R.B. 11/ABR/19 "Poder e influência no judiciário tupiniquim"



"Poder e influência no judiciário tupiniquim"

São Paulo, 11 de abril de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, recuperando as perdas do pregão anterior, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e impulsionada pelo aumento das “apostas” de aprovação da nova Previdência e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, influenciado pela esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e ainda seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,3%, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu 96.902pts, para fechar o dia aos 95.953pts, prejudicada pela divulgação de que a inflação de MAR/19 ficou acima do esperado, o que reduz as chances de corte da taxa básica de juros e (2) o DÓLAR caiu -0,8% à R$ 3,82, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e aliviado pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,5% e China -0,1%, prejudicadas pela decisão do FMI de reduzir suas projeções de crescimento para a economia mundial, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,1%, França 0,2% e Alemanha 0,5%, acompanhando a abertura positiva das bolsas de NY, aliviadas pela decisão do BC Europeu de reiterar, em sua reunião de política monetária, que irá manter as principais taxas de juros inalteradas ao menos até o fim de 2019 e animadas pela divulgação de dados melhores do que o esperado da economia inglesa e (3) dos EUA, S&P 0,3%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,7%, com os investidores digerindo bem a ata da reunião de política monetária do FED (“BC” local) de MAR/19 e dados abaixo do esperado de inflação ao consumidor.

Diante da redução das expectativas de crescimento da economia mundial e da divulgação de dados de inflação menores do que o esperado nos EUA, são cada vez mais consolidadas as “apostas” de que o FED (“BC” norte-americano) não elevará tão cedo a taxa básica de juros da maior economia do planeta.

Como um casal que percebe que a separação não é o melhor caminho, ontem, adiando pela segunda vez, a União Europeia decidiu que o Reino Unido pode permanecer no bloco até 31/OUT/19.

Alertando que, mantidas as condições atuais, a dívida pública tupiniquim pode chegar a 98% do PIB em 2014, Vitor Gaspar, diretor do departamento de assuntos fiscais do FMI, ressaltou ontem que o Brasil precisa acelerar o ritmo das medidas de ajuste fiscal e melhorar a eficiência dos gastos públicos.

Ressaltando que quer criar um grupo para falar com investidores estrangeiros e que, com, reformas aprovadas, o governo pode considerar mudanças nos volumes das reservas internacionais, Roberto Campos Neto, presidente do BC tupiniquim, afirmou que “aposta” em um aumento substancial do fluxo de recursos externos para o Brasil.

Otimista, Paulo Guedes afirmou ontem, durante um evento com investidores em NY, que a meta de arrecadação com privatizações neste ano deve ser superada em 20% a 40%, com perspectiva de superar os US$ 20bi até DEZ/19.

Já se encaminhando para a “lista amarela” de Bolsonaro, que logo mais perceberá para quem ele trabalha, Joaquim Levy, que foi ministro de Dilma e secretário de Lula e atualmente é presidente do BNDES, afirmou que prevê que o banco devolva R$ 30bi ao Tesouro Nacional no início de MAI/19 e que a instituição estuda reduzir sua exposição a algumas empresas.

Acima do esperado pelo “mercado” (0,63%), a inflação medida pelo IPCA em MAR/19 ficou em 0,75%, impulsionada principalmente pelos preços dos alimentos e transportes e acumulando com isto uma alta de 4,58% nos últimos 12 meses, patamar levemente acima do centro da meta do BC para 2019 (4,25%).

Se aproximando dos países islâmicos, que representam 16% de tudo que o Brasil exporta, ontem Bolsonaro jantou com Tereza Cristina, sua ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com embaixadores árabes e islâmicos.

Política:

Mostrando que a principal pauta do governo Bolsonaro está caminhando no Congresso, ontem, 1 dia após a leitura do parecer favorável ao teme ser lido na CCJ da Câmara, o Senado instalou a comissão especial para acompanhar a tramitação da proposta da nova Previdência.

Após Amoêdo, ex-candidato à presidente, se reunir com Bolsonaro, o partido Novo, que tem 8 deputados federais, confirmou as expectativas e fechou questão pela aprovação da nova Previdência.

Indicando que manterá a rotina de abrir o gabinete presidencial para deputados e senadores, Bolsonaro, ao que tudo indica, decidiu assumir pessoalmente a negociação com a Câmara dos Deputados para tentar aprovar a sua proposta de nova Previdência ainda no primeiro semestre.

Fazendo uma campanha bastante ativa pela aprovação da nova Previdência, Dória, governador de SP, alertou para uma plateia de cerca de 900 presidentes e diretores de companhias que o silêncio deles com relação à matéria só ajuda a oposição, que segundo ele são os mesmos que gritam “Lula livre”.

Bandido que é leal ao seu bando, Renan Calheiros, nefasto senador emedebista, celebrou bastante o arquivamento da CPI da Lava Toga pela CCJ do Senado, ressaltando inclusive que isto foi uma vitória pessoal.

Crítica:

Bem melhor que o esperado, passados 100 dias da sua posse, Bolsonaro já (1) cortou 17 Ministérios, (2) formou um ministério técnico e sem indicações políticas, (3) começou a abrir a caixa preta do BNDES, (4) cortou R$ -2,5bi de verbas de patrocínio, (5) eliminou 21.000 cargos comissionados, (6) desbaratou a quadrilha que usava os índios para a criação criptomoedas, (7) descobriu que os aviões do SUS estavam sendo utilizados para o transporte de drogas, (8) acabou com a obrigação do imposto sindical, (9) enviou a PEC da Previdência, para cortar privilégios de políticos, militares e funcionários públicos, (10) mudou a Lei Rouanet, cujo valor máximo caiu de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão, (11) cortou a suntuosa verba do Carnaval, (12) desvendou as fraudes no Bolsa Família e criou o 13º para os beneficiários do programa, (13) mandou os chefes das grandes facções para presídios de segurança máxima, (14) fez parceria tecnológica com Israel e (15) flexibilizou a posse de armas.

Com a missão de varrer os socialistas do ensino tupiniquim, o Ministério da Educação instaurou 181 processos de supervisão de instituições de ensino superior no primeiro trimestre, o equivalente a 66% do total de 2018.

Confirmando que, assim como a organização criminosa petista, a esquerda norte-americana também acusa seus oponentes de fazer o que ela faz, Bill Barr, procurador-geral dos EUA, afirmou que o FBI, que era comandado pelo democrata Obama, espionou em 2016 a campanha de Donald Trump, candidato republicano, que disputava contra Hillary a presidência do país.

Mostrando que a organização criminosa petista ainda tem bastante “poder e influência no judiciário tupiniquim”, o humorista Danilo Gentili foi condenado, em primeira instancia, a 6 meses de prisão por injúria a nefasta deputada Maria do Rosário, do PT.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário