R.B. 13/SET/19 "Para investidores estrangeiros este recorde da B3 é Fake News"



"Para investidores estrangeiros este recorde da B3 é Fake News"

São Paulo, 13 de setembro de 2019 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e com a podridão da política tupiniquim cada vez contaminando menos a economia do país, que por sua vez dá sinais cada vez mais fortes de recuperação e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, para fechar em território negativo pelo quarto pregão seguido, influenciado pela esperada manutenção do "bom humor" da bolsa tupiniquim e pelo fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,9%, para fechar o dia aos 104.370, se aproximando assim do maior patamar da história (106.650pts), acompanhando a redução dos temores externos e beneficiada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 4,06, influenciado pelos leilões de venda do BC e acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,7% e China 0,8%, impulsionadas por um novo sinal de alívio nas tensões comerciais entre Pequim e Washington, após Trump adiar um aumento de tarifas sobre US$ 250bi em produtos chineses, (2) da EUROPA, apesar da manutenção dos riscos no processo de saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit), Inglaterra 0,1%, França 0,4% e Alemanha 0,4%, impulsionadas pelas medidas de relaxamento monetário anunciadas mais cedo pelo BC Europeu e (3) dos EUA, se aproximando dos maiores patamares da história, S&P 0,2%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,3%, seguindo a melhora do "humor" nas bolsas europeias e influenciadas positivamente pelas notícias de retomada da negociação comercial entre o país e a China.

Ajudando a reduzir as tensões globais, oficiais da Casa Branca já discutem um acordo preliminar entre EUA e China, que adiaria novas tarifas norte-americanas e retiraria algumas das taxas aplicadas, condicionando o comprometimento chinês com a defesa da propriedade intelectual e compras agrícolas.

Confirmando as expectativas e pedidos de um novo pacote de estímulos, ontem o BC Europeu animou investidores ao (1) cortar a taxa básica de juros da região em -0,1%, de -0,4% para -0,5%, o que representa o menor patamar da história, (2) se comprometer a comprar, por tempo indeterminado, 20bi de euros em títulos de dívida por mês e (3) relaxar os termos de empréstimo a bancos da zona do euro, oferecendo taxas de juros escalonadas.

Como obviamente sabe que um bom desempenho da economia pode facilitar sua reeleição no ano que vem, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, "exigiu" que o FED ("BC" norte-americano) adere à rodada de cortes de juros por BCs, na reunião de seu comitê na próxima quarta-feira (18/SET/19).

Como a CPMF não tem apoio político nem do Congresso e nem do presidente Bolsonaro, o ministro da economia, Paulo Guedes, orientou sua equipe a estudar uma reforma tributária que corte privilégios, ampliando a base tributária sobre as altas rendas com medidas como (1) tributação de dividendos, (2) fim da isenção de impostos para LCA e LCI, (3) revisão dos benefícios tributários dos fundos exclusivos e (4) tributação sobre grandes fortunas e heranças.

Após ressaltar, com uma boa dose de razão, que a Europa tem inveja da "amizade" entre Trump e Bolsonaro, o chanceler brasileiro Ernesto Araújo afirmou que os norte-americanos estão em dúvida se é melhor negociar comércio só com Brasil ou Mercosul.

Dando mais um importante sinal de recuperação da economia tupiniquim, em JUL/19 o setor de serviços, que é o que mais emprega no país, cresceu 0,8% na comparação com JUN/19 e 1,8% na comparação com JUL/19, o que neste último caso representa a quarta expansão consecutiva.

Aumentando a geração de empregos e renda, segundo dados da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio, em JUL/19 foram lançadas 3,5 mil novas unidades residenciais em SP, o que representa um crescimento de 25% em comparação com o ano anterior.

Com potencial para ajudar na recuperação da economia tupiniquim, o esperado saque do FGTS, de até R$ 500,00 por trabalhador, começa a ser liberado hoje para correntistas da Caixa Econômica Federal.

"De olho" na provável e indispensável privatização dos correios, a DHL Express, já "apostando alto" na economia tupiniquim, anunciou que o segmento de transporte rápido da companhia alemã deverá dobrar seu tamanho no Brasil até 2023.

Ontem Ibovespa fechou aos 104.370pts, se aproximando assim dos 106.650pts, que em tese é o maior patamar da história, porém "para investidores estrangeiros este recorde da B3 é Fake News", já que quando cotado em dólares o índice da bolsa tupiniquim ainda está -45% abaixo do pico atingido em MAI/08.

Política:

Já acostumado a encontrar com o presidente, e agora também seu amigo, Bolsonaro durante o dia, ontem Dias Toffoli, voltando às suas origens, recebeu em sua residência os senadores petistas Jaques Wagner e Humberto Costa, que também atuam no Senado para barrar a CPI da Lava Toga.

Ameaçando seriamente sair do PSL, a senadora Selma Arruda, que é uma das signatárias do requerimento para criar uma CPI da Lava Toga, disse que Flávio Bolsonaro ordenou, gritando e dizendo "você quer me foder e foder o governo", que ela retirasse sua assinatura da referida comissão parlamentar de inquérito para investigar integrantes do Supremo Tribunal Federal.

Ressaltando que, para ele, Flavio Bolsonaro não existe mais, o senador Major Olímpio também acusou o filho do presidente de ligar para ele ordenando a retirada de sua assinatura do pedido da CPI da Lava Toga e acrescentou que existe um acordão para enterrar a Lava Jato.

Escorraçado do governo por dizer a verdade para Bolsonaro, o general Santos Cruz tem dito que o presidente está disposto a tudo, inclusive entregar a cabeça de Sergio Moro, para salvar o filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro.

Encrencando mais um filho do presidente, o Ministério Público do RJ abriu 2 procedimentos para investigar o vereador Carlos Bolsonaro pela suspeita do uso de funcionários fantasmas em seu gabinete e da prática de "rachadinha".

Na surdina, como todas as picaretagens que Rodrigo Maia prepara, já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e está em vias de ser votado de forma sumária pelo Senado mais um nefasto projeto de lei que altera regras eleitorais e partidárias, ampliando as brechas para caixa 2 e reduzindo a possibilidade de punição por irregularidades.

Revelando sua enorme falta de caráter no final do seu mandato, Raquel Dodge, após livrar da justiça Rodrigo Maia e a esposa de Dias Toffoli, solicitou a abertura de inquérito policial contra 2 servidores da Receita que "ousaram" investigar Gilmar Mendes.

Mostrando mais uma vez que sua missão é enterrar a Lava Jato, Augusto Aras, indicado por Bolsonaro para ser o Procurador Geral da República, afirmou para o senador Oriovisto Guimarães, do Podemos do Paraná, é um crítico da "grampolândia" do Ministério Público.

Crítica:

Calando mais uma vez a boca dos críticos, Trump, que já negocia a desnuclearização da Coreia do Norte, agora disse que Irã quer um encontro com os EUA, alimentando as especulações sobre uma possível reunião sua com Hassan Rouhani à margem da Assembleia-Geral da ONU, que ocorrerá no fim deste mês.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário