R.B. 2/ABR/19 "Os nobres e os nefastos"



"Os nobres e os nefastos"

São Paulo, 2 de abril de 2019 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, “aliviada” com a redução das chances do STF soltar Lula e “animada” com a redução das tensões políticas e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, com “boas chances” de testar o “suporte” dos R$ 3,85, seguindo a esperada manutenção do “humor positivo” na bolsa tupiniquim e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,7%, para fechar em território positivo pelo terceiro pregão consecutivo, beneficiada pela valorização das commodities e das principais bolsas mundiais e também impulsionada pelo novo aumento das “apostas” de aprovação da nova Previdência e (2) o DÓLAR caiu -1,1% à R$ 3,87, para zerar os ganhos acumulados no ano, que agora passa a registrar perdas de -0,5%, influenciado pelos mesmos móvitos que impulsionaram a bolsa tupiniquim e consequentemente elevaram o fluxo positivo de recursos externos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,4% e China 2,6%, impulsionadas pela divulgação de que o índice de gerentes de compras do setor industrial chinês, surpreendendo positivamente, avançou de 49,9pts em FEV/19 para 50,8 em MAR/19, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,5%, França 1,0% e Alemanha 1,3%, animadas pelos dados positivos da economia chinesa, que amenizam as preocupações de desaceleração global, e com destaques de alta para as mineradoras, como BHP (2,9%), Rio Tinto (2,3%) e Glencore (2,6%) e (3) dos EUA, com o DJ superando os 26.000pts pela primeira vez desde 1/MAR/19, S&P %, DJ % e NASDAQ %, influenciadas positivamente pelo PMI industrial e pelos investimentos em construção do país, que subiram mais do que o esperado, e com destaques de alta para as ações do setor financeiro, como JPMorgan (3,4%), Goldman Sachs (2,5%) e American Express (2,2%).

O índice de Xangai fechou em nova máxima de 10 meses nesta terça-feira, uma vez que os investidores comemoraram dados da indústria desta semana e mantiveram o otimismo sobre o afrouxamento da política monetária e as negociações comerciais entre EUA e China.

Otimista, Paulo Guedes, superministro da economia, afirmou ontem, durante um evento do banco Goldman Sachs, que (1) sua pasta tem um apoio incondicional da Câmara, do Senado e da Presidência, (2) notícias sobre divergências ouvidas nos últimos dias são falta de comunicação e (3) a meta é reduzir despesas com Previdência e com juros, com venda de ativos em vez de assumir novas dívidas.

Após ponderar que a economia brasileira segue em processo de recuperação “gradual”, Roberto Campos Neto, presidente do BC tupiniquim, reiterou a importância da materialização da agenda de reformas para a manutenção da inflação baixa no médio e longo prazos, em meio a um ambiente internacional “desafiador”, com maiores riscos ao crescimento econômico global.

Elevando as “apostas” de que o Copom começará a pensar seriamente em reduzir ainda mais a taxa básica de juros da economia tupiniquim, o “mercado”, (1) manteve em 3,89% suas projeções para a inflação medida pelo IPCA em 2019, patamar abaixo do centro da meta (4,25%) e (2) reduziu, desta vez de 2,00% para 1,98%, suas expectativas para o crescimento da economia brasileira neste ano.

Dando um sinal positivo da economia brasileira, nos 3 primeiros meses deste ano a intenção de lançar novos produtos na indústria tupiniquim cresceu 2,8% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Prejudicada pela forte queda das exportações da Vale, que assassinou cerca de 300 pessoas em Brumadinho, a balança comercial tupiniquim registrou um saldo positivo de “apenas” US$ 4,9bi em MAR/19, o que representa o menor resultado para o mês nos últimos 3 anos e uma retração de -22,3% na comparação com MAR/18.

Compensando parte das perdas com o minério de ferro, nos 3 primeiros meses deste ano as receitas dos 15 principais produtos exportados pelo agronegócio tupiniquim somaram US$ 18bi, patamar 7,8% superior ao auferido em igual período de 2018.

-    A Gerdau disparou 6,2%, a CSN avançou 4,1%, a Vale ganhou 3,3% e a Usiminas subiu 1,8%, beneficiadas pelo avanço dos preços do minério de ferro, depois que a China anunciou dados positivos da sua indústria em MAR/19.
-    A Easy Jet recuou -9,7% na bolsa de Londres, após o CEO da empresa, Johan Lundgre, afirmar que os custos de combustível e o enfraquecimento da demanda por passagens aéreas são frutos das indefinições sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

Política:

Adequando seu discurso ao público, Rodrigo Maia, o nefasto presidente da Câmara, “garantiu” ontem, em um discurso para uma plateia de investidores e representantes de empresas reunidos em evento do banco Goldman Sachs, que a reforma da Previdência será aprovada neste ano, inclusive com votos de partidos da oposição, como o PSB e o PDT.

Começando a abrir seu bico tucano, para levar para a cadeia junto com ele picaretas como Serra, Alckmin e Aloísio Nunes, ontem pela primeira vez Paulo Preto, o operador de propinas do PSDB que já está condenado a 145 anos de prisão, reconheceu diante da Receita Federal que é o dono de 4 contas abertas na Suíça com saldo equivalente a R$ 137,4mi.

Terror dos parlamentares picaretas, que farão de tudo para enterrar o projeto, o pacote anticrime do brilhante Sergio Moro, ministro tupiniquim da justiça, é conhecido por 72% dos brasileiros e destes que conhecem 82% são favoráveis a proposta.

Para não ser acusado não dialogar com os parlamentares e com os partidos, Bolsonaro decidiu receber, assim que voltar de Israel, Romero Jucá, Ciro Nogueira, Gilberto Kassab e todos os outros líderes partidários que estiverem soltos até lá.

Tentando evitar destruição de provas, coação de testemunhas e ameaça aos investigadores, o Ministério Público Federal recorreu ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região para tentar restabelecer a prisão preventiva do nefasto ex-presidente Temer e de seu comparsa e ex-ministro Moreira Franco.

Haddad, poste apagado de Lula, quer que sua esposa, Ana Haddad, dispute no ano que vem a prefeitura de SP pelo PT, “apostando” que ela é alguém que pode ajudar a arejar e a renovar a referida organização criminosa, travestida de partido, que está muito desgastada na cidade e no Brasil todo.

Após a comprovação, com documentos do Google, de que a campanha de Haddad pagou R$ 88,2 mil para promover um site contra Bolsonaro, o Tribunal Superior Eleitoral não encontrou nenhuma evidencia de que contratação, por parte de empresários ligados a campanha do candidato do PSL, de envio de mensagens contra o PT por meio do WhatsApp nas eleições.

Crítica:

Percebendo que não terão votos suficientes para tirar Lula, o líder máximo da organização criminosa petista, da cadeia, “os nobres e os nefastos” ministros do STF devem adiar o julgamento sobre condenação em segunda instância, que estava marcado para 10/ABR/19.

Responsável pelo assassinato de cerca de 300 pessoas em Brumadinho, Fabio Schvartsman, o nefasto presidente afastado da Vale, que se o Brasil fosse um país sério estaria preso, terá direito a receber cerca de R$ 40mi quando deixar o cargo oficialmente.

Como já era de se esperar, Sergio Moro, brilhante ministro da Justiça, “avisou” que as equipes da PF que atuam na Lava Jato estão sendo reforçadas após um esvaziamento e enfraquecimento que sofreram nos governos anteriores.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário