R.B. 3/JUL/19 "Armados com um balão cheio de nada"



"Armados com um balão cheio de nada"

São Paulo, 3 de julho de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a cair, na contramão do movimento ascendente das principais bolsas mundiais, diante da redução das “apostas” de aprovação da reforma da Previdência antes do recesso parlamentar, porém o patamar é interessante para compras de quem acredita que no segundo semestre o Brasil terá recuperação da economia e redução da taxa básica de juros e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, mesmo após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 18/JUN/19, seguindo a esperada manutenção do “humor negativo” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,7%, realizando lucros recentes, acompanhando o recuo das commodities e com os investidores aguardando o andamento da reforma da Previdência e assistindo mais uma oitiva de Sergio Moro, herói nacional, aos bandidos do Congresso e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,85, também em um “ajuste técnico”, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela piora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1% e China 0,1%, sustentadas pelo bom desempenho das ações do setor de tecnologia, mesmo diante das dúvidas sobre a capacidade de Washington e Pequim realmente fecharem um acordo comercial, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,8%, França 0,2% e Alemanha 0,1%, acompanhando o bom desempenho das bolsas de NY e com destaques de alta para as ações das montadoras, como Volkswagen (0,7%), BMW (0,4%), Peugeot (0,5%) e (3) dos EUA, com o S&P fechando em um novo recorde histórico de alta, S&P 0,3%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,2%, em um pregão com baixo volume de negócios, marcado por oscilações estreitas entre leves ganhos e perdas e com destaques de alta para as ações dos bancos.

Numa tentativa de atrair mais negócios e investimentos à medida que persistem as desavenças comerciais com os EUA, Li Keqiang, premiê chinês, “avisou” que Pequim irá eliminar limites à participação de capital estrangeiro no setor financeiro em 2020, um ano antes do programado anteriormente.

Com uma economia baseada no setor agrícola e mineral, assim como o Brasil, porém com uma população muito mais educada e civilizada, a Austrália anunciou ontem o segundo corte consecutivo em sua taxa básica de juros, que recuou de 1,25% para 1,00% ao ano.

O acordo Mercosul-União Europeia, firmado por Bolsonaro na semana passada, vai impactar positivamente as relações de consumo no Brasil, porém com ele as reformas Previdenciária, tributária e a desburocratização se tornaram ainda mais relevantes e urgentes, já que ninguém exporta impostos e burocracia.

Após afirmar o governo Bolsonaro foi decisivo para o acordo de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia, Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior, alertou que, para se beneficiar deste novo cenário, o Brasil tem que fazer suas reformas internas, entre elas a tributária e a previdenciária.

Superando as “apostas do mercado”, que apontavam para um crescimento de 6,9%, em MAI/19 a produção industrial brasileira cresceu 7,1% na comparação com MAI/18, que foi o mês do ano passado no qual ocorreu a paralisação dos caminhoneiros, quando o setor industrial praticamente paralisou.

Dando uma boa notícia para o Brasil, segundo um relatório do Rabobank, banco especializado em agronegócio, o mercado de carne de frango, que conseguiu se recuperar neste ano e obteve avanços no primeiro semestre, continuará crescendo no terceiro trimestre, impulsionado principalmente pelo avanço das compras chinesas.

Um pouco menos otimista que no começo do ano, a Fenabrave (associação brasileira das concessionárias de veículos) reduziu de 11,2% para 8,4% suas “apostas” para o crescimento das vendas de carros novos neste ano de 2019.

Agora sem as altas taxas de juros para turbinar com folga, e sem risco, seu patrimônio, o investidor tupiniquim vai atrás de educação financeira, com isto a participação do público nos eventos promovidos pelo BC, em parceria com a CVM, a Susep e a Previc, subiu 235% nos últimos 5 anos.

Cedendo ao poderoso e eficiente lobby da Ambev, ontem Bolsonaro assinou um decreto que beneficia a indústria de bebidas não alcoólicas ao alterar a alíquota de IPI do concentrado usado na fabricação desses produtos, tirando assim, segundo previsões da Receita Federal, R$ 18,5mi dos cofres públicos apenas em 2019.

-    A Vale caiu -4,2%, na esteira da leitura do relatório da CPI de Brumadinho no Senado, que foi aprovado pela comissão, pedindo o indiciamento do assassino e ex-presidente da Vale Fábio Schvartsman, da própria mineradora e da Tüv Süd e propondo que a cobrança de royalties no setor de mineração seja similar à do petróleo.

Política:

Armados com um balão cheio de nada”, deputados da organização criminosa petista, a maioria deles com diversos processos na justiça, interpelaram ontem o brilhante ministro Sergio Moro que, com elegância, firmeza, ironia e tranquilidade, respondeu pacientemente todas as questões durante 8 horas.

Em uma atuação nada republicana, Dias Toffoli, o presidente do Supremo Tribunal Federal e ex-advogado do PT, esteve ontem na Câmara para a instalação de uma comissão externa de deputados que vai acompanhar a execução de grandes obras inacabadas pelo país.

Mesmo com as mudanças no voto complementar, o relator Samuel Moreira garante que a economia do novo relatório da reforma da Previdência prevê uma economia de R$ 1 trilhão em 10 anos.

Líderes partidários favoráveis à reforma da Previdência estão pessimistas sobre as chances de votar a proposta na Câmara antes do início do recesso parlamentar, em 18/JUL/19.

Acreditando, de forma totalmente equivocada, que são uma classe diferenciada, representantes de agentes de segurança que querem regras mais brandas na reforma da Previdência fizeram ontem um ato de protesto no Salão Verde da Câmara.

Ontem, durante a CPI do BNDES, Palocci revelou que a escolha dos campeões nacionais, favorecidos por empréstimos, partia de Lula, que recebeu em troca mais de R$ 500 milhões em propina.

Mostrando que os bandidos da América Latina continuam unidos, amanhã Alberto Fernández, candidato à presidente da Argentina em poste de Cristina Kirchner, vai visitará Lula na cadeia.

Comandados pela organização criminosa petista, ontem os deputados da oposição gastaram o tempo defendendo o ex-presidente Lula e atacando Moro, o que evidencia que o objetivo principal nesse caso é a libertação do ex-presidente, e não as supostas ilegalidades detectadas no contato de Moro com o procurador Deltan Dallagnol.

Apesar das supostas tentativas de Rodrigo Maia, o nefasto presidente da Câmara, de costurar um acordo entre governadores canalhas do PT e os líderes partidários, a última versão da reforma da Previdência não prevê a inclusão dos estados e municípios.

Como ninguém gosta de ser censurado, a proposta de resolução discutida no Conselho Nacional de Justiça para “disciplinar” o uso das redes sociais por juízes desagradou membros da magistratura de diferentes grupos, tanto alinhados com a Lava Jato como os defensores da organização criminosa petista.

Crítica:

Mostrando que ainda existe muito dinheiro de corrupção escondido para financiar mortadela de vagabundo esquerdista, a cineasta Maria Augusta Ramos, que documentou o impeachment da ex-presidenta Dilma, anunciou que fará um documentário sobre o processo de Lula.

O fundo eleitoral é um assalto aos cofres públicos e ajuda a perpetuar os velhos bandidos no poder e a cota deste nefasto fundo reservada para financiar candidaturas de mulheres é uma enorme afronta a capacidade feminina de fazer política.

Enquanto a CVM continua, sem nenhum conhecimento da realidade da profissão, limitando e prejudicando o trabalho dos assessores de investimentos, o Procon anunciou que no primeiro semestre deste ano recebeu 467 reclamações contra falsas empresas de consórcios, 30 a mais que no mesmo período de 2018.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário