R.B. 24/MAR/20 "Dá para escolher de olhos fechados"



"Dá para escolher de olhos fechados"

São Paulo, 24 de março de 2020 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, em mais uma tentativa de recuperação de perdas recentes, beneficiada pela valorização das commodities, pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais e pelo crescente sentimento de atratividade dos preços dos ativos tupiniquins e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, influenciado pela esperara melhora do “humor” na bolsa brasileira e aliviado pelos leilões de venda do BC.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -5,2%, para fechar o dia no menor patamar desde 10/JUL/17 e assim acumular queda de -45,0% no ano, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, influenciada pelos temores de anúncio de fechamento temporário da bolsa tupiniquim e com destaques de queda para as ações do setor de bens  de consumo, como Hering (-17,2%) e Natura (-15,6%) e (2) o DÓLAR subiu 2,1% à R$ 5,13, ampliando a valorização acumulada no ano (27,6%), seguindo o “humor negativo” na bolsa brasileira e impulsionado pela trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 2,0%, sustentada pelo bom desempenho das empresas do setor farmacêutico e China -3,1%, se ajustando às perdas das principais bolsas mundiais na sexta-feira passada, (2) da EUROPA, Inglaterra -3,8%, França -3,3% e Alemanha -2,1%, prejudicadas pelo aumento dos estresse global causado pela interrupção de empresas e medidas de quarentena, que devem levar o mundo a registrar forte recessão já a partir do próximo trimestre e (3) dos EUA, S&P -2,9%, DJ -3,0% e NASDAQ -0,3%, desta vez com destaques de queda para as ações dos bancos, como JPMorgan (-5,3%), Morgan Stanley (-6,3%) e o Bank of America (-8,1%).

Enfrentando, assim como Bolsonaro no Brasil, uma oposição canalha e uma imprensa nefasta, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, falhou em aprovar no Senado norte-americano seu pacote de estímulos no valor de US$ 1,3tri, destinado a amenizar os efeitos adversos do coronavírus.

Agindo em conjunto, os Ministros das finanças e banqueiros centrais das 20 maiores economias do mundo concordaram em desenvolver um "plano de ação" para responder à pandemia de coronavírus, que segundo o FMI deverá provocar uma recessão global.

Com o objetivo de estimular a economia tupiniquim, o Conselho Monetário Nacional e o BC anunciaram ontem um pacote de medidas, no valor total de R$ 1,2tri, para aumentar a liquidez do sistema financeiro e do mercado de dívidas de empresas durante o coronavírus.

Ajustando-se à realidade dos fatos, o “mercado” (1) reduziu, de 1,68% para 1,48%, suas “apostas” para o crescimento da economia tupiniquim em 2020 e (2) diminuiu, de 3,10% para 3,04%, suas projeções para o IPCA deste ano.

Carlos Kawall, diretor do ASA Bank e ex-secretário do Tesouro Nacional, defende que o BC tupiniquim reduza para zero a taxa básica de juros da economia brasileira e implemente um programa mais amplo de intervenção no câmbio, usando as reservas.

Ressaltando que “dá para escolher de olhos fechados”, Frederico Sampaio, diretor de investimentos de renda variável da Franklin Templeton, afirmou que o atual patamar da bolsa tupiniquim oferece excelentes oportunidades para investimentos em ações.

Acumulando uma desvalorização de -52,0% de 17/JAN/20 até 20/MAR/20, a bolsa tupiniquim, segundo um relatório divulgado ontem pelo Goldman Sachs, é a que registra a maior queda dentre os maiores mercados acionários do mundo com a crise do coronavírus.

Reverberando um sentimento crescente no mercado financeiro, Matheus Soares, analista da Rico Investimentos, afirmou que a incerteza quanto à capacidade de sobrevivência das empresas durante o período de isolamento social continua a pressionar para baixo o preço das ações, ressaltando que talvez faça sentido, a partir de certo momento, manter isolados apenas os grupos mais vulneráveis e permitir que a população ativa volte ao trabalho.

Engrossando as fileiras dos descontentes com a campanha “fique em casa”, o empresário Junior Durski, dono da rede de restaurantes Madero, criticou as medidas restritivas sobre setores econômicos como resposta a expansão do novo coronavírus no Brasil, ressaltando que o número de mortes causadas pela doença não será tão grave quanto o de desempregos.

Deixando definitivamente para trás a crise do coronavírus no país, a China começou a recompor suas importações e o Brasil, seu principal fornecedor de alimentos, deve ser o país mais beneficiado.

-    A Petrobras caiu -4,2%, acompanhando o recuo das commodities e influenciada pela descabida proposta de aumento de cerca de 27% na remuneração de membros da sua diretoria.
-    O Softbank disparou 19,1% na bolsa de Tóquio, após a empresa anunciar planos de vender 4,5tri de ienes em ativos e gastar quase 2tri de ienes deste montante para recomprar ações.
-   A Roche Holding subiu 4,9% na bolsa da Suíça, após informar que está trabalhando para acelerar a produção de uma droga que pode ser usada para tratar pacientes com o novo coronavírus, assim como de um teste de diagnóstico para a doença.

Política:

Elogiado pela população, o governo do Distrito Federal, comandado pelo emedebista Ibaneis Rocha, ingressou com ação no STF para que a União permita o teletrabalho para servidores federais que atuem na capital do país.

Prometendo entregar “peixes graúdos da Avenida Faria Lima”, Eike Batista, midas tupiniquim da organização criminosa petista, fechou sua delação premiada na qual pagará uma multa de R$ 800mi e passará 1 ano na cadeia.

Monumento à corrupção da organização criminosa petista, o outrora inútil estádio Mané Garrincha, que fica em Brasília e que custou R$ 1,5bi aos cofres públicos tupiniquins, vai se tornar um hospital de campanha durante a pandemia do novo coronavírus.

Baixando o tom, após dias trocando farpas e acusações com governadores sobre a crise do coronavírus, ontem Bolsonaro conversou com chefes do Executivo nos estados, inclusive os do Nordeste, e anunciou uma série de medidas para auxiliar governos locais durante a pandemia.

Com uma boa dose de razão, o deputado estadual Gil Diniz, principal bolsonarista da Assembleia Legislativa de SP, fez eco ao discurso de Bolsonaro de que existe exagero nas medidas de restrição à circulação de pessoas adotadas pelos governadores, ressaltando que o presidente sairá fortalecido desta crise.

Recolocando o filho picareta do presidente Bolsonaro no caminho da justiça, a desembargadora Suimei Cavalieri, do Tribunal de Justiça do RJ, revogou ontem a sua própria decisão que suspendia a investigação sobre Flávio Bolsonaro, acusado de ficar com parte dos salários de seus empregados na Assembleia Legislativa do RJ de 2007 a 2018.

Decidindo contra a organização criminosa petista, Dias Toffoli, presidente do STF, derrubou a liminar que suspendia a reforma da Previdência do Estado de SP, aprovada e sancionada no início de MAR/20.

Crítica:

Aproveitando a crise do coronavírus para exercer sua principal vocação, que é o lobby, Doria, prefeito tucano de SP, fechou uma parceria com a empresa de entrega Rappi para colocar informações do site oficial do governo sobre coronavírus em um botão de prevenção na tela inicial do aplicativo.

Presidente do Santander, banco famoso por não gostar de gente e por se aliar a organização criminosa petista, Sérgio Rial chamou de desertores os seus funcionários que optaram por trocar o trabalho presencial pelo home office na crise do coronavírus.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário