R.B. 20/MAI/19 "Uma jogada bastante arriscada"



"Uma jogada bastante arriscada"

São Paulo, 20 de maio de 2019 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, mesmo após recuar -4.5% na semana passada e fechar sexta-feira no menor patamar do ano (aos 89.992pts), acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e prejudicada pelo cenário interno ainda negativo e (2) o DÓLAR pode cair, em um movimento de "ajuste técnico" influenciado pelos leilões de venda anunciados pelo BC.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,1%, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima avançou 1,4%, para fechar o dia seguindo as perdas das demais bolsas mundiais e cada dia mais prejudicada pela piora do cenário político e econômico do Brasil e (2) o DÓLAR subiu 1,6% à R$ 4,10, para fechar a sessão no maior patamar desde 19/SET/18, impulsionado pelos mesmos motivos que derrubaram a bolsa tupiniquim e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, novamente sem uma tendência única, Japão 0,9%, com destaque de alta para a Sony (9,9%), que anunciou seus planos de recompra de ações e negócios em comum com a Microsoft no desenvolvimento de streaming de games e China -2,5%, acumulando a quarta semana consecutiva de perdas, o que não ocorria desde meados de 2018, diante da nova deterioração das negociações comerciais do país com os EUA, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, França -0,2% e Alemanha -0,6%, com os investidores de olho no aprofundamento das tensões comerciais entre EUA e China e nos desdobramentos da crise política envolvendo o Brexit e (3) dos EUA, revertendo os ganhos da abertura, causados pela divulgação do indicador de confiança dos consumidores norte-americanos, S&P -0,6%, DJ -0,4% e NASDAQ -1,0%, também prejudicada pela piora nas negociações comerciais entre o país e a China, que desta vez penalizou principalmente as ações do setor industrial, como Caterpillar (-3,0%), 3M (-1,6%) e General Electric (-1,3%).

Endurecendo o jogo, (1) a agência estatal chinesa de notícias, a Xinhua, publicou um editorial apontando que os EUA adotaram "um ato irracional para chantagear a China com alta de tarifas" e (2) o jornal do governo chinês, o Daily People, afirmou que "nenhuma potência pode impedir o povo chinês de realizar seus sonhos", acusando os norte-americanos de serem "arrogantes".

Após rasgar elogios à Rodrigo Maia, que é um bandido, e dizer que está "superconfiante" com o Brasil, ressaltando que há um alinhamento construtivo entre poderes para promover mudanças na economia, Paulo Guedes disse que as recentes sinalizações negativas do mercado financeiro, com o dólar acima dos R$ 4,10 e a bolsa abaixo dos 90.000pts, são "barulho" e não devem ser motivo de preocupação.

Dando força para o governo negociar com chantagistas, Vander Francisco Costa, presidente da Confederação Nacional dos Transportes, afirmou que, se o governo der segurança nas estradas, as transportadoras dariam conta de abastecer o país em caso de nova greve dos caminhoneiros autônomos.

Sem a influência da lei da oferta e procura e gozando e imensos direitos e poucos deveres, desde 2014, quando o Brasil entrou oficialmente em recessão, os empregados do setor público brasileiro tiveram um aumento real de 10% em seus rendimentos, situação bem diferente dos empregados do setor privado, cujos rendimentos estão estagnados.

Dando mais autonomia e opções, em busca de uma maior rentabilidade para a aposentadoria, o governo estuda permitir que, em um eventual regime de capitalização da Previdência, o trabalhador possa optar por investir 30% dos recursos em ações e 20% em fundos imobiliários.

Alertando que a tentativa de controlar preços é impraticável e prejudicial à atividade econômica do país, representantes do agronegócio e da indústria querem acabar com a tabela do frente, que é uma herança maldita da paralisação dos caminhoneiros, em MA/18.

Startups tupiniquins do mercado de maconha farmacêutica, que erroneamente murcharam as expectativas após a eleição do governo Bolsonaro, renovaram suas esperanças na semana passada, quando o diretor da Anvisa Renato Porto manifestou ao setor seu desejo de deslanchar a regulação para o plantio do cannabis com fins medicinais no Brasil.

Segundo Michael Viriato, professor de finanças do Insper, os 5 passos para a independência financeira são (1) defina o valor mensal a ser poupado, (2) programe o tempo do investimento, (3) determine a rentabilidade alvo, (4) monte sua carteira evitando ativos com liquidez e (5) revise e monitore.

-    A BMW despencou -5,1% na bolsa da Alemanha, depois de a companhia anunciar um recall de mais de 106 mil veículos, devido a um problema de segurança em um dos seus modelos.

Política:

Mesmo com a oposição de grupos que o apoiaram no segundo turno, como o MBL, o Vem Pra Rua e o nas ruas, e até de nomes fortes do seu partido, como Janaina Pascoal e Joice Hasselmann, Bolsonaro decidiu, em "uma jogada bastante arriscada", convocar uma manifestação de apoio ao seu governo para o próximo dia 26/MAI/19.

Indicando que reza, ao lado da organização criminosa petista, na "cartilha do quanto pior melhor", o deputado federal Marcelo Ramos, do PR, que é presidente da Comissão especial da Câmara que analisa a proposta de reforma da Previdência, afirmou que os líderes partidários podem apresentar uma proposta própria de alteração das regras previdenciárias.

Em mais uma jogada arriscada, Bolsonaro, coberto de razão, compartilhou em suas redes sociais o texto de um filiado do partido NOVO que diz que o Brasil é governado exclusivamente para atender aos interesses de corporações com acesso privilegiado ao orçamento público, que fora desses conchavos, é ingovernável e que o país nunca foi, e talvez nunca será governado de acordo com o interesse dos eleitores, sejam eles de esquerda ou de direita.

Ressaltando que não existe governo ingovernável e que o povo quer ver compromisso, seriedade e trabalho, ACM Neto, em palestra na universidade de Oxford, ironizou o texto compartilhado por Bolsonaro em grupos de WhatsApp, que afirma que "o Brasil, fora desses conchavos, é ingovernável".

Como não consegue se financiar apenas com recursos próprios, já que reza na cartilha da "velha política", Marina Silva, linha auxiliar do PT, tem passado o chapéu entre amigos para manter seu partido (Rede) vivo.

A deputada Federal Tabata Amaral, atual "queridinha" da imprensa socialista tupiniquim, afirmou que, em um Brasil tão machucado social e economicamente, já não há espaço para fantasiosas teorias da conspiração, ressaltando que se Bolsonaro persistir nesse caminho, a história só aponta dois resultados possíveis, ou a renúncia ou o impeachment.

Bandido, que atua diuturnamente para defender seus clientes, que também são bandidos, Felipe Santa Cruz, que é o atual presidente da OAB, entregou a Rodrigo Maia, também bandido, um documento que destrincha, critica e rechaça o pacote anticrime do brilhante ministro Sérgio Moro.

Com uma bancada de 32 deputados federais, a segunda maior da oposição, o PSB fechou questão contra o projeto de reforma da Previdência enviado pelo presidente Bolsonaro e acredita que isto pode ajudar o partido nas eleições municipais de 2020.

Crítica:

O FBI está investigando as gigantes Johnson & Johnson, Siemens, General Electric e Philips que, sucumbindo a forma tupiniquim de se fazer negócios, são acusadas de pagarem, nos últimos 20 anos, subornos para autoridades brasileiras como parte de um esquema envolvendo a venda de equipamentos médicos no Brasil.

Como atualmente o Brasil tem um governo que não compactua com bandidos e não tem pena de vagabundos, em JAN/19 os assassinatos no país caíram -21% na comparação com JAN/18.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário