R.B. 14/MAR/19 "Inútil, idiota e principalmente criminoso"



"Inútil, idiota e principalmente criminoso"

São Paulo, 14 de março de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, mesmo após fechar o pregão anterior no maior patamar da história (aos 98.904pts), “animada” com o início dos trabalhos da a Comissão de Constituição e Justiça que analisará a nova Previdência e pelo aumento das “apostas” de corte da taxa básica de juros pelo Copom e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, beneficiada pela esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pela expectativa de aumento das captações externas, como do Banco do Brasil, que assim como a da Petrobrás teve demanda muito acima da oferta.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,1%, recuperando as perdas do pregão anterior, beneficiada pela valorização das commodities, impulsionada pelos sinais positivos da economia tupiniquim, acompanhando a valorização das principais bolsas mundiais e ainda influenciada pelo crescimento das “apostas” de aprovação da nova Previdência e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,81, em uma espécie de “parada técnica” após 3 pregões consecutivos de queda e também com o “mercado” respeitando o “suporte” dos R$ 3,80, que aparentemente para ser rompido precisa de novidades mais concretas sobre a nova Previdência.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -1,0%, pressionado por ações de corretoras e de fabricantes de eletrônicos e China -1,1%, realizando lucros após acumular ganhos expressivos nos 2 pregões anteriores, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,1%, França 0,7% e Alemanha 0,4%, beneficiadas pela valorização das commodities e com os investidores começando a “apostar” que o Parlamento britânico pode, diante da falta de acordo para o Brexit, adiar novamente a saída do Reino Unido da União Europeia e (3) dos EUA, S&P 0,7%, DJ 0,6% e NASDAQ 0,7%, impulsionadas pelas ações dos setores de tecnologia e saúde.

Estimando a chance de fracasso total em apenas 20%, o banco norte-americano Citi anunciou ontem que espera que a reforma da nova Previdência seja aprovada na Câmara no terceiro trimestre deste ano e que o aval no Senado venha no quarto trimestre, ressaltando também que o mais provável é que o texto aprovado traga economia fiscal de pelo menos R$ 500 bilhões em 10 anos, o que representa uma forte redução em relação ao R$ 1,1 trilhão estimado pelo governo na proposta original.

Brilhante, Roberto Campos Neto, empossado ontem como novo presidente do BC, afirmou que o sistema financeiro tupiniquim tem que se desprender do financiamento ao governo para ampliar os empréstimos ao setor privado e que já está discutindo com a Comissão de Valores Mobiliários e com o Ministério da Economia medidas para reduzir o custo burocrático e a simplificação das regras tributárias e de acesso aos mercados.

Ainda segundo Campos Neto, novo presidente do BC tupiniquim, é necessário avançar em mudanças para desenvolver o mercado de capitais com (1) as novas plataformas digitais de crédito, que retiraram dos bancos o monopólio na oferta de crédito, (2) o sistema de pagamentos instantâneos, o chamado open banking, (3) a tecnologia blockchain (que permite o registro digital de operações), (4) as fintechs e (5) a criação de centrais de garantias.

Ajudando, e muito, na redução da taxa de juros cobrada do consumidor que não é caloteiro, ontem, por 66 votos à favor e apenas 5 contra (obviamente todos do PT), a inclusão automática no cadastro positivo foi aprovada pelo Senado e agora depende só da sanção presidencial para entrar em vigor.

Apenas 1 dia após cortar 21.000 cargos comissionados e funções gratificadas, o que trará uma economia de quase R$ 200 milhões por ano aos cofres públicos, o governo Bolsonaro, em busca de equilibrar as contas públicas e de melhorar a eficiência do estado, prepara medidas para barrar a realização de concursos públicos considerados não essenciais pela nova equipe.

Com produtos considerados supérfluos e cujo consumo despenca em períodos de crise, no ano passado, mesmo com a greve dos caminhoneiros e com a copa do mundo de futebol, o Grupo Boticário, que não tem ações em bolsa, faturou 7% mais que em 2017, chegando a cifra recorde de R$ 13,2bi.

Relativamente pior que o esperado (-1,5%), em JAN/19 a produção da indústria brasileira auferiu uma queda de -2,6% na comparação com o mesmo mês de 2018, com destaque negativo para o setor de produtos farmacêuticos, cujo recuo chegou a -10,3% na mesma base de comparação.

-    A CSN disparou 9,3%, acompanhando a valorização internacional das commodities e principalmente impulsionada pelo pedido que a empresa fez para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica de prorrogação do prazo para vender suas ações da Usiminas.
-    A Adidas caiu -2,4% na bolsa de Frankfurt, após anunciar que espera problemas em sua cadeia de fornecimento no primeiro semestre de 2019.

Política:

Instalada na noite de ontem, a Comissão de Constituição e Justiça que analisará a nova Previdência será formada majoritariamente por parlamentares favoráveis ao governo, que terão 39 das 66 vagas do referido colegiado, além disto o PSL, partido do presidente Bolsonaro, ocupará a presidência e a vice-presidência, respectivamente com os deputados Felipe Francischini (PR) e Bia Kicis (DF).

Com coragem, ousadia e principalmente capacidade técnica para o cargo, o deputado Kim Kataguiri, do DEM de SP, foi até agora o único parlamentar a demonstrar interesse de ser o relator da nova Previdência, porem o tema só deve ser definido na próxima semana.

Metendo o bedelho nas relações trabalhistas e assim tornando o Brasil um país menos atrativo para investimentos, ontem o Senado aprovou um projeto de lei que inclui na Consolidação das Leis do Trabalho uma multa para empregadores que não pagarem salários iguais para homens e mulheres que desempenhem a mesma função, desprezando questões como produtividade, tempo no trabalho e qualificação.

Inútil, idiota e principalmente criminoso”, já que invade propriedades privadas, Guilherme Boulos, que é líder do grupo terrorista MTST e que nas últimas eleições presidenciais teve menos da metade dos votos (617 mil) que o cabo Daciolo (1,3 milhões), “avisou” que vai viajar pelo Brasil nos próximos meses, sabe-se lá com o dinheiro de quem, para fazer campanha contra a aprovação da nova Previdência.

Defensores incansáveis e quiçá até sócios da bandidagem tupiniquim, os “nobres” ministros do STF, dando golpes duros na Lava Jato, (1) devem hoje mandar para a justiça eleitoral os casos de corrupção atrelados a crime de caixa 2 investigados pela referida força tarefa e (2) se preparam para anular todos as investigações oriundas de interceptações de mensagens de celular.

Acreditando piamente que são de uma casta diferenciada e que vivem acima de toda a população tupiniquim, Celso de Mello, Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Alexandre de Moraes, ministros do Supremo Tribunal Federal, decidiram cobrar da Procuradoria-Geral da República a abertura de um inquérito para investigar o crime de denunciação caluniosa contra os 16parlamentares que assinaram o pedido de impeachment contra eles.

Fazendo o “trabalho sujo” que lhe foi dado quando Temer coloco-a no cargo, Raquel Dodge, Procuradora Geral da República, abriu uma crise com procuradores da Lava jato ao defender que o Supremo Tribunal Federal vete o fundo de R$ 2,5 bilhões que será usado para reforçar o combate a corrupção na referida e brilhante força-tarefa.

Indicando que, diferentemente do que prega a esquerda, Marielle pode ter sido morta pelo mesmo motivo que foi morto Celso Daniel, o PM reformado Ronnie Lessa, acusado e preso pelo crime, já foi defendido numa causa cível pelo criminalista Sergio Alves Teixeira Júnior, advogado de familiares de Fernandinho Beira-Mar e de outros poderosos integrantes da cúpula do Comando Vermelho.

Crítica:

Assim como foi estúpida a autorização dada a um travesti para disputar partidas de vôlei profissional entre as mulheres, é criminosa a decisão do ministro Rogério Schietti, do Superior Tribunal de Justiça, de permitir que um travesti preso cumpra pena na ala feminina de um presídio.

Se livrando da cadeia para colocar os verdadeiros bandidos no seu lugar, o empresário Guilherme Paulus, dono da empresa de turismo CVC Tur, admitiu em acordo de delação premiada ter pago propina a auditores fiscais e funcionários do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais para se livrar de uma multa de R$ 161 milhões aplicada pela Receita Federal.

Clássica socialista de IPhone, a inútil Marcia Tiburi, que se classifica como escritora e filósofa, afirmou que está sendo ameaçada e que vai sair do Brasil, porem ressaltou que ainda não se decidiu se vai morar em Paris ou em NY, obviamente descartando destinos mais alinhados com suas “convicções”, como Cuba, Venezuela ou até a Rússia.

Enquanto os socialistas vitimizam os assassinos do massacre de Suzano, dizendo inclusive que eles sofriam bullying, a direita e os liberais ressaltam e alertam, com coragem, que se os professores e funcionários da escola pudessem ter porte de arma a tragédia poderia ser evitada. 

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário