R.B. 10/ABR/19 "Revoltando a imprensa socialista e os artistas comunistas do Brasil"



"Revoltando a imprensa socialista e os artistas comunistas do Brasil"

São Paulo, 10 de abril de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, influenciada positivamente pela recuperação das commodities e das principais bolsas mundiais, beneficiada pelo parecer favorável à nova Previdência apresentado ontem na CCJ da Câmara e impulsionada pelo aumento das “apostas” de corte da taxa básica de juros e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e aliviado pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,1%, aos 96.292pts, realizando lucros após 3 pregões consecutivos de alta, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e o recuo das commodities e (2) o DÓLAR subiu 0,1% à R$ 3,85, em um leve “ajuste técnico” após fechar a sessão anterior no menor patamar desde 21/MAR/19, seguindo a piora do “humor” na bolsa tupiniquim e a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,2% e China 0,2%, sustentadas pelos “rumores” de que o governo chinês tem planos de relaxar restrições para o setor imobiliário em várias cidades chinesas menores e de ampliar gastos em infraestrutura, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,4%, França -0,6% e Alemanha -0,9%, prejudicadas pela redução, de 3,5% para 3,3%, das perspectivas de crescimento econômico mundial pelo FMI, pela postura mais dura dos EUA no comércio com a União Europeia e também pela abertura negativa nas bolsas de NY e (3) dos EUA, S&P -0,6%, DJ -0,7% e NASDAQ -0,6%, pressionadas pelos mesmos motivos que derrubaram as bolsas europeias e com destaques de queda para as ações do subíndice industrial, como Caterpillar (-2,5%), Boeing (-1,5%), 3M (-1,4%) e Lockheed Martin (-1,0%).

“Endurecendo o jogo” com o Velho Continente, o governo norte-americano divulgou comunicado no qual detalhou a intenção de impor tarifas de US$ 11 bilhões sobre produtos europeus, como retaliação a subsídios concedidos à Airbus no continente.

Culpando a escala das disputas comerciais entre os países e a desaceleração econômica de países-chave, o FMI reduziu, de 3,5% para 3,3%, suas “apostas” para o crescimento da economia mundial em 2019.

Após reduzir, de 2,5% para 2,1%, suas “apostas” para o crescimento da economia tupiniquim neste ano, o FMI alertou para a necessidade de aprovação da nova Previdência, como uma forma de se melhorar as perspectivas das contas públicas do Brasil.

Apesar de “apostar” na aprovação da nova Previdência tupiniquim ainda em 2019, a agência de classificação de risco Moody’s espera que a proposta do governo trará uma economia entre R$ 600bi e R$ 800bi nos próximos 10 anos, patamar menor do que o esperado pela equipe econômica de Bolsonaro (R$ 1,1tri).

Organização criminosa travestida de banco, o Santander, que foi usado e abusado pelos bandidos do PT, “alertou” ontem em um relatório que a nova da Previdência poderá economizar apenas R$ 615bi em 10 anos, o que corresponde a 55% do total defendido pelo Ministério da Economia, de cerca de R$ 1,1tri.

Já pensando em suas próximas missões, mesmo antes de aprovar a nova Previdência, Paulo Guedes “avisou” que o governo Bolsonaro pretende unificar até 5 tributos já neste ano e que, efetivada a mudança, a arrecadação será compartilhada com estados e municípios, o que será o primeiro passo para uma reforma tributária mais ampla, também em estudo pela equipe econômica.

Melhor do que o esperado pelo “mercado”, que projetava respectivamente uma retração de -0,4 na comparação com o mês anterior e um crescimento de 3,1% na comparação anual, em FEV/19 o volume de vendas do comercio varejista tupiniquim ficou estável na comparação com JAN/19 e cresceu 3,9% na comparação com FEV/18.

Acabando com a farra, a roubalheira, a vagabundagem e o desperdício de dinheiro público ocorrido nos governos do PT, o IBGE estuda alternativas para reduzir em -25% o orçamento para o Censo Demográfico 2020, pesquisa que detalha informações sobre a população brasileira, o que trará uma economia de cerca de R$ 850 milhões aos cofres públicos tupiniquins.

Hoje será divulgado o IPCA de MAR/19, que deve ficar abaixo do esperado (0,63%), reforçando as “apostas” de que o Copom já pode reduzir a taxa básica de juros, que por sua vez já se encontra no menor patamar da história (6,5% ao ano).

-    A Petrobrás caiu -0,3%, acompanhando o recuo internacional do petróleo, porem ontem, após o fechamento do pregão, saiu finalmente o acordo da cessão onerosa, no qual a União concordou em pagar US$ 9,1bi à referida petrolífera tupiniquim e cresceram os “rumores” de que a empresa está em conversas com bancos para uma nova captação de R$ 3bi em debêntures.
-    A B2W caiu -2,9%, diante de “rumores” de que a empresa, que é a maior candidata para comprar a Netshoes, também estaria na disputa para comprar o Magazine Luiza.

Política:

Como já esperado, capitaneado pelas petistas Gleisi, conhecida como “a Amante” nas planilhas de propina da Odebrecht, e Maria do Rosário, defensora de estupradores e assassinos, foi mais um circo de horrores a leitura do parecer favorável à nova Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Aprendendo com os próprios erros, o que é perigoso na vida profissional, depois que a articulação do governo Bolsonaro foi criticada, líderes da base se mobilizaram para defender a reforma da Previdência na reunião de ontem na Comissão de Constituição e Justiça e finalmente ocuparam os primeiros lugares na fila da porta da comissão logo pela manhã para se inscreverem.

Mostrando que não tem nada contra o mundo árabe, na noite de ontem o presidente Bolsonaro e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, jantaram com embaixadores de países islâmicos, em um evento organizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária.

Após se reunir com Bolsonaro, o deputado Paulinho da Força, que é bandido e presidente do partido de aluguel Solidariedade, afirmou que a proposta de nova Previdência do governo é ruim e precisa de alterações para ser aprovada.

Ressaltando que não existe ensino público gratuito, já que quem custeia é o cidadão pagador de impostos, Abraham Weintraub, novo ministro da Educação, afirmou que colocará na sua equipe técnicos e gestores capacitados.

Indicando quem é “a Tchutchuca dos bandidos”, Marcelo Odebrecht afirmou, em sua delação premiada, que em 2010 e em 2014 doou R$ 250 mil para as campanhas de Zeca Dirceu, a pedido do seu pai José Dirceu, como forma de evitar possíveis prejuízos a seus “interesses empresariais”.

Ontem, em seu último evento público nos EUA, Mourão afirmou que não é fácil ser vice-presidente e se definiu como uma espécie de escudo e espada de Bolsonaro, para defender, atacar e falar o que o presidente não está autorizado a fazer.

Dominada pelos causídicos dos maiores bandidos do Brasil, ontem, por 3 votos a 2, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal mandou soltar Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil que está preso preventivamente pela Lava Jato desde JUL/17 por ter recebido propina de R$ 3 milhões da Odebrecht para proteger a empreiteira e já foi condenado em primeira instancia por corrupção e lavagem de dinheiro.

Crítica:

Revoltando a imprensa socialista e os artistas comunistas do Brasil”, Bolsonaro cumpriu uma promessa de campanha e acabou com a farra Lei Rouanet, reduzindo, de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão, o valor máximo que as empresas podem deixar de pagar impostos para dar dinheiro para projetos culturais em troca de propaganda grátis.

Os melhores países com os maiores IDH do mundo (Noruega, Austrália, Dinamarca, Suíça) são pouco ou quase nada religiosos, mas, confirmando que a meritocracia, o estudo, o trabalho duro, a dedicação e a persistência são coisas pouco valorizadas pelos brasileiros, que prefere buscar o caminho mais fácil para atingir seus objetivos, segundo uma pesquisa divulgada pela ONG Oxfam Brasil, quando questionados qual é o aspecto mais importante para melhorar de vida, 28% acreditam que é a fé religiosa, 21% o estudo, 19% a saúde, 11% o trabalho, 8% ganhar mais dinheiro, 6% ter acesso à aposentadoria, 5% apoio financeiro da família e 2% cultura e lazer.

Segundo uma pesquisa feita pelo DataFolha, que é sempre bom lembrar “garantia” que Bolsonaro não ganharia a eleição presidencial, o percentual dos brasileiros que são contrários a aprovação da nova Previdência caiu de 71% em 2017 para 51% atualmente, chagando a 63% entre os funcionários públicos, que serão os mais prejudicados pelas mudanças, e a 72% entre os retardados que votaram no petista Haddad.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário