fazia parte do grupo de risco do novo coronavírus.

Exatamente como deve estar acontecendo no Brasil, mas com cachaça, nos EUA, após o início da entrega do auxílio financeiro do governo para a população, a venda de maconha legalizada cresceu cerca de 50% e bateu recorde histórico.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário