R.B. 8/MAI/19 "Começou agora a operação Lava Banco"



"Começou agora a operação Lava Banco"

São Paulo, 8 de maio de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, retornando à sua trajetória de alta, beneficiada pela redução das tensões externas e pelo aumento das "apostas" de aprovação da nova previdência e de recuperação da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode cair, influenciado pela esperada melhora do "humor" na bolsa tupiniquim e pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de captações, exportações e "investimentos".

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,6%, acompanhando, em ritmo menos intenso, as fortes perdas das principais bolsas mundiais e o recuo das commodities e assim atingindo (aos 94.389pts) um bom patamar para compras, principalmente para quem aposta na aprovação da nova previdência e na recuperação da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,97, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela piora do "humor" na bolsa tupiniquim, para ampliar a valorização acumulada no mês (1,4%).

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -1,5%, com destaques de queda para as exportadoras, se ajustando às perdas das demais bolsas mundiais durante o período em que esteve fechada por conta de feriado nacional e China 0,7%, recuperando uma pequena parte das perdas do pregão anterior (-5,6%), (2) da EUROPA, Inglaterra -1,6%, França -1,6% e Alemanha -1,6%, acompanhando a piora do "humor" nas bolsas de NY e também prejudicadas pelo corte na projeção de crescimento da zona do euro em 2019 e 2020 e (3) dos EUA, em um movimento que ainda pode ser considerado realização de lucros, causado pelo suposto aumento das incertezas sobre as negociações comerciais entre o país e a China, S&P -1,6%, DJ -1,8% e NASDAQ -2,0%, com destaques de queda para as empresas do setor de tecnologia, como Apple (-2,7%), Facebook (-2,1%) e Microsoft (-2,0%).

Apesar de Robert Lighthizer, representante comercial dos EUA, alertar que ocorreu uma "erosão nos compromissos" já firmados pelo lado chinês nas tratativas, Steven Mnuchin, secretário do Tesouro norte-americano e um dos líderes das negociações bilaterais, afirmou que seu país pode voltar atrás na decisão de elevar as tarifas sobre importações chinesas a partir de sexta-feira se as conversas "voltem aos trilhos".

Possivelmente após tomar uma boa dose de calmante, hoje Paulo Guedes, o brilhante ministro tupiniquim da economia, vai responder perguntas dos "nobres" deputados na comissão especial da Câmara que analisa a sua proposta de nova Previdência.

Provando que o contingenciamento de gastos ocorrerá em todas as áreas do governo tupiniquim, que quebra se a proposta de nova Previdência não for aprovada, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, estima que o orçamento das Forças Armadas deve passar por um contingenciamento de cerca de -44% das despesas não obrigatórias.

Bastante otimista, Helio Beltrão, que é presidente do instituto Mises Brasil, a MP da Liberdade Econômica, assinada esta semana pelo presidente Bolsonaro, retoma a ênfase na luta contra a burocracia, que segundo ele é agente primordial de desigualdade de oportunidade entre os brasileiros.

Com o país colhendo os frutos de uma constituição e de um DNA socialista e também governos corruptos, o Brasil, pela primeira vez desde 1998, ficou de fora da lista dos 25 melhores países para se investir no ano feita pela consultoria A.T. Kearney e que tem os EUA no topo pelo sétimo ano consecutivo.

Segundo uma pesquisa feita com investidores e conduzida pela UBS Global Wealth Management, dentre os estrangeiros, 60% estão otimistas quanto à economia brasileira, 22% permanecem neutros e 18%, pessimistas, já entre brasileiros, 75% são otimistas, 15% neutros e 10% otimistas.

Se esbaldando em um monopólio regulamentar, que ainda conta com bastante ajuda da CVM, e agora podendo usufruir também das maravilhas da tecnologia, os 5 grandes bancos brasileiros (Itaú, Bradesco, Santander, BB e Caixa) abriram 2,5 milhões de contas correntes pelo celular em 2018.

Claramente com potencial para trazer ótimos frutos para o Brasil, segundo um estudo feito pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, os 4 países asiáticos incluídos na agenda de viagem da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, podem abrir espaço para um aumento de pelo menos US$ 59bi a mais em exportações para o agronegócio tupiniquim.

Ainda sem sofrer nenhuma sanção na CVM, Wesley Batista, bandido, matador e canalha, foi denunciado pelo Ministério Público Federal de SP pela segunda vez pelo crime de insider trading, que é o uso de informações privilegiadas para a obtenção de ganhos no mercado financeiro.

-    A Petrobrás caiu -1,6%, prejudicada pelo recuo internacional do petróleo e, após o fechamento do pregão, a empresa anunciou que, com queda na produção, menores margens nas vendas de combustíveis e mudanças no sistema contábil, fechou o primeiro trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 4bi, valor -42% menor do que o verificado no mesmo período de 2018.

Política:

Ainda ignorando, com boa dose de razão, os granchistas da TV Globo, ontem Bolsonaro deu mais uma entrevista exclusiva, desta vez para Luciana Gimenez na RedeTV, na qual (1) elogiou o trabalho dos militares do seu alto escalão, ponderando a falta de "tato político" de alguns deles, (2) alertou que a reforma da Previdência é a única saída para evitar que o Brasil quebre e garantiu que tem votos para aprovar a sua proposta no Congresso e (3) afirmou que racismo "é coisa rara no Brasil", ressaltando que a esquerda tenta o tempo todo jogar negro contra branco, homo contra hétero, pai contra filho.

Dando um importante passo para melhorar a máquina pública tupiniquim, o ministério da Infraestrutura, que durante os governos FHC, Lula, Dilma e Temer foi um antro de corrupção e nos últimos anos também foi um dos redutos da operação Lava Jato, lançou ontem um programa de combate a fraudes e corrupção dentro da própria pasta e de órgãos vinculados que foi chamado de Radar Anticorrupção.

Abrindo espaço para o governo Bolsonaro melhorar sua "articulação política", o parecer do relator da MP dos Ministérios em Comissão Mista do Congresso, senador emedebista Fernando Bezerra, trouxe, em concordância com o governo, a recriação dos ministérios das Cidades e Integração Nacional.

Mostrando que as pautas prioritárias ao país estão avançando no Congresso, ontem foi decidido que a reforma tributária proposta por líderes da Câmara será relatada pelo deputado João Roma, do PRB baiano e que tem fortes relações com ACM Neto e com Onyx Lorenzoni, na Comissão de Constituição e Justiça, primeira etapa para aprovar as mudanças no sistema de impostos e contribuições.

Quase que totalmente livre dos socialistas e dos bandidos da organização criminosa petista, ontem, em uma sessão que teve que ter segurança reforçada, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou, por 39 votos a 13, a retirada da necessidade de plebiscito para privatizar 3 "malditas" estatais.

Sem conseguir esconder um sorriso sarcástico no canto do rosto, Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, prometeu "atenção especial" ao pedido da ex-presidenta Dilma para receber ainda mais dinheiro público da Comissão de Anistia.

Prometendo uma economia anual de R$ 1,2bi aos cofres públicos, o deputado Rubens Bueno defende que a CCJ da Câmara priorize a votação da PEC 435, de sua autoria, que limita em 30 dias as férias de todos os servidores públicos do país e acaba com a chamada licença-prêmio.

Cumprindo mais uma de suas promessas de campanha, para o desespero da imprensa socialista tupiniquim, ontem Bolsonaro assinou um decreto sobre armas que (1) permite que o proprietário rural utilize a arma em todo o perímetro da propriedade, (2) quebra do monopólio da importação de armas no país, (3) autoriza colecionadores, atiradores desportivos e caçadores a irem de casa ao local de tiro com a arma e com a munição, (4) dá para praças das Forças Armadas com 10 anos ou mais de experiência o direito ao porte de arma e (5) aumenta de 50 para 1.000 a permissão de compra de cartuchos por ano.

Crítica:

Podendo ser considerado o primeiro movimento global de greve de uma categoria, hoje, na véspera do Uber deve fazer sua estreia na Bolsa de Valores de NY, os motoristas do referido aplicativo de transporte prometem uma paralisação de 24 horas em protesto contra os valores, supostamente baixos, que recebem da empresa.

Mostrando que, com a Lava Jato ainda na ativa, "começou agora a operação Lava Banco", com a Policia Federal prendendo hoje 3 diretores do Banco Paulista que são acusados de participação em operações de lavagem de dinheiro do setor de propinas da Odebrecht.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário