R.B. 11/SET/18 "Frustrando triplamente as expectativas do mercado"



"Frustrando triplamente as expectativas do mercado"

São Paulo, 11 de setembro de 2018 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve despencar, com “boas chances” de testar o “suporte” dos 75.000pts, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e principalmente prejudicada pela divulgação da última pesquisa de intenções de voto para presidente, que mostra Alckmin, o “queridinho”, empacado e Ciro Gomes, o mais detestado e temido pelo “mercado”, em segundo lugar e ganhando todas as simulações de segundo turno e (2) o DÓLAR pode subir, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa tupiniquim e também impulsionado pela trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, devolvendo ao longo do pregão quase todos os ganhos da abertura, diante da expectativa para divulgação de novas pesquisas e da instabilidade das bolsas de NY e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 4,08, após um pregão com boa volatilidade, com máxima de R$ 4,13 e mínima de R$ 4,05, que também foi influenciado pela cautela com o cenário eleitoral e pela valorização da moeda norte-americana ante divisas de alguns emergentes, como Argentina, Turquia e Colômbia.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão %, encerrando uma sequência de 6 baixas, com seguradoras e mineradoras em destaque, e China -1,2%, se aproximando das mínimas de fechamento em 4 anos, com destaques de queda para as ações do setor de tecnologia, após Trump dizer que a Apple deveria trocar fornecedores, privilegiando as empresas norte-americanas, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,2%, França 0,3% e Alemanha 0,2%, influenciadas positivamente pelo andamento satisfatório de questões regionais, como o Brexit e a negociação da dívida da Itália e (3) dos EUA, também sem uma direção única, S&P 0,2%, DJ -0,2% e NASDAQ 0,3%, com os investidores monitorando o andamento as disputas comerciais entre o país e a China, que derrubou a ação da Boeing (-2,1%), e a divulgação de bons resultados da Nike, que subiu 2,2% após anunciar que suas vendas online cresceram 31%.

Cada dia um pouquinho mais pessimista com o futuro da economia tupiniquim, o “mercado” reduziu, desta vez de 1,44% para 1,40%, suas “apostas” para a alta do PIB brasileiro neste ano e, com uma demanda cada dia menor e mesmo com a alta do dólar, também reduziu, agora de 4,16% para 4,05%, suas previsões para a inflação do país em 2018.

Apesar de dizer que é tecnológico e estar querendo enfiar a tal de BIA (Bradesco Inteligência Artificial) goela abaixo dos seus clientes, ontem o Bradesco apresentou dificuldades e instabilidade nos seus sites e aplicativos de acesso às contas, gerando enormes transtornos aos seus clientes.

Especialista em transformar uma simples e eficiente erva medicinal em um remédio caro e cheio de efeitos colaterais, a farmacêutica Novartis anunciou que vai investir R$ 1 bilhão em pesquisas clínicas no Brasil até 2022.

Mostrando que os consumidores tupiniquins seguem se atolando em dívidas inúteis, em JUL/18 o valor de financiamentos de veículos subiu 27% na comparação com JUL/17.

Mercosul e União Europeia, sem grandes expectativas, já que o presidente do maior país do primeiro bloco é um bandido e os países do segundo bloco estão mais preocupados com os EUA, estão reunidos pela enésima vez, agora no Uruguai, para tentar fecha um acordo de livre comércio, cujo principal entrave seguem sendo os produtos agropecuários.

Por conta da intensificação da crise financeira na Turquia, as exportações brasileiras de gado em pé do Brasil, que chegaram a R$ 295mi em MAI/18, recuaram para R$ 119 mi em AGO/18.

Política:

Frustrando triplamente as expectativas do mercado”, a pesquisa data folha divulgada ontem, além de indicar um crescimento de Bolsonaro apenas dentro da margem de erro, de 22% para 24%, mostrou que Alckmin, mesmo com quase 50% do tempo da TV, subiu de 9% para 10% e, para piorar ainda mais, também indicou um bom crescimento de Ciro Gomes, de 10% para 13%.

Provavelmente confirmado hoje como o substituto de Lula na corrida presidencial, o petista Haddad subiu de 4% para 9% na pesquisa divulgada ontem, já Marina Silva, sofrendo com pouco tempo de TV, despencou de 16% para 11%.

Mesmo já tendo torrado quase R$ 50 milhões do próprio bolso, Meirelles, que continua se achando a bolacha mais gostosa do pacote e é candidato pela organização criminosa do PMDB, subiu de 2% para 3%, mesmo percentual de Amoedo, que não tem tempo de TV, não usa dinheiro público na campanha e não é convidado para participar dos debates.

Colocando mais um tucano picareta atrás das grades, Beto Richa, ex-governador do Paraná e candidato ao Senado pelo PSDB, foi preso na manhã de hoje, juntamente com sua esposa e seu irmão, em uma operação realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público.

Segundo uma sondagem feita pela Nomura com investidores, quando perguntados sobre o grau em que os candidatos são percebidos como "amigáveis ao mercado", em uma escala de 0 a 10, Alckmin, apesar de ser de esquerda, ficou com a nota 8,7, Bolsonaro, que tem um programa econômico liberal, com 5,5, Marina Silva, que é uma grande dúvida, com 4,5, Haddad, parceiro de Lula, com 2,5 e Ciro Gomes, coronel aloprado, com 2,3.

Apesar da imprensa dizer que Bolsonaro é detestado pelas mulheres, supostamente por ser machista e defender a violência, segundo a pesquisa divulgada ontem o candidato do PSL lidera a corrida presidencial entre as eleitoras brasileiras, com 17% dos votos, seguido por Ciro Gomes, que tem 12%, e por Marina, que também tem 12%.

No cada dia mais violento Estado do RJ, que é seu domicílio eleitoral e onde ele foi eleito 7 vezes seguidas para o cargo de deputado Federal, Bolsonaro subiu de 25% para 33%, já em SP Haddad, que foi prefeito da cidade, tem 7% das intenções de voto, patamar abaixo dos 9% que o poste de Lula conseguiu em todo Brasil.

Começando, conforme esperado, a jogar merda no ventilador, ontem foram divulgados novos detalhes da delação premiada de Palocci, ex-guru petista e ex-queridinho do “mercado”, que entre outras coisas (1) contou sobre vantagens ilícitas recebidas pelos presidentes dos fundos de pensão, (2) afirmou que a Sete Brasil basicamente foi criada para roubar dinheiro, público e (3) acusou Lula de comandar diretamente o recebimento de propina.

Percebendo que Bolsonaro está praticamente garantido e que só tem 1 vaga disponível para a esquerda no segundo turno, Ciro gomes decidiu começar a atacar o petista Haddad, indagando como alguém que não se reelegeu prefeito de SP, com o apoio de Lula solto, pode estar gabaritado para disputar a Presidência.

Usando a mesma tática escrota de Alckmin, seu correligionário, o tucano Doria, que está empatado com o peemedebista Skaf na disputa pelo governo de SP, vai iniciar ofensiva sobre ele dizendo que o referido presidente licenciado da Fiesp é o candidato do presidente Temer.

Crítica:

Cada dia mais “pianinho”, o que é fruto da “mão forte” de Trump, ontem Putin, ditador em pele de presidente da Rússia, afirmou que é vital para a paz da península coreana que os EUA e a Coreia do Norte normalizem o turbulento relacionamento.

Unidos para manter tudo como está na política e no judiciário tupiniquim, a bandeira branca está sendo erguida no Supremo Tribunal Federal, já que, outrora em campos opostos em votações cruciais, Dias Toffoli, que assumirá a presidência da corte na quinta-feira, e Luís Roberto Barroso têm trocado gentilezas e ressaltado os pontos de convergência entre eles.

Para quem acha que Bolsonaro levou uma facada por supostamente defender a violência, é sempre bom lembrar de John Lennon, músico e pacifista conhecido mundialmente, foi assassinado mesmo defendendo a paz.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário