R.B. 26/AGO/19 "Isolando cada vez mais o babaca francês"



"Isolando cada vez mais o babaca francês"

São Paulo, 26 de agosto de 2019 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após fechar o pregão anterior no menor patamar desde 17/JUN/19 (os 97.667pts), acompanhando a melhora do "humor" nas principais bolsas mundiais e impulsionada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR pode cair, em um "ajuste técnico" após acumular alta de 3,0% na semana passada e de 8,1% no mês de AGO/19, influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana e pelos leilões de venda do BC.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -2,3%, acompanhando a forte piora do "humor" nas principais bolsas mundiais, diante aumento dos temores de acirramento da guerra comercial entre EUA e China, e também prejudicada pelo recuo das commodities, pelas repercussões internacionais das queimadas na Amazônia, pelas denúncias envolvendo o banco BTG e pelo atraso do cronograma da reforma da Previdência no Senado e (2) o DÓLAR subiu 1,1% à R$ 4,12, para fechar o dia no maior patamar desde 19/SET/18, influenciado pelos mesmos motivos que derrubaram a bolsa tupiniquim.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,4% e China 0,5%, em um movimento de recuperação técnica e de variações modestas, (2) da EUROPA, revertendo uma abertura positiva, para fecharem nas mínimas do dia, Inglaterra -0,5%, França -1,1% e Alemanha -1,1%, diante da escalada das tensões comerciais entre os EUA e a China, que derrubou principalmente as ações das montadoras e do setor de tecnologia e (3) dos EUA, S&P -2,6%, DJ -2,4% e NASDAQ -3,0%, com destaques de queda para as ações dos bancos, como Goldman Sachs (-3,1%), JPMorgan (-2,5%) e Citigroup (-3,1%).

Baixando o tom após dias bastante tensos, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, afirmou, na manhã de hoje, que acredita que a China deseja fechar um acordo comercial com seu país, ressaltando também que o presidente chinês Xi Jinping é "um grande líder" e que a perspectiva de conversas entre eles é algo muito positivo para o mundo.

Assim como queria Trump, o presidente norte-americano, Jerome Powell, presidente do FED, ("BC" dos EUA) deixou claro, no seu aguardado discurso no simpósio de Jackson Hole, que a instituição continuará a agir para apoiar o crescimento econômico no país, mantendo as portas abertas para novas medidas de relaxamento monetário.

Na sexta-feira, enquanto Macron, babaca e presidente da França, seguia, com o apoio da nefasta imprensa tupiniquim, fazendo populismo na internet, Bolsonaro, presidente do Brasil, anunciou que foram concluídas as negociações para um tratado de livre comércio entre o Mercosul e um bloco de países formado por Suíça, Liechtenstein, Noruega e Islândia, que tem PIB de US$1,1 trilhão e é o 9° maior ator comercial do mundo.

"Isolando cada vez mais o babaca francês", o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e o governo espanhol se somaram a chanceler alemã, Angela Merkel, entre os líderes da União Europeia contrários ao uso do acordo comercial fechado com o Mercosul como instrumento de punição ao Brasil pelas queimadas na Amazônia.

Com o objetivo claro de conter a desvalorização do real, o BC tupiniquim "avisou" que ampliará a venda de dólar à vista no mês de SET/19, rolando integralmente os contratos de swap cambial e oferecendo dólares à vista.

Apresentando saldo positivo pelo quarto mês consecutivo, em JUL/19 a economia tupiniquim criou 43.820 vagas de emprego com carteira assinada, patamar ligeiramente abaixo do esperado pelo "mercado" (45.700).

Criticando a possibilidade de imposição de barreiras comerciais ao Brasil, Tereza Cristina, brilhante ministra tupiniquim da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, afirmou que não se pode dizer que o agronegócio brasileiro seja o grande destruidor da Amazônia por causa dos incêndios e queimadas que acontecem neste momento na região.

Ótima opção para investidores patrimonialistas, com bastante liquidez e isenção de imposto de renda para os rendimentos mensais, o número de pessoas que aplicam em fundos imobiliários quase dobrou entre DEZ/19 JUL/19, atingindo atualmente 390 mil.

-    O BTG despencou -15,1% na bolsa tupiniquim, após o fundador e sócio do banco, André Esteves, ser alvo de mandado de busca e apreensão da 64ª fase da operação Lava Jato.

Política:

Em apoio à operação Lava Jato, pedindo o impeachment do nefasto Dias Toffoli, defendendo o veto ao projeto contra abuso de autoridade e rechaçando a intromissão francesa à soberania tupiniquim, milhares de brasileiros saíram ontem às ruas de mais de 100 cidades do país para protestar.

Canetinhas de aluguel da organização criminosa petista seguem insistindo na tese de que Sergio Moro, brilhante ministro da Justiça, está sendo "rifado e fritado" pelo presidente Bolsonaro e que por este motivo vai pedir demissão.

Tentando acalmar seus aliados, Sergio Moro atua nos bastidores para impedir retrocessos no combate à criminalidade e os vetos à Lei do Abuso de Autoridade e a escolha do novo PGR vão mostrar se ele tem razão.

Mostrando que as suspeitas de Bolsonaro eram reais, uma reportagem do Globo Rural sobre o conluio para incendiar as margens da BR-163, no Pará, traz a declaração de uma pecuarista que disse ter visto carros do a ONG de Chico Mendes sendo usados para atear fogo na região.

Preparando-se para receber bilhões do nefasto fundo eleitoral, o MDB, que é uma organização criminosa travestida de partido político, consultou o Tribunal Superior Eleitoral para saber se poderá comprar espaço comercial em TVs e rádios para propaganda partidária no ano que vem.

Revelando novamente sua enorme falta de caráter, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, renovou sua roda de aliados, afastando-se de alguns nomes que o ajudaram a chegar ao comando do Legislativo e aproximando-se de ex-adversários como o nefasto Renan Calheiros, seu antagonista na disputa pelo comando da Casa no início de 2019.

Para o desespero da esquerda, o PSL, partido do presidente Bolsonaro, discute propor uma Comissão Parlamentar de Inquérito que, com foco inicial nas queimadas na Amazônia, vai apurar a atuação de ONGs no Brasil.

Sem nenhuma vergonha em suas caras de pau, líderes de partidos pressionam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a colocar em discussão na próxima semana o vergonhoso projeto de lei que amplia os usos do fundo partidário, inclusive para o pagamento de multas eleitorais.

Senadores que estiveram com Paulo Guedes ficaram com a impressão de que não faltará dinheiro para emendas, já que o referido ministro da economia teria ficado satisfeito com a arrecadação de impostos e sinalizou que está entrando dinheiro novo de dividendos de estatais.

Subindo ainda mais o tom, o brilhante procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, afirmou que o combate à corrupção no país está sob ataque por parte dos três poderes da República.

Crítica:

Com o claro interesse de manter tudo como está, favorecendo quem se beneficia das monopolistas regras atuais, a CVM "avisou", em evento realizado pela Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimentos, que qualquer mudança na nefasta ICVM 497 só ocorrerá em 2021, quando "coincidentemente" vence o prazo para a XP entregar resultados prometidos ao Itaú.

Mostrando que a organização criminosa do ex-presidente Temer ainda tem bastante força no judiciário, o desembargador Nino Oliveira Toldo, do TRF-3, concedeu pedido de habeas corpus aos 21 presos na operação Círculo Vicioso, que investiga um esquema de corrupção na Codesp, que administra o Porto de Santos.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário