R.B. 14/MAI/19 "Lamentável e radical guinada à esquerda"



"Lamentável e radical guinada para à esquerda"

São Paulo, 14 de maio de 2019 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após fechar o pregão anterior no menor patamar desde 7/JAN/19 (aos 91.699pts), acompanhando a valorização das principais bolsas mundiais, beneficiada pela alta das commodities e impulsionada pelo aumento das “apostas” de redução da taxa básica de juros da economia brasileira e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo parte da alta acumulada no mês (1,7%), influenciado pela esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e pela diminuição das tensões externas.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -2,7%, ampliando as perdas acumuladas no mês (-4,8%), acompanhando a nova piora do “humor” nas bolsas de NY e prejudicada pela intensificação dos problemas políticos no Brasil e (2) o DÓLAR subiu % à R$ 3,98, devolvendo parte da alta registrada na abertura, quando na máxima superou os R$ 4,00, para mesmo assim fechar o dia seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela expectativa de redução do fluxo positivo de recursos externos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,7% e China -1,2%, novamente prejudicadas pela intensificação das dificuldades nas negociações comerciais entre as 2 maiores economias do mundo, após Pequim ressaltar que "não se renderá nunca à pressão externa", (2) da EUROPA, Inglaterra -0,6%, França -1,2% e Alemanha -1,5%, com destaques de queda para as ações de montadoras como BMW (-2,7%), Daimler (-4,8%) e Volkswagen (-2,9%), pressionadas pelo mesmo motivo que derrubou as bolsas asiática e norte-americanas e (3) dos EUA, com a NASDAQ registrando sua pior performance diária desde DEZ/18, S&P -2,4%, DJ -2,4% e NASDAQ -3,4%, influenciadas negativamente pela decisão do governo chinês de retaliar, impondo tarifas sobre produtos norte-americanos.

Intensificando, dentro do seu legítimo direito, a guerra comercial entre as 2 maiores economias do planeta, a China, em retaliação, anunciou que vai impor novas tarifas sobre US$ 60bi em produtos norte-americanos a partir de 1/JUN/19.

Segundo o economista João Fernandes, da gestora de recursos Quantitas, o rebaixamento de previsões para o crescimento do PIB tupiniquim neste ano, em meio às dificuldades políticas do governo, tira fôlego do real ao afugentar investidores estrangeiros, porem isto pode se reverter se houver um sinal mais claro de que uma reforma da Previdência com economia fiscal razoável será aprovada.

Cada dia mais pessimista, o “mercado”, (1) reduziu, 11ª semana seguida, suas “apostas” para o crescimento da economia brasileira neste ano, desta vez de 1,49% para 1,45%, (2) elevou, de R$ 3,72 para R$ 3,80, suas previsões para a cotação do dólar no final de 2019 e (3) manteve em 4,04% suas expectativas para a inflação medida pelo IPCA ao longo deste ano, patamar abaixo do centro da meta do BC (4,25%).

Exímio conhecedor da economia tupiniquim, onde goza de um prazeroso monopólio, o Itaú reduziu, desta vez de 1,3% para 1,0%, suas “apostas” para o crescimento do PIB brasileiro em 2019 e também informou que espera que a taxa básica de juros, que está estacionada em 6,5% desde MAR/18, terminará o ano em 5,75% caso seja aprovada a nova Previdência.

Podendo representar um alívio para a classe média tupiniquim, Paulo Guedes concordou em estudar uma atualização da tabela do Imposto de Renda pela inflação, como deseja o presidente Bolsonaro, para ser implementada "no devido momento".

Acostumado a “mamar nas doces tetas do governo”, principalmente nas épocas em que a organização criminosa petista estava no poder, Carlo Alberto Andrade, fundador e dono do grupo Caoa, afirmo, ontem, após se reunir com o Paulo Guedes, o brilhante ministro da economia, que o empresário que quiser investir no Brasil não deve esperar qualquer tipo de incentivo por parte do governo Bolsonaro.

Há 3 anos o algodão ocupava o sétimo posto em valor de produção entre os produtos agrícolas brasileiros, porém, como a procura mundial por produtos naturais e sustentáveis vem aumentando, neste ano a referida commoditie subirá para o quarto lugar, com projeções de R$ 41bi em receitas.

-    A Boeing recuou -4,9% na bolsa de NY, após rumores de que a China pode reduzir suas encomendas de jatos da companhia norte-americana como uma tática para pressionar os EUA em relação à guerra comercial.
-    A Apple perdeu -5,8% na bolsa de NY, com os investidores preocupados com uma possível diminuição no número de aparelhos vendidos na China, em meio ao imbróglio entre as 2 maiores economias do planeta, e também com a decisão negativa para a empresa na Suprema Corte norte-americana.
-    A Uber despencou -10,7% na bolsa de NY, para fechar o dia aos US$ 37,10, patamar cada vez mais distante dos US$ 45,00 de oferta inicial da companhia realizada na quinta-feira da semana passada.

Política:

Após ressaltar que agora “a bola está com o Congresso” e que o momento é de conversas com parlamentares, o economista Bernard Appy afirmou que espera que a Proposta de Emenda à Constituição que trata da reforma tributária seja aprovada até o final deste mês na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Conhecido como Botafogo nas planilhas de propina da Odebrecht, Rodrigo Maia foi eleito deputado federal com 74.232 votos, o que lhe colocou apenas na 13ª posição entre os mais votados do RJ, porem mesmo assim é presidente da Câmara, chantageia o governo Bolsonaro e desfila sempre com o nariz empinado pelo Congresso Nacional, algo que pode mudar agora que Henrique Constantino, dono da Gol, disse em sua delação premiada que pagou propina para ele por meio da Associação Brasileira de Empresas Aéreas.

Mostrando para Bolsonaro que ainda existem autarquias lotadas de militantes de esquerda, a CVM, que precisa ser urgentemente despetizada e ocupada por pessoas com ideias mais liberais, abriu um inquérito administrativo para investigar a suspensão do comercial “moderninho” do Banco do Brasil que foi tirado do ar a pedido do referido presidente do país.

A quebra do sigilo bancário de Flávio Bolsonaro, cujos dados já haviam sido expostos no começo do ano, foi rapidamente associada por políticos canalhas ao “tsunami” anunciado por pelo presidente Bolsonaro na semana passada.

O senador Major Olímpio, do PSL de SP, que aproximou José Luiz Datena do seu partido, agora atua para convencer o apresentador Otávio Mesquita a concorrer por sua sigla à Prefeitura de Guarulhos.

Após “garantir” que não condicionou sua ida ao ministério da justiça em troca da próxima vaga de ministro do STF, Moro afirmou que considera “possível” a aprovação ainda em 2019 do pacote de medidas anticrime que encaminhou ao Congresso.

Com a clara intenção de “colocar fogo no parquinho”, Merval Pereira, comentarista da TV Globo, afirmou que Moro, de candidato natural à presidência da República na sucessão de Bolsonaro, passou a ter que engolir sapos enquanto faz hora para ir para o Supremo Tribunal Federal.

Além de entregar canalhas e bandidos já presos, como Eduardo Cunha e Temer, e ainda soltos, como Rodrigo Maia e Romero Jucá, o empresário e picareta Henrique Constantino, que é dono da Gol, se comprometeu a pagar R$ 70,7 milhões em indenização aos cofres públicos.

Crítica:

“Mais preocupado em lacrar do que em lucrar”, ontem, no mesmo dia que comemorou que foi absolvido pelo conselho de autorregulamentação publicitária no caso de um comercial que exaltava uma relação poligâmica, o Burger King Brasil anunciou que no primeiro semestre deste ano seu lucro líquido no país foi -65% menor que no mesmo período de 2018.

Dando mais um passo na sua “lamentável e radical guinada à esquerda”, que no Brasil é povoada por criminosos, canalhas e acéfalos, o Colégio Santa Cruz, que já se orgulhou de educar a elite paulistana e até tupiniquim, decidiu suspender as aulas amanhã para seus professores e alunos participarem de uma manifestação contra a reforma da Previdência e contra o contingenciamento de 3,5% das verbas para universidades federais.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário