R.B. 26/JUN/19 "Promovendo intensamente as manifestações de domingo"



"Promovendo intensamente as manifestações de domingo"

São Paulo, 26 de junho de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, mantendo os 100.000pts como suporte, com os investidores “aliviados” com a manutenção de Lula na cadeia e “apostando” que as manifestações marcadas para domingo mostrarão para os canalhas e bandidos do Congresso Nacional e para a imprensa socialista tupiniquim que a população apoia as reformas e o ministro Sergio Moro e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo a valorização registrada no pregão anterior, influenciado pelos leilões de venda do BC e pela esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,9%, realizando lucros após 4 pregões seguidos de alta, acompanhando as perdas das commodities e das principais bolsas mundiais e prejudicada pelos “temores” de que Lula seria solto pela segunda turma do STF e (2) o DÓLAR subiu 0,6% à R$ 3,85, acompanhando a piora do “humor” na bolsa tupiniquim e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, com a cautela dominando os negócios antes da reunião entre Trump e Xi Jinping, na cúpula do G20 que acontece em Osaka, Japão -0,4%, prejudicada pelo recuo das exportadoras, diante da valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar e China -0,9%, com destaques de queda para as ações dos bancos, após relatos da imprensa norte-americana de que alguns bancos chineses teriam ajudado a violar sanções dos EUA contra a Coreia do Norte, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, França -0,1% e Alemanha -0,4%, acompanhando as perdas das bolsas de NY e pressionadas pelo recuo das ações dos bancos, como Wirecard (-1,5%), Deutsche Bank (-0,5%), Société Générale (-0,7%) e UniCredit (-1,7%), após Luis de Guindos, vice-presidente do BC Europeu, afirmar que é preciso "monitorar cuidadosamente" o impacto de taxas negativas no setor bancário e (3) dos EUA, S&P -0,9%, DJ -0,7% e NASDAQ -1,5%, reagindo negativamente a falas de dois dirigentes do FED (“BC” local) e ao aumento das tensões entre o país e o Irã.

Endurecendo um pouco o jogo, após recuar de sua intenção inicial de ir para a guerra, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, autorizou, coberto de razão, novas sanções contra o Irã, que na semana passada derrubou um drone norte-americano.

"Tigresa com os pequenos e chuchuca com os poderosos", a CVM, que assim como o BNDES precisa ser “despetizada e desacananhada", decidiu multar Eike Batista, outrora Midas do PT, em apenas R$ 550mil por omitir informações sobre incertezas em projetos da petroleira OGX e da empresa de construção naval OSX, que viraram pó e causaram prejuízos bilionários a investidores.

“Apostando” no Brasil, a gigante de tecnologia chinesa Huawei assina hoje um memorando de entendimento para instalar equipamentos da tecnologia 5G no Biotic, parque tecnológico de Brasília, inicialmente para testes.

Na ata da sua reunião da semana passada, na qual decidiu manter a taxa básica de juros em 6,5% ao ano, o Copom deixou claro que só não cortou a Selic pois a reforma da Previdência ainda não foi aprovada e alertou que a perda de ímpeto deverá levar a economia a flertar com estagnação no segundo trimestre de 2019.

Confirmando que o Copom já poderia ter cortado a taxa básica de juros na reunião da semana passada, em JUN/19 a inflação medida pelo IPCA-15, influenciada pelo recuo dos preços dos alimentos, ficou em apenas 0,06%, acumulando com isto uma alta de 3,84% nos últimos 12 meses, patamar cada dia mais abaixo do centro da meta do BC (4,25%).

Tirando peso de suas costas e focando naquilo que faz bem e dá dinheiro, a Petrobrás negocia com o Cade a venda de toda a sua participação nas empresas estaduais de gás e os 10% remanescentes na NTS e na TAG.

Fácil, ágil, barata e segura, a TransferWise ultrapassou a ineficiente, burocrática e cara Caixa Econômica Federal e já é a quinta instituição em volume de dinheiro enviado para o exterior, considerando os bancos de varejo do país.

Trabalhando intensamente para a abertura do mercado de gás, o governo estima atrair R$ 32,8bi para investimentos em novos gasodutos e terminais até 2032 e reduzir o preço deste combustível em até -40%, o que obviamente vai estimular a economia e melhorar bastante a competitividade tupiniquim.

Lutando pelos seus direitos, agora livre das fracassadas ideologias socialistas, o governo brasileiro vai defender a reforma da Organização Mundial do Comércio e propor novas regras para subsídios agrícolas caso se aprovem normas mais restritivas para subsídios industriais.

-    A Microsoft recuou -3,2% na bolsa de NY, após analistas da Jefferies alertarem que as ações da empresa de tecnologia cairão significativamente por conta de grandes altas ao longo do ano.

Política:

Criando dificuldades para vender facilidades, Arthur Lira, o líder do PP na Câmara, defendeu o adiamento da votação do relatório da reforma na comissão especial da Casa, sob o argumento da necessidade de ajustes no texto e alegando que demandas de deputados ainda não foram atendidas no relatório.

Se aproximando aos poucos das linhas auxiliares da organização criminosa petista, Doria, governador tucano de SP, se reuniu ontem com o sindicalista Ricardo Patah, presidente da UGT, para organizar uma agenda de mutirões de emprego em destinos como Campinas, Guarulhos e Ribeirão Preto a partir de JUL/19.

Outra linha auxiliar da organização criminosa petista, o PSOL, estimulando a mentira de que a CIA influenciou o resultado das eleições presidenciais tupiniquins, protocolou na Câmara dos Deputados um requerimento para que Sergio Moro, herói nacional e brilhante o ministro da Justiça, detalhe a sua agenda nos EUA.

Reagindo aos canalhas do Congresso Nacional, o presidente Bolsonaro, ao sancionar o projeto de lei que muda o processo de indicação nas agências reguladoras, vetou, coberto de razão, o trecho do texto que impunha uma lista tríplice ao chefe do Poder Executivo para a escolha executivos de agências reguladoras e também uma parte da proposta que estabelecia o comparecimento anual obrigatório de diretores desses órgãos no Senado Federal.

Nesta sexta-feira caduca a Medida Provisória 873, que extingue o desconto em folha do nefasto e criminoso imposto sindical, já que os canalhas Paulinho da Força e Renan Calheiros articularam para tirar 17 deputados e 19 senadores da comissão especial e, com isso, não houve quórum para analisar a medida.

Socialista e vagabundo, Bruno Covas, prefeito tucano de SP, já avisou que vai concorrer à reeleição e que trabalha para chegar às vésperas do início da campanha num patamar entre 6% e 10% das intenções de votos nas pesquisas.

Nanico político, que se elegeu senador pelo Amapá com menos votos que um vereador de SP, Davi Alcolumbre, presidente do Senado, anunciou que vai criar uma CPI para investigar fake news nas eleições de 2018 e que vai apresentar um projeto de decreto para submeter a sabatina na Casa indicados do governo a cargos de direção do DNIT.

Com “a corda no pescoço”, os governadores do Nordeste, na sua grande maioria de esquerda, decidiram tentar um acordo que inclua estados e municípios na reforma da Previdência e, trabalhando neste sentido, se reúnem hoje com Rodrigo Maia, o nefasto presidente da Câmara.

Ontem, logo após o julgamento que manteve a prisão de Lula, mais de 270 juízes federais assinaram uma moção de apoio a Sergio Moro, ressaltando no documento que o referido ministro da justiça jamais se desviou dos deveres exigidos de um magistrado sério, alinhado com os princípios éticos, comprometido com a busca da verdade e aplicação da Justiça, com o império da lei, com imparcialidade, atuando no maior caso de corrupção conhecido no mundo, com imensa dedicação, sacrifício e se sujeitando a riscos pessoais e familiares de toda ordem.

Em mais uma derrota da organização criminosa petista e da imprensa socialista tupiniquim, a Associação dos Juízes Federais do Brasil indeferiu e arquivou a representação protocolada por um grupo de 30 magistrados federais que pediam uma investigação própria na entidade e a exclusão do ministro Sergio Moro a condição de sócio benemérito da entidade.

Crítica:

Promovendo intensamente as manifestações de domingo” de apoio a lava jato, ao pacote anticorrupção de Moro e a reforma da Previdência de 1tri, ontem Gilmar Mendes, nefasto e canalha ministro do STF, tentou ontem mais uma vez, sem sucesso, soltar Lula, o maior bandido da história do Brasil.

Para o desespero da organização criminosa petista e da imprensa socialista tupiniquim, o TRF-4 vai apreciar em breve uma nova condenação de Lula, o maior bandido da história do Brasil, desta vez no caso do sítio em Atibaia, o que pode impedir o referido canalha petista de sair da prisão por longos anos.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário