R.B. 3/ABR/19 "Imperdível, imprescindível, impecável, incrível e isento"



"Imperdível, imprescindível, impecável, incrível e isento"

São Paulo, 3 de abril de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, beneficiada pela divulgação de novos sinais positivos da economia chinesa, influenciada positivamente pelo avanço das commodities e impulsionada pelo aumento das “apostas” de aprovação da nova Previdência e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e seguindo o fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,7%, realizando lucros após 3 pregões consecutivos de alta, nos quais avançou 4,5%, influenciada pela instabilidade das bolsas de NY, pelo recuo das commodities e por alguns ruídos em torno da nova Previdência, em uma sessão com baixo volume de negócios (R$ 11,6bi) e (2) o DÓLAR caiu -0,5% à R$ 3,85, para fechar em território negativo pelo quarto pregão consecutivo, desta vez diante de fatores técnicos, como a desmontagem de posições mais defensivas de investidores estrangeiros e a entrada de fluxo externo, com captações.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1% e China 0,2%, ainda sustentadas pela divulgação de dados positivos das 2 maiores economias do mundo, (2) da EUROPA, Inglaterra 1,0%, França 0,3% e Alemanha 0,6%, influenciadas positivamente pela divulgação de dados de inflação abaixo do esperado na zona do euro e com destaques de alta para as exportadoras, beneficiadas pela valorização do dólar frente ao euro e frente a libra e (3) dos EUA, próximas da estabilidade, sem um sinal único e após um pregão com alguma instabilidade, S&P 0,0%, DJ -0,3% e NASDAQ 0,2%, divididas entre o bom desempenho das ações do setor de tecnologia e os temores com a economia do país.

Economia sólida, em um país sério e com uma população educada e culta, ontem na Austrália o BC do país manteve sua taxa básica de juros na mínima histórica de 1,5%, patamar em que se encontra desde AGO/16.

Animando os mercados globais, durante a madrugada foi divulgado que (1) em MAR/19 a atividade no setor de serviços da China acelerou para a máxima de 14 meses, uma vez que a demanda melhorou tanto no país quanto no exterior e (2) são cada dia maiores os “rumores” de que EUA e China estão próximos de concluir um acordo para acabar com a “guerra comercial”.

Ressaltando que um dos objetivos de seu governo é desburocratizar a vida das empresas para fazer com que o Brasil suba no ranking de melhores países para se fazer negócios, Bolsonaro, apesar de afirmar que ainda não há uma data específica para o início da diminuição dos impostos sobre as empresas, garantiu que a proposta que está em estudo, a exemplo do que o Trump fez nos EUA, vai impulsionar a economia brasileira.

Ciente de que malucos, bandidos, hipócritas e idiotas vão pressiona-lo e fazer de tudo para tira-lo de sério, hoje Paulo Guedes, superministro da economia, irá à Comissão de Constituição de Justiça da Câmara para debater a sua proposta de nova Previdência com os deputados.

“Apostando alto” no Brasil, Marcelo Noronha, vice-presidente do Bradesco responsável pela área de atacado, afirmou ontem que prevê que o governo tem a possibilidade de privatizar R$ 500bi, sendo que R$ 220bi entre 2019 e 2020.

Abaixo do registrado no mesmo período de FEV/19 (0,54%) e também ligeiramente aquém do esperado pelo “mercado” (0,51%), em MAR/19 o IPC que mede a inflação em SP ficou em 0,51%, acumulando com isto uma alta de 4,66% nos últimos 12 meses.

Influenciada negativamente pelo crime cometido pela Vale em Brumadinho, em FEV/19 a produção industrial brasileira cresceu apenas 0,7% na comparação com JAN/19, patamar abaixo do esperado pelo “mercado” (1,0%).

Enfrentando o poderoso lobby dos grandes bancos, Fernando Furlan, presidente da Associação Brasileira de Criptoativos e Blockchain (ABCB), afirmou que (1) está prestes a fechar um acordo com uma empresa de auditoria para fazer um mapeamento de casas que comercializam criptomoedas, (2) é fundamental para a obtenção de um Cnae (Cadastro Nacional de Atividades Econômicas) específico para a atividade e (3) um inquérito administrativo apura acusação contra Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Banco Inter e Sicredi por terem fechado contas de corretoras sem justificativa ou com argumento de falta de interesse comercial.

-    A Petrobrás subiu 1,0%, reagindo no final do pregão às especulações em torno da possível conclusão do acordo sobre os excedentes da cessão onerosa.
-    A Rolls Royce caiu -1,1% na bolsa de Londres, após relatos de problemas em dois aviões da Singapore Airlines com motores da companhia inglesa.
-    A Walgreens recuou -12,8% na bolsa de NY, após a referida cadeia de farmácias informar que enfrentou seu trimestre mais difícil desde 2014, além de advertir que enfrenta condições econômicas mais desafiadoras que devem pesar sobre seus resultados ao longo deste ano.
-    O Facebook subiu 3,3% na bolsa de NY, após a rede social informar que retirou do ar centenas de contas falsas antes de eleições na Índia.

Política:

Elevando os “temores” de que a nova Previdência já estaria, precocemente, em processo de desidratação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara, Rogerio Marinho, secretário de Previdência e Trabalho, afirmou que o Benefício de Prestação Continuada e a aposentadoria rural poderiam ser suprimidos do projeto, já que 13 partidos haviam se posicionado contra mudanças nestes dois itens.

Reduzindo o “mal estar”, no final da tarde de ontem o deputado do PSL Marcelo Freitas, que é o relator da nova Previdência na CCJ, garantiu que o BPC e a aposentadoria rural seriam mantidos no relatório da comissão.

Canalha e oportunista, o deputado Beto Pereira, vice-líder do PSDB na Câmara, apresentou projeto que obriga juízes e membros do Ministério Público que queiram ser candidatos a deixarem seus cargos 5 antes da eleição.

Como a organização criminosa petista defende os seus bandidos, Luís Cláudio Lula da Silva, nefasto filho do ex-presidente Lula, foi nomeado ontem como assessor parlamentar na Assembleia Legislativa de SP, ocupando cargo comissionado no gabinete do deputado estadual Emídio de Souza, obviamente do PT.

Após ressaltar que o Brasil viverá uma situação de caos social e econômico caso a nova Previdência não seja aprovada no primeiro semestre deste ano, Doria, prefeito de SP que é mais falso que uma nota de R$ 3,00, afirmou que não está colado em Bolsonaro.

Obviamente com bastante medo de ir para a cadeia, o tucano Alckmin, que ainda é presidente nacional do PSDB, se reunirá amanhã com o presidente Bolsonaro, que buscará apoio oficial do referido partido socialista à sua proposta de nova Previdência.

Bandidos e escória da política nacional, os deputados petistas, cuja maioria da bancada só não está na cadeia por conta do fórum privilegiado, criaram uma proposta de emenda constitucional, já apelidada de “PEC anti-Mourão”, que quer retirar as prerrogativas de vice-presidente, vice-governadores e vice-prefeitos eleitos, dizendo que em nenhuma hipótese o vice assumirá o cargo em definitivo e que se o titular deixar o posto, o substituto seria escolhido em nova eleição.

Crítica:

Com mais de 1,5 milhão de visualizações em menos de 12 horas no ar, o “imperdível, imprescindível, impecável, incrível e isento” documentário do Brasil Paralelo sobre a revolução de 1964, feito 100% com dinheiro privado e que já foi censurado e criticado pela imprensa socialista tupiniquim, certamente contribuirá muito para a história do Brasil, explicando de forma clara, didática e insofismável a formação da cultural, política e moral do país.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Um comentário: