R.B. 26/ABR/19 "Parlamentar petista, além de bandido, é analfabeto funcional"



"Parlamentar petista, além de bandido, é analfabeto funcional"

São Paulo, 26 de abril de 2019 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, ainda beneficiada pelos sinais de bom andamento da proposta de nova previdência e desta vez também acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode cair, tentando zerar os ganhos ainda acumulados na semana (0,6%), seguido a esperada manutenção do “humor positivo” na bolsa tupiniquim e também a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,6%, recuperando, com folga, as perdas do pregão anterior (-0,9%), beneficiada pela valorização das commodities, impulsionada pela divulgação e ótimos resultados corporativos e “animada” pela instalação da comissão especial da nova Previdência, que é o segundo passo para o Congresso aprovar a proposta e (2) o DÓLAR caiu 0,8% à R$ 3,95, devolvendo os ganhos da abertura, quando chegou a atingir R$ 4,00, e metade da forte alta registrada no pregão anterior (1,6%), influenciado pelos mesmos motivos que melhoraram o “humor” na bolsa tupiniquim.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,5%, no maior patamar em 4 meses, impulsionada por uma promessa do BC local de manter seus juros nos atuais níveis extremamente baixos até pelo menos a primavera de 2020 e China -2,4%, prejudicada pelos “temores” de que o governo do país reduza seus estímulos econômicos e por uma inesperada contração do PIB da Coeria do Sul , (2) da EUROPA, Inglaterra -0,5%, França -0,3% e Alemanha -0,3%, com destaques de queda para as ações dos bancos, diante da divulgação de resultados abaixo do esperado de importantes instituições financeiras, como Barclays (-3,6%), Commerzbank (-2,3%) e BBVA (-0,8%) e (3) dos EUA, sem uma tendência única, S&P -0,1%, DJ -0,5% e NASDAQ 0,2%, em um movimento de cautela após baterem recordes históricos e antes da divulgação do PIB do país, que ocorrerá nesta sexta-feira.

Provando o sucesso da economia tupiniquim, comandada pelo por Trump, hoje será divulgado o PIB dos EUA no primeiro trimestre deste ano, que se confirmar as “apostas do mercado” registrará um crescimento de no mínimo 2,2%.

Aproveitando que “parlamentar petista, além de bandido, é analfabeto funcional”, Paulo Guedes, o brilhante ministro da Economia tupiniquim, anunciou que, após os “ajustas” feitos na Comissão de Constituição e Justiça, a economia com a sua proposta de nova Previdência subiu de R$ 1,1tri para R$ 1,2 tri em 10 anos.

Animado o “mercado”, ontem, após afirmar que já está convencido da necessidade de se privatizar os Correios, que aliás é o exemplo máximo da corrupção, de ineficiência e da inutilidade estatal tupiniquim, Bolsonaro deu claras sinalizações de que pode privatizar também a Petrobrás.

Bastante otimista com o futuro do país, Marcos Cintra, secretário da Receita Federal, afirmou que espera ver seu projeto de reforma tributária de pé antes do fim do primeiro semestre e ressaltou que que seu imposto sobre pagamentos não pode ser, nem de longe, comparado à antiga CPMF.

Contrariando, com argumentos, dados e lógica, os argumentos da oposição, Armínio Fraga, ex-presidente do BC durante dos governos FHC e Lula, afirmou que a reformar da Previdência é uma das condições para reequilibrar as contas públicas e, de quebra, atacar a desigualdade de renda no Brasil.

Trabalhando enquanto a oposição e a imprensa socialista tentam prejudicar seu governo, Bolsonaro assinará nos próximos dias a chamada MP da liberdade econômica, que entre outras coisas vai facilitar as regras para que pequenas e médias empresas possam lançar ações na Bolsa de Valores brasileira.

Ontem os “nobres” ministros do STF, mais uma vez usurpando as prerrogativas do legislativo e do executivo, retiraram R$ 16bi por ano dos cofres públicos tupiniquins ao aceitaram a tese de que IPI não pago na Zona Franca de Manaus dá direito a crédito tributário para as empresas de fora da Zona Franca que lá adquirirem insumos, transformando assim a região em um polo de fabricação de créditos tributários e de fraudes fiscais.

Pressionado pela alta dos combustíveis, que seguem o preço internacional do petróleo, o IPCA-15 de ABR/19 ficou em 0,72%, patamar acima do esperado pelo “mercado” (0,69%) e o maior valor para o mês desde 2015 (1,07%).

Apesar da fraqueza da economia brasileira, no ano passado, estimulada principalmente pelo aumento das exportações, indústria tupiniquim de processamento de alimentos cresceu 2,1% na comparação com 2017, movimentou R$ 656bi e já representa 9,6% do PIB.

Desenhando das supostas incertezas sobre o futuro da economia tupiniquim, os bancos que foram este ano para a Agrishow “apostam” em um aumento de 20% nos financiamentos de tratores e máquinas agrícolas durante.

-    O Carrefour subiu 3,5% na bolsa de Paris, após divulgar um relatório de vendas melhor que o esperado.
-    A 3M despencou -12,9% na bolsa de NY, já seu balanço trimestral frustrou as expectativas dos analistas ao apresentar queda no lucro, nas vendas e ainda anunciar corte de projeções para o ano corrente.
-    O Facebook avançou 5,9% na bolsa de NY, após apresentar números bastante animadores do primeiro trimestre, com aumento no número de usuários ativos e ampliação de anunciantes.

Política:

Após ser afagado em rede nacional pelo presidente Bolsonaro, Rodrigo Maia, o nefasto presidente da Câmara, anunciou os nomes de Marcelo Ramos, do PR do Amapá, e de Samuel Moreira, do PSDB de SP, para serem respectivamente o presidente e relator da proposta de nova Previdência do governo na comissão especial.

Chamada “carinhosamente” de bancada da chupeta, que na verdade é a bancada dos canalhas, a oposição, comandada pela organização criminosa petista, decidiu, como já era esperado, entrou com um mandado de segurança no STF para suspender, por 20 dias, a tramitação da nova Previdência na Câmara.

Ciente de que tem sólida base jurídica e principalmente a grande maioria da opinião pública ao seu lado, Raquel Dodge, procuradora-geral da República, conclamou membros do Ministério Público de todo o país a se unirem ao entendimento da PGR de que deve ser arquivado o nefasto, criminoso e abusivo inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal para apurar supostas fake news e supostas ofensas aos “nobres” ministros da corte.

Mostrando mais uma vez que serve aos interesses da organização criminosa petista, Ricardo Lewandowski, “nobre” ministro do STF, decidiu proibir a presença de jornalistas que não sejam da socialista Folha de SP em uma entrevista com o presidiário VIP Lula, prevista para ocorrer hoje na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Ao lado de seu vice, que corroborou com suas palavras, o presidente Bolsonaro minimizou os atritos de Mourão com seu filho Carlos Bolsonaro, ressaltando que manterá a parceria com ele, no mínimo, até 2022.

Atualmente afastado do cargo de Secretário da Casa Civil do governador Dória, ontem o nefasto Kassab, ex-prefeito de SP, ex-ministro de Temer e dono do partido de aluguel PSD, sofreu mais uma derrota na 5.ª Câmara de Direito Público do TJ-SP, que manteve a decisão que abriu ação de improbidade administrativa e impôs o confisco de R$ 21mi a ele.

Crítica:

Para rebater as mentiras que os funcionários públicos, com medo e perderem suas regalias, e os bandidos da oposição, com medo do sucesso do presidente, contam, o governo Bolsonaro prepara uma ofensiva publicitária para conquistar ainda mais apoio da população ao projeto de nova Previdência, reforçando o discurso de que com a aprovação do projeto o país se tornará mais igualitário e justo.

Mostrando porque Bolsonaro apanha tanto da imprensa socialista tupiniquim, ontem, de forma bastante descontraída e informal, o presidente tomou café da manhã com 17 jornalistas de 16 diferentes e grandes veículos de comunicação do Brasil, mas deixou de fora a Globo e a Folha de SP.

Desnudando aos poucos mais uma fonte de corrupção dos governos Lula e Dilma, desta vez em conluio com as grandes universidades tupiniquins, 59% dos estudantes que usaram o Fies para pagar a faculdade estão inadimplentes, criando um rombo de R$ 13bi aos cofres públicos tupiniquins.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário