R.B. 6/SET/18 "O melhor investimento do mercado eleitoral tupiniquim" (edição 4.000)



"O melhor investimento do mercado eleitoral tupiniquim" (edição 4.000)

São Paulo, 6 de setembro de 2018 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, devolvendo os ganhos do pregão anterior, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e prejudicada pelo resultado da pesquisa Ibope, que foi boa para Ciro Gomes e péssima para Alckmin e (2) o DÓLAR pode subir, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pela esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,5%, tentando iniciar um movimento de recuperação depois de acumular retração de -2,6% nos 2 primeiros pregões de SET/18, com baixo volume de negócios (R$ 7,8bi), na contramão das perdas das demais bolsas mundiais e com destaques de alta para as ações dos bancos, como Bradesco (0,6%) e Itaú (0,6%) e (2) o DÓLAR caiu -0,2% à R$ 4,14, revertendo uma abertura positiva, acompanhando a melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e o “ajuste técnico” das moedas dos países emergentes, que vinham sofrendo nos últimos dias.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, acompanhando as perdas das bolsas de NY e da Europa no dia anterior, Japão -0,5%, a quarta queda seguida, desta vez pressionada pelas ações de fabricantes de cosméticos e China -1,7%, pressionada pelas ações dos setores imobiliário e financeiro, (2) da EUROPA, apesar da aparente amenização das preocupações com questões locais, como o Brexit e a discussão orçamentária na Itália, Inglaterra -1,0%, França -1,5% e Alemanha -1,4%, prejudicadas pelo anúncio de que as vendas do varejo da zona do euro recuou -0,2% de JUN/18 para JUL/18 e (3) dos EUA, sem uma direção única, S&P -0,3%, DJ 0,1% e NASDAQ -1,2%, após uma sessão marcada pela forte queda de papéis de tecnologia, que pesaram no índice Nasdaq, à medida que os investidores monitoraram os depoimentos de executivos do Facebook (-2,3%) e do Twitter (-6,2%) no Congresso norte-americano.

Dando mais uma prova do “imperialismo chinês” que Trump tenta conter, o aeroporto de Viracopos, que fica em Campinas, está em uma grave crise financeira e não tem um projeto viável, pode virar um centro de distribuição da chinesa Alibaba, que já negocia sua aquisição.

Podendo, se as urnas tupiniquins não elegerem mais um presidente de esquerda, iniciar um importante processo de redução do tamanho do Estado brasileiro, ontem o projeto de lei que viabiliza a venda de distribuidoras da Eletrobras foi aprovado em mais uma comissão do Senado e agora está pronto para análise do plenário da Casa.

Dos mais de R$ 1,5 tri que União tem a receber de empréstimos e financiamentos, cerca de R$ 636,3bi, o que representa 41,2% do total, é devido pelo BNDES, que foi usado pelos governos Lula e Dilma para o referido banco de fomento emprestar a empresas e governos “amigos”, como Friboi, Odebrecht, Cuba e Venezuela, com taxas de juros subsidiadas.

O Tesouro Nacional anunciou ontem que assumirá mais risco ligado à Selic em 2018, emitindo mais títulos que flutuam com a taxa básica que o inicialmente previsto, em resposta a condições adversas do mercado, catapultadas por incertezas no cenário externo e eleições presidenciais no Brasil.

Apresentando novos sinais negativos da economia tupiniquim, (1) em JUL/18 a produção brasileira de calçados recuou -7,6% na comparação com JUL/17 e (2) entre o fim de 2014 e 2017, cresceu em 33% o total de brasileiros vivendo com menos de R$ 233/mês.

Segundo um estudo feito pelo BC, turbinada pelas incertezas eleitorais, a atual escalada do dólar frente ao real pode ter impacto de longo prazo na inflação de 0,1035% para cada 1% de alta da moeda norte-americana.

Começando a incorporar os benefícios da XP, para depois assassina-la como o Bradesco fez com a Ágora, o Itaú decidiu que deixará de cobrar taxa para quem quiser investir no Tesouro Direto pela Itaú Corretora e para aplicações e resgates em planos de previdência privada.

Ajudando, e bastante, a balança comercial tupiniquim, as receitas externas vindas do complexo soja, que incluem as exportações de soja em grão, farelo e óleo, deverão beirar o recorde US$ 38bi neste ano, beneficiadas pela desvalorização do real, pelo volume disponível para as vendas eternas e pela preferência chinesa pelo produto brasileiro.

Política:

Segundo a pesquisa Ibope divulgada ontem, a primeira após o início da propaganda na TV e no Rádio e após a impugnação da candidatura de Lula, (1) Bolsonaro, mesmo sem tempo na TV e apanhando da imprensa e dos adversários, subiu de 20% para 22%, (2) Marina, começando a cumprir sua missão de perder sempre, se manteve com 12%, (3) Ciro Gomes, que assusta bastante o “mercado” e é o principal beneficiado da saída do presidiário VIP de Curitiba, subiu de 9% para 12%, (4) Alckmin, mesmo com quase metade do tempo na TV e com a “elite tupiniquim” trabalhando ao seu favor, avançou de 7% para apenas 9% e (5) Haddad, indicando que precisa se esforçar bastante para ser reconhecido como o candidato do PT, subiu de 4% para 6%.

Com apenas 12% de rejeição, que é a menor entre os candidatos que pontuam na pesquisa, Amoedo, presidenciável no NOVO, pode ser considerado “o melhor investimento do mercado eleitoral tupiniquim”, pois, mesmo sem tempo na TV, sem dinheiro público e sem participar dos debates, suas intenções de voto aumentaram 300% em 1 semana, já que subiram de 1% para 3% na última pesquisa Ibope.

Cansado de ser escondido nas campanhas de seus aliados, o presidente Temer, complicando ainda mais a candidatura de Alckmin, divulgou ontem um vídeo afirmando o referido tucano é ingrato e lembrando que o PSDB participa de seu governo, já que o atual ministro das relações exteriores, Aloísio Nunes Ferreira, é do PSDB, e que o DEM, o PTB e o PP, que estão na sua chapa, também tem ministros.

Criando ainda mais problemas para o candidato tucano à presidente, Ricardo Castro, promotor do Público de SP, pediu liminarmente o bloqueio de todas as contas, imóveis e veículos de Alckmin, que é acusado de improbidade administrativa envolvendo repasses ilegais na sua campanha de 2014.

Preso, assim como Lula, proibido de participar das eleições, assim como Lula, e desrespeitando descaradamente a lei, assim como Lula, Maluf decidiu ser cabo eleitoral de Guilherme Ribeiro, candidato a deputado Federal pelo PRB.

Jogando mais uma “pá de cal” na candidatura de Lula, o presidiário VIP de Curitiba, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido da defesa do referido petista para suspender sua inelegibilidade.

Confirmando que, se não conseguir uma “boquinha com fórum privilegiado”, é cada vez maior a chance de Temer ser preso em JAN/19, a Polícia Federal concluiu inquérito sobre os repasses ilícitos da Odebrecht ao PMDB e acusa o referido presidente do Brasil de receber da empreiteira propinas de ao menos R$ 1,43mi por meio de intermediários.

Como já não acreditam na viabilidade eleitoral de Meirelles, dirigentes do PMDB decidiram apostar a estrutura do partido nos estados em candidaturas hoje mais competitivas, como a do PT, com Haddad, e do PSL, com Bolsonaro.

Crítica:

Hoje, fruto de muito trabalho, dedicação e resiliência, o R.B. chega à edição número 4.000, bom momento para agradecer leitores, amigos, incentivadores e também os críticos, que são enorme fonte de inspiração para um "capricorniano cabeça dura".

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário