R.B. 2/OUT/19 "Queridinho do estabelechiment"



"Queridinho do estabelechiment"

São Paulo, 2 de outubro de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, influenciada negativamente para manutenção da trajetória descendente das principais bolsas mundiais e prejudicada pela desidratação, de cerca de -10%, da reforma da Previdência aprovada ontem à noite em primeiro turno no Senado e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e mesmo diante do anúncio de que o BC fará 3 operações cambiais (a) venda à vista, (b) venda de contratos de swap cambial reverso e (c) venda de contratos de swap cambial tradicional.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,7%, devolvendo os ganhos da abertura, acompanhando as perdas das bolsas de NY, diante da volta dos temores de recessão nos EUA, e com destaques negativos para as ações dos bancos, como Itaú (-2,3%) e Bradesco (-1,4%) e (2) o DÓLAR subiu 0,2% à R$ 4,16, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela piora do “humor” na bolsa tupiniquim e pelo resultado ruim da balança comercial brasileira em SET/19.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, China não teve pregão por conta do feriado da Revolução Comunista e Japão 0,6%, acompanhando o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior e beneficiada por declarações de Peter Navarro, diretor do Conselho Nacional de Comércio da Casa Branca, classificando como "falsos" recentes relatos sobre planos dos EUA de impor restrições a empresas chinesas, (2) da EUROPA, devolvendo os ganhos da abertura, Inglaterra -0,7%, França -1,4% e Alemanha -1,3%, acompanhando a piora do “humor” nas bolsas de NY e prejudicadas pelo anúncio de que o índice de gerentes de compras industrial da zona do euro caiu de 47,0pts em AGO/19 para 45,7pts em SET/19, atingindo assim o menor patamar desde OUT/12 e (3) dos EUA, S&P -1,2%, DJ -1,3% e NASDAQ -1,1%, influenciadas negativamente pelo recuo das commodities e pela divulgação de dados piores do que o esperado do setor industrial norte-americano, que reacenderam os temores sobre o fôlego na economia do país e do mundo em geral.

Bem pior do que o esperado pelo “mercado” (50,1pts), o índice de atividade industrial dos EUA caiu de 49,1pts em AGO/19 para 47,8pts em SET/19, atingindo assim o menor patamar desde JUN/09, prejudicado principalmente pelo recuo do subíndice de emprego e também no de novas encomendas de exportação.

Elevando os temores sobre a economia global, a Organização Mundial de Comércio cortou sua projeção de expansão no comércio mundial em 2019 de 2,6% para 1,2%, reduzindo a de 2020 de 3,0% para 2,7% agora.

Com as taxas de juros dos países desenvolvidos nas mínimas históricas, segundo o Instituto Internacional de Finanças, que é formado pelos maiores bancos do mundo, em SET/19 os mercados emergentes receberam US$ 37,7bi para investimentos em bolsa e renda fixa, recuperando assim mais do que o dobro do saldo negativo registrado em AGO/19 (US$ -13,9bi).

Dando mais um sinal positivo da economia tupiniquim, em AGO/19 a produção industrial brasileira cresceu 0,8% na comparação com JUL/19, patamar acima da média das “apostas do mercado”, que estavam em 0,20%.

Abaixo do esperado (US$ 3,2bi) e registrando o pior resultado para o mês desde SET/14, em SET/19 a balança comercial brasileira registrou um superávit de apenas US$ 2,2bi, com as exportações do país, mesmo diante do elevado patamar do dólar, -11,6% menores do que no mesmo período de 2018.

Principal destaque positivo da balança comercial tupiniquim, no acumulado dos 9 primeiros meses deste ano de 2019 as exportações de milho do país já somaram US$ 5,1bi, valor 143% maior que o auferido no mesmo período de 2018.

Política:

Após ser aprovada, com bastante facilidade (17 a 9), na CCJ do Senado, a reforma da Previdência também foi aprovada em primeiro turno no plenário da referida Casa, desta vez também com o placar folgado de 49 votos a favor (7 a mais do que o necessário) e 19 votos contra.

A derrota do governo Bolsonaro no destaque sobre o abono salarial, que tirou R$ -76,4bi da reforma previdenciária (cerca de 10% do total), poderia ter sido evitada por Fernando Bezerra, líder do governo no Senado que corre o risco de perder o posto desde que foi alvo de uma operação da Polícia Federal.

Apesar de pressões e chantagens de governadores, que querem obter recursos da cessão onerosa, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, “garantiu” que pretende concluir a votação da reforma da Previdência em segundo turno até o dia 10/OUT/19.

Queridinho do estabelechiment”, o apresentador global Luciano Huck afirmou, ao participar de um evento publicitário em SP, que nunca teve vontade de se candidatar a presidente do Brasil ou de se filiar a um partido político.

Chefe dos bandidos do centrão, Rodrigo Maia, sem nenhuma noção da realidade, afirmou ontem que “o sucesso da Câmara está incomodando muita gente”, o que foi interpretado como uma ameaça aos governadores que vêm pressionando pela aprovação do projeto que distribui os recursos da chamada cessão onerosa.

Citando o uso de arma branca, a suspeita de co-partícipes na multidão, a tentativa de confundir as apurações com a entrada de pessoas com o mesmo nome na Câmara, o surgimento de advogados caros que não foram contratados por alguém conhecido, Augusto Aras, novo PGR, disse que quer buscar a “verdade real” sobre o atentado a Bolsonaro.

Em defesa de bandidos e comparsas, o grupo de trabalho que analisa o pacote anticrime de Sergio Moro excluiu a regra que (1) obrigava criminosos habituais a cumprirem pena inicialmente o regime fechado e (2) dava ao juiz o poder de definir qual tempo o condenado deveria cumprir no fechado ou semiaberto antes de progredir de regime.

Crítica:

Tentando se manter vivo o combate a corrupção, a Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira no RJ a Operação Armeira, que tem como alvos auditores da Receita Federal suspeitos de extorquir investigados da Lava Jato.

Confirmando que o socialismo segue impregnado na educação tupiniquim, a coordenadora pedagógica Joice Maria Lamb, que prega a cartilha do nefasto Paulo Freire, foi escolhida como educadora do ano pela 22ª edição do prêmio Educador Nota 10, que é patrocinada pelas Fundações Victor Civita e Roberto Marinho.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário