R.B. 15/MAR/19 "Contra a constituição, contra a vontade do popular e à favor dos bandidos"



"Contra a constituição, contra a vontade do popular e à favor dos bandidos"

São Paulo, 15 de março de 2019 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, com os investidores abalados pelo duro golpe que o nefasto STF tupiniquim deu na Lava Jato, influenciada negativamente pelo "esquecimento" de Bolsonaro de falar sobre a nova Previdência na transmissão ao vivo que ele fez ontem no Facebook e também prejudicada pelo recuo das commodities e (2) o DÓLAR pode subir, retomando sua trajetória rumo aos R$ 3,90, impulsionado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa tupiniquim e também reduzir o fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,3%, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima avançou apenas 0,2%, e realizando lucros após fechar o pregão anterior no maior patamar da história (aos 98.904pts), influenciada negativamente pelo aumento das preocupações com o ritmo da economia global, diante da divulgação de dados abaixo do esperado da economia chinesa, e pelos sinais de que o nefasto STF tupiniquim daria um duro golpe na operação Lava Jato e (2) o DÓLAR subiu 0,9% à R$ 3,85, recuperando terreno após 4 pregões seguidos de queda, impulsionado pelos mesmos motivos que derrubaram a bolsa brasileira e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,2%, sustentada pelo bom desempenho das ações dos bancos e China 1,2%, influenciada negativamente pelo anúncio de que a produção industrial do país, que no primeiro bimestre teve expansão anual de 5,3%, patamar abaixo do esperado (5,5%), (2) da EUROPA, Inglaterra 0,4%, França 0,8% e Alemanha 0,1%, influenciadas positivamente pelos sinais de que a o processo de saída do Reino Unido da União Europeia pode ser adiado e com as exportadoras beneficiadas pela desvalorização do euro frente ao dólar e (3) dos EUA, próximas da estabilidade e sem um sinal único, S&P -0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,2%, divididas entre o bom desempenho do setor de tecnologia e os temores causados pelo adiamento do encontro entre Trump e o presidente chinês, Xi Jinping.

Com os investidores intensificando suas preocupações com as negociações comerciais entre os EUA e China, Trump, presidente norte-americano, afirmou que "não está com pressa" para fechar um acordo comercial.

Representando um risco para o Brasil, a economia argentina iniciou 2019, que é um ano de eleições presidenciais por lá, com o pé esquerdo, já que o dólar voltou a disparar, a inflação está subindo bastante, a economia se retraindo, em um círculo vicioso de "estagflação", e para piora os protestos e piquetes de trabalhadores e sindicatos tem se intensificado.

Elevando de R$ 3,60 para R4 3,95 suas "apostas" par o fechamento do dólar em 2019, os estrategistas do grupo financeiro japonês Nomura veem o real no meio de 3 forças nos próximos meses, (1) a pressão externa por conta da desaceleração da economia mundial, (2) os desdobramentos da reforma da Previdência no Congresso e (3) a crescente possibilidade de redução da taxa básica de juros brasileira.

Dano novos, e ainda tímidos, sinais positivos da economia tupiniquim, em JAN/19 as vendas do varejo brasileiro cresceram 1,9% na comparação com JAN/19, patamar bem acima do esperado pela média do "mercado" (1,0%) e com destaque positivo para os equipamentos e material para escritório, informática e comunicação, cujo crescimento foi de 8,2% na mesma base de comparação.

Coberto de razão, a Serasa Experian divulgou ontem um estudo indicando que a inclusão automática de consumidores ao cadastro positivo tem potencial para elevar o crédito do setor imobiliário em R$ 1,1tri e do segmento automobilístico em R$ 159bi.

-    A Apple subiu 1,1% na bolsa de NY, após o Morgan Stanley divulgar uma avaliação de que as vendas de iPhone na China mostram sinais de estabilização.
-    A gigante farmacêutica Pfizer recuou -1,9% na bolsa de NY, em meio a temores de alguns no mercado sobre maiores regulações no setor de saúde nos EUA.
-    O Facebook caiu -1,8% na bolsa de NY, após a divulgação de que um grande júri realiza uma investigação criminal sobre as práticas de compartilhamento de dados da rede social.

Política:

Infelizmente mostrando, mais uma vez, que sua prioridade não é a aprovação da nova Previdência, ontem, durante uma transmissão ao vivo pelo Facebook, Bolsonaro, ao lado dos ministros Ernesto Araújo, da Relações Exteriores, e Henrique Mandetta, da Saúde, tratou (1) do ataque a escola em Suzano, (2) do corte de 21 mil cargos comissionados, (3) do leilão de 12 aeroportos que ocorrerá hoje na bolsa, (4) da campanha de vacinação contra a gripe, (5) da viajem que fará par aos EUA, (6) da revisão da placa de carros do Mercosul e (7) até da importação de bananas do Equador.

Com cada dia mais apoio, e também pressão, popular, os senadores que articulam a chamada CPI da Lava Toga, para investigar os nefastos ministros do STF tupiniquim, vão buscar ao menos 30 assinaturas de colegas, patamar acima do mínimo necessário (27), antes de fazer um novo pedido de instalação da comissão.

Comandados, assim como os ministros do STF, pela organização criminosa petista, ontem, durante um encontro no Maranhão, os governadores do Nordeste criticaram a reforma da Previdência, dizendo que ela é desnecessária, e também se posicionaram contra a possibilidade de votação da PEC que prevê a desvinculação do Orçamento.

Mostrando otimismo, Felipe Francischini, presidente da Comissão de Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, e o Major Vitor Hugo, líder do governo na Casa, afirmaram que "apostam" que a nova Previdência passará pela primeira etapa até o final deste mês de MAR/19, ressaltando que o governo tem ampla maioria no referido colegiado.

Para tentar conter a nefasta intenção dos ministros do STF de acabar com as investigações da Lava Jato, os deputados federais Jerônimo Goergen, do PP, e Kim Kataguiri, do DEM, vão protocolar hoje na Câmara um projeto de lei pedindo para retirar da Justiça Eleitoral a competência para processar e julgar crimes comuns.

A principal novidade da legislatura que se inicia hoje, com a chegada do PSL à Assembleia Legislativa de SP, é vista como uma ameaça ao domínio da Casa pelo PSDB, que comanda o governo estadual desde 1995 e que para se proteger de pessoas brilhantes como Janaina Paschoal e Arthur do Val (o Mamãe Falei), já se aliou aos bandidos da organização criminosa petista.

Crítica:

"Contra a constituição, contra a vontade do popular e à favor dos bandidos", ontem o STF, a nefasta suprema corte tupiniquim, decidiu, em um claro placar armado de 6 a 5, que crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, quando investigados junto com caixa 2, devem ser processados na Justiça Eleitoral, e não na Federal, como queria a Procuradoria-Geral da República e os membros da Lava Jato.

O nefasto Dias Toffoli, ex-advogado da organização criminosa petista, repetente 2 vezes na prova para virar juiz e atualmente presidente do Supremo Tribunal Tupiniquim, anunciou ontem, em tom de ameaça, a abertura de um inquérito para investigar fake news que "atingem a honorabilidade do Supremo Tribunal Federal, de seus membros e familiares", deixando claro que os alvos do inquérito serão Deltan Dallagnol e outros procuradores da Lava Jato, bem como auditores da Receita Federal.

Ressaltando que começou a se fechar a janela de combate à corrupção política e que bandidos como Lula podem ser soltos, o brilhante procurador Deltan Dallagnol, que é um dos principais nomes no combate à corrupção, criticou veementemente a decisão tomada ontem pelos nefastos ministros do STF contra a Operação Lava Jato.

Indicando que, se houvesse um "sonegometro" no Brasil, o "impostômetro" de SP ficaria humilhado, a Receita Federal investiga se empresas de venda de ingressos, produtoras de shows e prestadoras de serviços praticaram fraude fiscal que pode chegar a R$ 220mi.

Com as investigações aproximando os assassinos de Marielle com a organização criminosa intitulada PCC, que por sua vez tem ligações com o PT, tudo indica que a referida vereadora do PSOL morreu por queima de arquivo, o mesmo motivo que levou a vida do prefeito petista Celso Daniel.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário