R.B. 18/MAR/19 "Uma dobradinha nefasta entre PT e PSDB"



"Uma dobradinha nefasta entre PT e PSDB"

São Paulo, 18 de março de 2019 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, com "boas chances" de fechar o pregão acima da marca emblemática e histórica dos 100.000pts, beneficiada pela valorização das commodities, influenciada pelo bom desempenho das demais bolsas mundiais, impulsionada pela visita de Bolsonaro aos EUA e também animada com o aumento das "apostas" de redução da taxa básica de juros e de aprovação da nova Previdência e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, acompanhando o esperada manutenção do "humor positivo" na bolsa tupiniquim e também expectativa de que o FED ("Copom" norte-americano) reitere, em seu encontro desta semana, que será paciente na condução da política monetária.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,5%, para fechar o dia no maior patamar da história (aos 99.136pts), acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, impulsionada pelo aumento das "apostas" de aprovação da nova Previdência e beneficiada pelos acenos de novos estímulos à economia chinesa e (2) o DÓLAR caiu -0,7% à R$ 3,82, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelo ótimo resultado do leilão de 12 aeroportos na B3, que eleva a expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,8% e China 1,1%, beneficiadas por "rumores' de que houve avanço nas negociações comerciais entre Washington e Pequim e pelo anúncio de BC japonês de manter sua política monetária inalterada, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,6%, França 1,0% e Alemanha 0,6%, apoiadas por sinalizações de avanços no diálogo comercial entre s 2 maiores economias do mundo e no processo de saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit e (3) dos EUA, S&P 0,5%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,8%, com destaques de alta para as ações do setor de tecnologia, como Apple (1,3%), Microsoft (1,2%) e Intel (1,7%), que serão as principais beneficiadas do eventual fim da "guerra comercial" do país com a China.

Segundo a agência de notícias oficial chinesa Xinhua, o vice-primeiro-ministro da China, Liu He, conversou por telefone com o Secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, e o Representante do Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, e os dois lados fizeram progresso significativo nas discussões comerciais.

Ontem, em seu primeiro jantar oficial nos EUA, Bolsonaro, após alertar que antes da sua vitória o Brasil caminhava do socialismo para o comunismo, escutou mais do que falou e deixou os holofotes para Paulo Guedes, seu ministro da economia, que afirmou que a China pode comprar no Brasil, mas não comprar o Brasil e se debruçou sobre aspectos de infraestrutura e agricultura que o governo brasileiro pretende tratar com o governo norte-americano.

Diretamente dos EUA, onde participa da comitiva de Bolsonaro, Tereza Cristina, ministra da Agricultura, "avisou" que organizou para a primeira semana de MAI/19 uma missão à China cujo objetivo é aumentar o número de estabelecimentos brasileiros habilitados (com autorização sanitária) para exportar carne suína, bovina e de frango para o referido gigante asiático, além de discutir a venda de soja.

Animando bastante os investidores tupiniquim, Paulo Guedes, ministro da Economia, reafirmou na sexta-feira que a intenção do governo Bolsonaro de privatizar empresas estatais, sem descartar inclusive as outrora "intocáveis" Petrobrás e Banco do Brasil, e vender ativos como imóveis, para abater a dívida pública e reduzir despesas com juros.

Com um ágio médio de 986%, o que indica uma forte disposição de se investir a longo prazo no Brasil, o leilão de 12 aeroportos realizado na sexta-feira B3, a monopolista bolsa tupiniquim, teve arrecadação imediata de R$ 2,3bi aos cofres do governo.

Ao que tudo indica saindo do "fundo do poço", em JAN/19 o setor de serviços, que é o que mais emprega no Brasil, cresceu 2,1% na comparação com JAN/18, patamar ligeiramente acima das "apostas do mercado", que estavam em 1,9%.

Na contramão da gigante e monopolista corretora XP que, certamente para ajudar o seu sócio majoritário Itaú e desdenhando de sua rede de assessores de investimentos, decidiu elevar o valor mínimo para investimentos em títulos privados, as demais instituições financeiras tupiniquins têm reduzido o valor mínimo para investir em produtos ofertados por elas e por terceiros, elevando assim a diversificação no portfólio de seus clientes.


Política:

Como que "dando um pito no presidente do Brasil", Octavio de Lazari, presidente do Bradesco, afirmou que é preciso ter cuidado com as coisas que a gente coloca na rede social e ressaltou que Bolsonaro tem que ter foco na aprovação da nova Previdência.

O NOVO é o único partido da Câmara federal com 100% dos seus parlamentares a favor de todos os pontos apresentados na nova Previdência, superando de longe o PSL, partido do presidente Bolsonaro, onde apenas 45% dos deputados apoiam totalmente a proposta de Paulo Guedes.

Unidos em benefício do Brasil, 6 governadores dos estados do Sul e do Sudeste do país anunciaram neste final de semana que irão trabalhar junto às bancadas no Congresso Nacional para congregar apoio incondicional à aprovação da nova Previdência proposta pelo governo Bolsonaro.

Otimista, apesar de ressaltar que que "não há gordura" no projeto que foi apresentado pelo governo no dia 20/FEV/19, Rogerio Marinho, secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, "avisou" que o clima para aprovação da nova Previdência no Congresso "é muito bom".

Reeleito presidente da Assembleia Legislativa de SP com o apoio de "uma dobradinha nefasta entre PT e PSDB", o deputado estadual Cauê Macris, que é tucano, afirmou que o radicalismo de Janaina Paschoal (PSL), que foi sua adversária na disputa pela presidência da Casa, é apoiado por uma minoria, desprezando que ela foi recordista com 2 milhões de votos.

Como não quer arrumar confusão, o que indica que ele deveria procurar outra profissão, o senador democrata Davi Alcolumbre, que é presidente do Senado, tem dito para pessoas próximas que ele vê com preocupação as tentativas reiteradas de uma ala da Casa de instalar uma CPI para investigar o Supremo, ressaltando que ela pode gerar um "atrito entre os Poderes" e que "ninguém quer criar uma crise".

Com o objetivo escuso de barrar investigações contra as gestões tucanas, já que o PSDB governa SP desde 1995, funcionários do líder do governo, deputado Carlão Pignatari, do PSDB, revezam-se desde sexta-feira na fila do protocolo da Casa para assim assegurar o primeiro lugar no registro de requerimentos para a criação de cinco CPIs, número máximo permitido por ano.

Por conta de um decreto assinado por Bolsonaro antes de embarcar para os EUA, a partir de hoje só quem é ficha limpa poderá ser nomeado para cargos comissionados, tornando-se inelegíveis todos aqueles enquadrados na Lei da Ficha Limpa.

Para tentar resgatar a Lava Jato e derrotar os nefastos ministros do STF, o ex-juiz e deputado federal Luiz Flávio Gomes, do PSB de SP, vai apresentar amanhã um pedido de urgência para o projeto de Sergio Moro que separa entre a Justiça comum e a Eleitoral as investigações de crimes comuns ligados a delitos eleitorais.

Crítica:

Julgando, como de costume, em benefício próprio e dos bandidos que eles defendem, os nefastos ministros do STF tupiniquim decidiram discutir nesta semana se a Receita Federal pode compartilhar com o Ministério Público Federal dados bancários e fiscais dos contribuintes de forma ampla e detalhada.

Acuada após 3 derrotas seguidas no nefasto STF, a brilhante, importantíssima e idolatrada operação Lava Jato articula a melhor estratégia para manter na Justiça Federal parte dos processos que apuram sobre corrupção e lavagem de dinheiro.

Novamente atuando como advogado de defesa, Gilmar Mendes, nefasto ministro do STF, concedeu mais um salvo-conduto ao ex-governador do Paraná, o tucano Beto Richa, e à sua família para que eles não sejam alvos de novos mandados de prisão em um desdobramento da Operação Lava Jato.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário