R.B. 31/JAN/19 "Se arrependerão amargamente"



"Se arrependerão amargamente"

São Paulo, 31 de janeiro de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, ampliando os ganhos acumulado no primeiro mês do governo Bolsonaro (10,4%), impulsionada pela valorização das commodities e pelos sinais promissores nas privatizações e na reforma de Previdência e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, mesmo após fechar o pregão anterior no menor patamar em 20 dias, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelo anúncio de um leilão de venda do BC.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,4%, recuperando uma boa parte das perdas registradas no pregão anterior (-2,3%), acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY, beneficiada pela valorização das commodities e impulsionada pela forte alta das ações da Vale (9,0%) e (2) o DÓLAR caiu -0,6% à R$ 3,69 seguindo a melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e também influenciado pela decisão do FED (“Copom” dos EUA) de não subir a taxa de juros norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, novamente sem uma direção única, Japão -0,5% e China -0,7%, à espera do início de uma nova rodada de negociações comerciais entre chineses e norte-americanos e do anúncio de política monetária do FED (“Copom dos EUA), (2) da EUROPA, sem um sinal único, Inglaterra 1,6%, França 0,9% e Alemanha -0,3%, reagindo positivamente a alta das commodities e negativamente a divulgação de que o índice de sentimento econômico da zona do euro caiu de 107,4pts em DEZ/18 para 106,2pts em JAN/19, atingindo assim o menor patamar desde NOV/16 e (3) dos EUA, S&P 1,5%, DJ 1,8% e NASDAQ 2,2%, beneficiadas pela divulgação de bons resultados corporativos de empresas importantes, como Apple (6,8%) e Boeing (6,3%), pelo anúncio de um indicador do mercado de trabalho melhor que o esperado e pela decisão do FED (“Copom” local) de manter inalterada a taxa básica de juros do país.

Suprindo, para a alegria dos investidores bursáteis de todo mundo, do seu comunicado as indicações de altas futuras das taxas, ontem o FED (“Copom” dos EUA) anunciou que, por causa da fraca evolução econômica e financeira global, que atenuou pressões inflacionárias, decidiu manter inalterada a taxa básica de juros norte americana na faixa entre 2,25% e 2,50% ao ano, conforme já esperado pela maioria do “mercado”.

Hoje, apenas 2 dias depois de o Departamento de Justiça dos EUA acusar a gigante chinesa de equipamentos de telecomunicações Huawei de roubar segredos comerciais e pedir oficialmente a extradição da diretora financeira da empresa, que está detida no Canadá, Liu He, vice-primeiro-ministro chinês, começa a se reunir com autoridades norte-americanas, em Washington, para tentar superar as desavenças comerciais entre os 2 países.

Levando alguns analistas a começarem a apostar na queda da taxa básica de juros tupiniquim, que já está no menor patamar da história (6,5% ao ano), o IGP-M de JAN/19 registrou inflação de apenas 0,1%.

Com a missão de focar apenas no que é o centro do seu negócio, Pedro Guimarães, presidente da Caixa, “avisou” que vai acelerar as ofertas públicas iniciais de ações das unidades de seguros, de gestão de ativos, de loterias e de cartões do banco.

Saindo do fundo do poço, porém ainda bem distante do maior patamar da história registrado em 2014 (R$ 133bi), em 2018 o volume de credito imobiliário concedido no Brasil ficou em R$ 57,4bi, o que interrompe uma sequência de 3 anos consecutivos de queda e representa um crescimento de 33% em relação a 2017.

“Apostando alto” na vocação tupiniquim de alimentar o mundo, a cooperativa agroindustrial Copacol, sediada no Paraná, anunciou que em 2019 investirá R$ 285mi no Brasil sendo (1) R$ 120 mi para construir um centro de distribuição de peixes e aves, (2) R$ 60mi para construir uma granja multiplicadora de matrizes de suínos e (3) R$ 30mi para construir uma unidade de recebimento de cereais.

Com a diplomacia tupiniquim se afastando cada dia mais do “lado negro da força”, Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, defendeu modificações nas regras da Organização Mundial do Comércio encampadas pelos EUA e que contam com forte oposição da China.

-    A Petrobrás subiu 1,0% e, assimilando um “daytrola”, anunciou após o fechamento do pregão que vendeu sua refinaria em Pasadena, nos EUA, por R$ 2bi, valor que representa 30% do que empresa desembolsou em 2006 para ter a unidade, que aliás está em processo investigado pela Lava Jato.
-    A Vale subiu 9,0%, recuperando quase metade das perdas causadas pelo criminoso rompimento da sua barragem de Brumadinho, diante da forte alta do minério de ferro (6,5%), que por sua vez foi causada pelo anúncio da empresa de fechar 10 de suas minas com maiores riscos de acidente.

Política:

Ainda no hospital, onde se recupera de mais uma cirurgia por conta da facada que recebeu de um militante do PSOL, Bolsonaro, cortando na própria carne, determinou que os militares sejam incluídos na proposta de reforma da Previdência, ressaltando que cortará privilégios, que todos têm que contribuir e que nenhuma categoria ficará de fora.

Mostrando que “amigo é amigo”, Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal que já foi advogado do petista, canalha e terrorista José Dirceu, contrariou a opinião do Ministério Público, do TRF4, da Polícia Federal e da juíza do caso e decidiu, de forma monocrática, permitir que Lula fosse ao enterro do irmão, porem o referido líder da organização criminosa petista preferiu não ir pois foi impedido de discursar e de aparecer em público.

Uma ala do PSL, partido do presidente Bolsonaro, articula a expulsão do deputado General Peternelli, que se lançou candidato à presidência da Câmara apesar de o partido ter declarado apoio à reeleição de Rodrigo Maia, do DEM.

Como sempre cobertíssima de razão, Janaina Paschoal, responsável direta pelo impeachment de Dilma e deputada Estadual de SP pelo PSL, “avisou” que os apoiadores de Bolsonaro “se arrependerão amargamente” se votarem em Rodrigo Maia, para presidência da Câmara, e em Renan Calheiros, para presidência do Senado.

Como ideologia política é algo raro no Brasil e político tupiniquim gosta mesmo é de estar do lado do poder, o PRTB, partido do vice-presidente Hamilton Mourão, deve anunciar hoje a filiação de 9 parlamentares, sendo 3 senadores e 6 deputados federais.

O PSD, partido do nefasto Kassab, ex-ministro de Dilma e ex-prefeito de SP, filiou na tarde de ontem 2 novos senadores e agora terá uma bancada de 10 parlamentares na referida Casa, ficando atrás apenas do

Dono do PRTB, Levy Fidelix, também conhecido como “o maluco do aerotrem”, afirmou que espera que os 3 novos senadores do seu partido votem no nefasto Fernando Collor, do PTC, para a Presidência do Senado.

Mostrando que tem potencial para se tornar tão retardada e tão nociva ao país quanto sua correligionária Gleisi Hoffmann, a petista Marília Arraes, recém-chegada à Câmara dos Deputados, “avisou” que a principal tarefa da oposição durante o governo Bolsonaro será a de tentar barrar todas as pautas do Planalto.

Podendo configurar uso de servidor pago com recurso público na defesa de interesse exclusivamente particular, os advogados Lygia Regina de Oliveira Martan, Fernando Nascimento Pessoa, Miguel Ângelo Braga Grillo e Victor Granado Alves, que recebiam entre R$ 6,5 mil e R$ 21 mil de salário do gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, figuram como advogados de defesa em pelo menos 52 processos da família Bolsonaro que tramitam no TJ, no STJ, na Justiça Federal e no STF.

Crítica:

Enquanto o PT, de forma canalha, tenta colocar a culpa no Bolsonaro e o presidente da Vale, de forma covarde, segue dizendo que não teve culpa alguma, os brilhantes garotos do MBL (Movimento Brasil Livre) já arrecadaram 70 toneladas de doações para as vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, que devem chegar hoje à cidade mineira.

Canetinha de aluguel do PT, que agora sofre com a escassez de mortadela, Celso Amorim “avisou’ que está alugando seu apartamento com vista para a piscina do Copacabana Palace, no RJ, e que vai se mudar para Paris, reforçando assim, ao lado de Jean Wyllys, a campanha internacional contra o governo Bolsonaro.

Como Lula, conforme todos os psicopatas, só se preocupa com ele mesmo, sua defesa, sem nenhuma preocupação de envergonhar ainda mais o Brasil, vai reclamar na ONU das negativas que o referido líder da organização criminosa petista recebeu do seu pedido para deixar a prisão para ir ao enterro do irmão fazer comício, exatamente como ele fez no enterro da esposa.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário