R.B. 7/MAI/19 "Se antecipar a uma demanda crescente de seus clientes"



"Se antecipar a uma demanda crescente de seus clientes"

São Paulo, 7 de maio de 2019 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, ainda prejudicada pela piora do "humor" externo, porem este é um bom patamar para compras, principalmente para quem aposta na aprovação da nova previdência e na recuperação da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, para ampliar a valorização acumulada no mês (0,9%), porem o patamar é interessante para vendas, diante da expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de captações, exportações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,0%, acompanhando a piora do "humor" nas principais bolsas mundiais, prejudicada pelo recuo das commodities e com destaques de queda para as ações dos bancos, como Itaú (-2,2%) e Bradesco (-2,7%) e (2) o DÓLAR subiu 0,5% à R$ 3,96, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, porem devolvendo parte dos ganhos da abertura, com os exportadores atuando na ponta vendedora atraídos pela elevada cotação.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão ainda não teve pregão por conta de feriado e China -5,6%, registrando seu maior recuo diário desde FEV/16, após Trump, presidente dos EUA, afirmar que imporá mais tarifas sobre produtos chineses e ainda ameaçar o país com uma nova rodada de elevação mais adiante, (2) da EUROPA, Inglaterra não operou por conta de feriado nacional, França -1,2% e Alemanha -1,0%, com destaques de queda para as montadoras, como BMW (-2,2%), Daimler (-2,0%), Fiat (-2,2%) e Renault (-2,3%), temendo um acirramento da "guerra" comercial entre EUA e China e (3) dos EUA, recuperando quase todas as perdas da abertura, S&P -0,4%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,5%, em um "saudável" movimento de realização de lucros, causado pela ameaça de Trump de aumentar as tarifas sobre produtos chineses a partir da próxima sexta-feira.

Ressaltando que acredita que as ameaças de Trump podem ter sido uma tática de negociação para elevar ao máximo a pressão antes da próxima rodada de conversas, Eli Lee, diretor de estratégia de investimentos do Banco de Cingapura, afirmou que há 1/3 de chance de o diálogo entre China e EUA acabar em ruptura.

Indicando que Trump estava, mais uma vez, "batendo para depois assoprar", no final do dia de ontem, após o fechamento dos mercados, a China anunciou que manterá os planos de enviar uma delegação aos EUA para dar continuidade às negociações comerciais entre as duas maiores economias do mundo.

Para que Bolsonaro não cometa o mesmo crime que derrubou a ex-presidenta Dilma, o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou que o governo Bolsonaro deverá adotar novo bloqueio nas despesas públicas se o Congresso Nacional não aprovar até JUN/19 o projeto de lei que pede crédito suplementar de R$ 248,9bi para este ano.

Muito mais pessimista que na semana passada, o "mercado", (1) reduziu, pela décima semana consecutiva, suas projeções para o crescimento da economia tupiniquim neste ano, desta vez de 1,70% para 1,49%, (2) elevou, de 4,01% para 4,04%, suas "apostas" para a inflação medida pelo IPCA em 2019, patamar ainda abaixo do centro da meta (4,25%) e (3) manteve em 6,50% suas estimativas para a taxa básica de juros no fim de 2019.

Segundo o economista Bernard Appy, autor da reforma tributária em tramitação no Congresso, a sua proposta de unificação de tributos (ISS, ICMS, IPI, PIS e Cofins) no Imposto de Bens e Serviços (IBS) tem potencial para elevar o PIB brasileiro em 15% nos próximos 10 anos.

"Apostando" no crescimento da economia tupiniquim, (1) a norte-americana McCain Foods, maior fabricante de batata frita congelada do mundo, comprou 70% da brasileira Sérya e (2) a brasileira Votorantim Cimentos anunciou que investirá R$ 200 milhões para ampliar a capacidade de sua fábrica no Ceará, de 200 mil toneladas por ano para 1 milhão de toneladas.

Internacionalizando seus negócios, mais para "se antecipar a uma demanda crescente de seus clientes" do que para conquistar novos mercados, o Bradesco anunciou que comprou, por R$ 1,98bi, o banco norte-americano BAC Florida, que atua há 45 anos no mercado, oferecendo serviços financeiros, como crédito imobiliário.

Com impacto positivo do pagamento de dívidas de distribuidoras de energia que eram da Eletrobras, a BR Distribuidora teve lucro líquido de R$ 477mi no primeiro trimestre de 2019, resultado que é 93% superior ao verificado nos três primeiros meses de 2018.

-    A Air China despencou -9,6% na bolsa chinesa, já que são bastante afetadas pela "guerra comercial" entre chineses e norte-americanos.
-    A BRF subiu 1,1% na bolsa tupiniquim, confirmando Tereza Cristina, ministra da Agricultura, estava certa ao dizer, antes de embarcar para a Ásia, que um eventual atrito entre EUA e China pode beneficiar as exportações e a agricultura brasileira.

Política:

Dando uma excelente sugestão, o deputado Federal Baleia Rossi, do MDB de SP, afirmou que colocar para tramitar uma reforma tributária conforme a PEC da Previdência avança no Congresso é uma estratégia parlamentar "muito inteligente" para estimular a aprovação das mudanças na aposentadoria, já que a pauta é bem vista pela sociedade.

Para o desespero dos bandidos, dos corruptos e da imprensa socialista tupiniquim, o senador emedebista Fernando Bezerra Coelho, que é líder do governo no Senado, "garantiu" que vai manter o Coaf no Ministério da Justiça, em seu relatório da medida provisória da reforma administrativa.

Alvo de ataques de Olavo de Carvalho e de Carlos Bolsonaro, o vice-presidente Mourão foi afagado ontem pelo presidente Bolsonaro, que classificou seu companheiro de chapa de "amigo dos momentos difíceis" e garantiu que eles estão unidos para cumprir uma missão.

Lembrando que "há males que vêm para o bem", o deputado Marcelo Ramos, presidente da comissão especial da reforma da Previdência, disse que a declaração do nefasto Paulinho da Força sobre aprovar uma proposta "que não garanta a reeleição" de Bolsonaro acabou tendo um efeito positivo.

Enquanto vagabundos, com bandeiras do PT, da CUT e do MST, protestavam na porta da escola, Bolsonaro reafirmou, durante cerimônia no Colégio Pedro II, seu compromisso de campanha de inaugurar colégios militares em todas as capitais do país, ressaltando a importância do respeito, da disciplina e do amor à pátria.

Aproximando da cadeia um dos principais aliados e comparsas do PT, ontem a Justiça Federal do Distrito Federal aceitou a sexta denúncia contra o nefasto ex-presidente Temer, que agora vai ter que responder sob acusação de formação de organização criminosa e embaraço à investigação por ter instigado Joesley Batista, que é bandido e matador, a pagar propina para Eduardo Cunha.

Expurgando mais petistas vagabundos do funcionalismo tupiniquim, o governo Bolsonaro decidiu exonerar Claudio Crespo e José Santana Beviláqua, respectivamente diretores de Pesquisas e de Informática do IBGE.

Com a justiça também se aproximando do nefasto presidente da Câmara Federal, um ex-executivo da OAS que se tornou delator na Operação Lava Jato disse em depoimento que a empreiteira pagou propina a Cesar Maia, ex-prefeito do RJ e pai de Rodrigo Maia, por meio de contrato fictício com o escritório de Sérgio Bermudes, um dos mais caros advogados do país.

Finalmente cumprindo suas obrigações, o que obviamente causa revolta na impressa socialista e nos canetinhas de aluguel do PT e nos bandidos da OAB, o Coaf, subordinado ao brilhante ministro Sergio Moro, investigou o pagamento de honorários feitos ao advogado Eduardo Sanz, do Paraná, que tem como cliente o nefasto Marcelo Odebrecht.

Contrariando o discurso dos parlamentares bandidos, de que a volta do órgão à Economia aceleraria suas atividades, nos 3 primeiros meses deste ano os relatórios de inteligência financeira do Coaf, agora comandado pelo brilhante Sergio Moro, cresceram 25% na comparação com o mesmo período de 2018.

Misturando religião com política, o que sempre traz resultado negativos, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo de BH e comunista de carteirinha, foi eleito novo presidente da CNBB, o que é uma guinada ainda mais à esquerda desta organização cristã.

Com boas chances de se livrar de mais um processo, já que entre os 5 juízes que vão arbitrar a questão estão seus comparsas Gilmar Mendes, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski, hoje Renan Calheiros, nefasto senador de Alagoas, terá sua denúncia de corrupção e lavagem, por receber propina de R$ 1,8mi por meio de doações eleitorais em 2008, julgada na Segunda Turma do STF.

Crítica:

Provando mais uma vez que "o Brasil é, e seguirá sendo por um bom tempo, um país de analfabetos financeiros", seguindo uma pesquisa da Câmara Nacional dos Dirigentes Lojistas feita com jovens brasileiros entre 18 e 24 anos, 52% guardam dinheiro e destes (1) 52,8% aplicam na poupança, (2) 24,6% guardam em casa e (3) 20,2% deixam na conta corrente.

Mostrando porque os bandidos, corruptos e imprensa socialista tupiniquim querem tirar o Coaf das responsabilidades do brilhante ministro Sergio Moro, a justiça Federal no RJ bloqueou R$ 495mi da "nobre" juíza Cláudia Valéria Mello, acusada de beneficiar distribuidoras de combustível por meio de decisões liminares que determinavam a venda de combustíveis com redução ou supressão de tributos.

Reduzindo a "farra de toga" com dinheiro público, a juíza Solange Salgado, de Brasília, suspendeu a contratação de um buffet de luxo pelo Supremo orçado em R$ 481,7 mil, em ação movida pela deputada Carla Zambelli, do PSL de SP.

Com a polícia cada dia mais livre para atuar, no ano passado o Brasil teve -10% menos assassinatos que em 2017 e melhor notícia é que o número de pessoas mortas pela polícia, na grande maioria bandidos, cresceu 18% na mesma base de comparação.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário