R.B. 20/JUN/18 "É bem possível Lula ser solto"



"É bem possível Lula ser solto"

Copenhagen, 20 de junho de 2018 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, mesmo após fechar o pregão anterior registrando a maior alta desde 14/FEV/18, ainda recuperando perdas recentes (-14,1% nos últimos 12 meses), desta vez acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e a valorização internacional das commodities e (2) o DÓLAR pode subir, influenciado pela esperada manutenção da taxa básica de juros na reunião de hoje do Copom e pela decisão do STF de inocentar Gleisi Hoffmann dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, o que pode ser um indício de que Lula será solto.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,3%, tentando recuperar perdas recentes após 4 pregões seguidos de baixa, nos quais atingiu o menor patamar desde 20/AGO/17, na contramão das principais bolsas mundiais, impulsionada principalmente pela valorização das ações dos bancos, e pelas expectativas de manutenção da taxa básica de juros no menor patamar da história na reunião do Copom que termina hoje e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,74, influenciado pelos leilões de venda do BC e acompanhando a melhora do “humor” na bolsa brasileira.

Também ontem, nas principais bolsas, ainda reagindo negativamente à escalada da retórica comercial entre EUA e China, (1) da ÁSIA, Japão -1,8%, com as exportadoras castigadas por um significativo avanço da moeda local (o iene) em relação ao dólar e China -3,8%, atingindo o menor nível em quase 2 anos, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,4%, França -1,0% e Alemanha -1,2%, em um dia marcado pela aversão a ativos considerados mais arriscados, mesmo diante das declarações pró-mercado de Mario Draghi, presidente do BC europeu, que sugeriu que a instituição poderá estender o gigantes programa de compras de ativos e adiar elevações nas taxas de juros para combater possíveis choques à economia da zona do euro e (3) dos EUA, S&P -0,4%, DJ -1,1% e NASDAQ -0,3%, prejudicadas pelo “temor” de que o embate tarifário se transforme em uma guerra comercial.

Considerado o índice do medo, o VIX disparou 8,5% ontem em Wall Street, diante da avaliação de que a uma “guerra comercial” entre EUA e China pode representar riscos de baixa para o crescimento global nos próximos trimestres, já que supostamente aumenta a incerteza e prejudica o apetite pelo investimento global.

Já assoprando, ontem, no final da tarde, Peter Navarro, diretor do Conselho de Comércio da Casa Branca, afirmou que Trump está disposto a conversar com a China e com outros países sobre o Comercio Global.

Hoje termina a reunião do Copom e, caso a autoridade monetária faça aquilo que o “mercado” espera, deve manter a taxa básica de juros da economia brasileira em 6,5%, por conta do relativo controle da inflação e da péssima situação da economia tupiniquim.

Preocupados com o futuro da economia tupiniquim, os maiores empresários e banqueiros brasileiros querem convidar candidatos à Presidência para que eles se comprometam a não reverter medidas como a reforma trabalhista e o teto dos gastos públicos, e a implementar reformas importantes, como a da previdência.

Apresentando novos reflexos negativos da criminosa greve dos caminhoneiros, em MAI/18 as vendas de aços planos por distribuidores do país caíram -15,8% na comparação com MAI/17 e recuaram -9,9% na comparação com ABR/18.

Como, diante dos elados patamares de desemprego e da péssima situação da economia, a população está com “a corda no pescoço”, as retiradas das cotas do PIS e do Pasep bateram recorde no primeiro dia de saques para trabalhadores com mais de 57 anos, já que 144.409 cotistas sacaram R$ 196,2mi apenas na segunda-feira.

Um plano do Ministério de Minas e Energia para reduzir as contas de luz por meio do corte de subsídios embutidos nas tarifas de energia tem enfrentado resistência de alguns setores antes beneficiados pelas políticas de incentivo e também dentro do governo, um sintoma da disputa por verbas públicas em um ambiente de déficit fiscal.

Obviamente com uma “mãozinha” do ministro da agricultura Blairo “motosserra” Maggi, o BNDES, supostamente interessado em ganhar mais clientes do agronegócio, mudou sua política de financiamento ambiental para permitir que produtores rurais usem dinheiro do banco na recuperação de áreas desmatadas.

Ajudando na redução dos preços e no aumento da concorrência, o Senado, contrariando a pressão de entidades, aprovou ontem um projeto de Lei que libera a venda direta de etanol das usinas aos postos de combustível.

Mostrando sua força, as ações do Facebook já se recuperaram 100% das perdas registradas após o estouro do escândalo da Cambridge Analytica e se aproximam do patamar recorde de US$ 200 nesta semana.

-    A Netflix disparou 3,7% e bateu mais um recorde histórico de alta, desprezando o “humor negativo” das principais bolsas mundiais, depois que 3 analistas elevaram o preço-alvo das ações da companhia.

Política:

Indicando que “é bem possível Lula ser solto”, ontem a Segunda Turma do STF decidiu que, apesar de todas as provas, a senadora e presidenta petista Gleisi Hoffmann deveria ser absolvida dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Fazendo uma promessa difícil de ser cumprida, Marina Silva, candidata do REDE à presidente, afirmou que se eleita não concorrerá à reeleição e defendeu uma reforma política que inclua fim desta possibilidade, obviamente apenas para cargos executivos, e mandato de 5 anos a partir de 2022 e a liberação de candidaturas “avulsas”, que são independentes de partidos.

Como “bons amigos são os que falam a verdade”, grandes banqueiros, como Trabuco (Bradesco), Setúbal (Itaú) e Esteves (BTG), tem tomado “coragem” para dizer diretamente a Meirelles para ele desistir do seu sonho impossível de ser presidente do Brasil e de preferência declare apoio a Alckmin.

“Atirando as mesmas balas para tudo lado”, Alckmin, que já está em campanha presidencial há 74 dias, foi a 23 cidades diferentes (a algumas delas mais de uma vez), mas frases que diz são repetidas em destinos os mais variados e as viagens são agendadas sem um critério particular.

Assim como o DEM, o PP está começando a flertar com a candidatura de Ciro Gomes, porem caciques do partido ressaltam que “o pior que pode acontecer” com o pedetista “é ele achar que já ganhou a eleição e sair falando bobagem”.

Metendo o bedelho na política tupiniquim, Pepe Mujica, ex-presidente do Uruguai, vai hoje a Curitiba para tentar visitar o bandido do Lula na carceragem da Polícia Federal.

Coberto de razão, Carlos Siqueira, presidente do PSB, tem deixado cada dia mais claro que não nutre simpatia por uma aliança com o PT e sinalizou a Carlos Lupi, do PDT, que, se dependesse somente dele, o partido iria com Ciro Gomes.

Além de desorientar a direita, o flerte inesperado entre o bloco liderado pelo DEM com a candidatura presidencial de Ciro Gomes, do PDT, tem potencial para jogar a esquerda, principalmente o PT, em uma sinuca nesta eleição.

Achando que todos os eleitores são idiotas, Alckmin, ex-governador de SP e pré-candidato ao Planalto, disse que os eleitores saberão separá-lo do senador Aécio Neves, que apesar das inúmeras denúncias e investigações de corrupção segue sendo da executiva nacional do partido.

Crítica:

Mais uma vez com uma boa dose de razão, o governo Trump, que se afasta constantemente dos hipócritas, confirmou ontem que, depois de ter se retirado do acordo climático de Paris em 2017 e do acordo nuclear com o Irã em MAI/18, retirou os EUA do Conselho de Direitos Humanos da ONU, ressaltando que nenhum outro país teve coragem de se juntar à luta para reformar o órgão.

Com a população perdendo interesse nos garotos mimados e mercenários que vestem a camisa da CBF, no final de semana passado mais de metade das vendas da popular 25 de março foram de produtos ligados à festa junina e não a copa do mundo de futebol.


PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário