R.B. 29/JAN/20 "Este ano será fantástico e histórico para a agricultura tupiniquim"



"Este ano será fantástico e histórico para a agricultura tupiniquim"

São Paulo, 29 de janeiro de 2020 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, beneficiada pela valorização das commodities, seguindo a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e influenciada pelas perspectivas positivas para a economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo mais uma parte da forte alta acumulada no mês (4,4%), diante do fluxo positivo de recursos externos oriundos de captações, exportações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,7%, acompanhando o movimentos ascendente das principais bolsas mundiais e recuperando cerca de metade das perdas do pregão anterior (-3,3%), que proporcionaram um novo ponto de entrada para os investidores tupiniquins que seguem o movimento de transição da renda fixa para a variável e (2) o DÓLAR caiu -0,4% à R$ 3,19, , em um “ajuste técnico” após fechar a sessão anterior no maior patamar desde 2/DEZ/19, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e a melhora do “humor” na bolsa brasileira.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, China permanece fechada por conta do feriado de ano novo lunar e Japão -0,5%, prejudica principalmente pelo recuo das ações ligadas a bens de consumo e maquinário, (2) da EUROPA, recuperando parte das perdas do pregão anterior, Inglaterra 0,9%, França 1,1% e Alemanha 0,9%, após o Commerzbank divulgar um relatório “apostando” que o coronavírus não terá consequências econômicas sérias e duradouras e (3) dos EUA, também recuperando parte das perdas do pregão anterior, S&P 1,0%, DJ 0,7% e NASDAQ 1,4%, com destaques de alta para as ações do setor de tecnologia, beneficiadas pelo ótimo resultado apresentado pela Apple (2,8%) e pela divulgação de um dado positivo de confiança do consumidor norte-americano.

Hoje o FED (“Copom” dos EUA), se reúne para decidir os próximos passos da política monetária norte-americana e, apesar dos efeitos incertos do coronavírus, a expectativa é de manutenção do atual patamar dos juros da maior economia do planeta.

Na semana que vem o Copom se reunirá para decidir sobre a taxa básica de juros da economia tupiniquim, atualmente em 4,50% e, apesar da maioria das “apostas” ainda serem em uma redução de -0,25%, já existem participantes do mercado que, citando o coronavírus, pedem um corte de -0,50%.

Mostrando-se tranquilo e ressaltando que o risco-Brasil está no menor patamar em 10 anos, Roberto Campos Neto, presidente do BC, afirmou que está monitorando o câmbio, mas a alta recente do dólar não está contaminando as expectativas de inflação e nem afetando as variáveis de risco.

Fruto de um excelente trabalho dos assessores de investimento, do aumento da confiança na economia e também da queda da taxa básica de juros, segundo dados da B3 em 2019 o estoque de títulos de renda fixa corporativos cresceu 27,8% na comparação com 2018.

Trabalhando à margem da lei, já que para proteger o monopólio dos bancos tupiniquins é proibido fazer oferta pública de investimentos no exterior, o empresário mineiro Carlos Vaz, que em 2019 foi considerado um dos executivos mais admirado de Dallas (EUA), capta cada vez mais recursos de brasileiro para comprar imóveis destinados ao aluguel para classes mais baixas nos EUA e que rendem de 7% e 11,5% ao ano, em dólar.

Indicando que, turbinado pelo aumento da quantidade de CO2 na atmosfera e pelo bom volume de chuvas, “este ano será fantástico e histórico para a agricultura tupiniquim”, em 2019 o volume de importação de fertilizantes pelo Brasil atingiu o recorde de 31 milhões de toneladas e registrou um crescimento de 5,0% na comparação com 2018.

Política:

Ontem, logo após se reunir com Rodrigo Maia, o relator da proposta de reforma tributária que tramita na Câmara, Aguinaldo Ribeiro, do PP da Paraíba, alertou que o Congresso precisa aprovar o texto nas duas Casas até JUN/20, antes do recesso parlamentar e do início do calendário eleitoral.

Tentando formar uma chapa que uniria o bandido com a inútil, o PSOL, linha auxiliar e lacaia da organização criminosa petista, promoveu ontem um jantar entre Guilherme Boulos e Luiza Erundina, que devem sair candidatos numa chapa para concorrer à prefeitura de SP.

Mostrando que a cleptocracia segue funcionando nas estatais tupiniquins, Eduardo Zimmer Sampaio, presidente da Casa da Moeda, nomeou Jimmy Bariani Koch, que é advogado da empresa de sua família, como assessor para processos de negociações coletivas de trabalho e, para facilitar a vida do amigo causídico, mudou as regras para permitir que ele não precise trabalhar no RJ.

Bolsonaro não é um gênio, mas até para ele está ficando cada dia mais claro que a melhor solução para se afastar da sobra de Sergio Moro é indica-lo para o STF já este ano na vaga que será aberta com a aposentadoria de Celso de Mello.

Contando com apoiadores tão fieis, e idiotas, quanto os petistas, o Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro está criando, já conseguiu 60% do total de 491 mil assinaturas necessárias para fundar a legenda.

Crítica:

Mimado, psicopata e bandido, Marcelo Odebrecht, que conseguiu ser demitido de sua própria empresa, agora decidiu entrar com uma ação na Justiça no qual acusa o atual presidente do Grupo Odebrecht, Ruy Lemos Sampaio, de calúnia e difamação.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário