R.B. 1/MAR/18 "O Brasil país do futuro só pode ocorrer no ano 2278"



"O Brasil país do futuro só pode ocorrer no ano 2278"

São Paulo, 1 de março de 2018 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, devolvendo facilmente no primeiro dia de MAR/18 a pequena alta registrada em FEV/18 (0,5%) e reduzindo a valorização acumulada no ano (11,7%), seguindo as perdas das demais bolsas mundiais e pressionada pelo aumento das “apostas” de mais um rebaixamento da “nota” do Brasil, desta vez pela Moody’s e (2) o DÓLAR pode subir, ampliando a valorização auferida em FEV/18 (1,6%), impulsionado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,8%, influenciada pelo aumento das tensões políticas, com as investigações da Polícia Federal se aproximando novamente do presidente Temer, e também acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais e prejudicada pela desvalorização das commodities e (2) o DÓLAR caiu -0,2% à R$ 3,24, na contramão da direção da divisa norte-americana no mercado internacional, diante da “briga” para formação da cotação de fechamento do mês, e influenciado por ingressos acima do esperado de recursos externos ao País, com destaque para o segmento comercial.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, fechando o mês auferindo as maiores baixas desde 2016, Japão -1,4% e China -1,0%, seguindo as perdas das bolsas de Wall Street e prejudicadas por uma decisão do BC japonês de reduzir compras de dívida de longo prazo, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,7%, França -0,4% e Alemanha -0,4%, influenciadas negativamente pela cautela com a possibilidade de um alta mais intensa dos juros norte-americanos e pelo recuo maior do que o esperado do índice de confiança do consumidor alemão e (3) dos EUA, com os 3 principais índices registrando em FEV/18 a primeira retração mensal em 10 meses, S&P -1,1%, DJ -1,5% e NASDAQ -0,8%, com os investidores avaliam o impacto de uma política monetária mais apertada no país.

Indicando que “é conversa fiada” que a economia tupiniquim saiu da crise, acima do esperado (12,0%), a taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,2% no trimestre encerrado em JAN/18, mantendo-se estável em relação ao trimestre anterior (AGO/17 a OUT/17).

Após técnicos da agencia de classificação de risco se reunirem com Meirelles, a equipe econômica do governo Temer acredita que a Moody’s rebaixará a nota brasileira entre esta semana e a próxima, seguindo assim o que já fizeram a Standard & Poor’s e a Fitch.

Com maior arrecadação federal e boa performance de Estados e municípios, em JAN/18 o Brasil registrou um superávit primário de R$ 46,9bi, que foi o maior da história e que ficou acima do esperado pelo “mercado”.

Coberto de razão, já que é contagioso e desnecessário se envolver com um dos países mais corruptos do mundo, o governo dos EUA decidiu travar o início do processo de análise da solicitação do Brasil para entrada na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que já tem 35 membros.

Com o apoio oficial dos EUA, da Alemanha e da França, a Argentina, que já fez quase todas as reformas necessárias e que é governada pelo brilhante e respeitado presidente Macri, está muito mais perto do que o Brasil de ser o próximo país a ser admitido na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Apresentando um amplo relatório com diagnósticos e soluções para os problemas da economia brasileira, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, afirmou eu (1) a adesão tupiniquim aumentaria a confiança internacional no país, (2) as reformas fariam PIB do país crescer mais durante 15 anos, (3) é importante reduzir corrupção e abrir economia

Falando o que todos já sabem, o amplo relatório com diagnósticos e soluções para os problemas da economia brasileira apresentado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico recomenda (1) a realização de 5 reformas, (2) a independência do BC, (3) a implementação de iniciativas para melhorar o ambiente de negócios, (4) a redução da corrupção, (5) a abertura da economia, (6) o desenvolvimento do mercado financeiro e (7) melhoria do funcionamento do Estado.

Provavelmente com o objetivo de enfraquecer os governadores neste ano de eleições, o governo Temer decidiu que os 10 estados que aderiram ao programa de renegociação de dívidas com a União serão cobrados a devolver R$ 13bi ao caixa federal.

Finalmente se aproximando da realidade dos países desenvolvidos, no ano passado, segundo dados da Susep, o prêmio total nos seguros de vida subiu 10,8% e assim superou, pela primeira vez na história tupiniquim, o ramo automotivo, cuja alta foi de 6,7% no mesmo período.

Com um volume negociado -3,0% abaixo do registrado em 2016, em 2017 o faturamento da indústria de bolachas, massas, pães e bolos industrializados atingiu R$ 39,2bi, patamar -0,6% menor que no ano anterior.

Podendo reduzir o superávit da balança comercial brasileira, ontem a China decidiu reabrir seu mercado para a importação de frango dos EUA.

Com expectativa de captar cerca de US$ 23bi, o serviço de streaming de músicas Spotify, que é a maior companhia do setor no mundo, operando em 61 países, com 71 milhões de assinantes pagantes e mais de 159 milhões de ouvintes ativos mensais, anunciou ontem que pretende abrir capital na Bolsa de Valores de NY.

-    A VALE caiu -4,8%, prejudicada pelo recuo do minério de ferro e por “rumores” que que a companhia prepara uma oferta secundária de ações para a venda da fatia que a Previ detém na empresa.
-    A Embraer caiu -4,7%, diante dos “temores” de atrasos nas negociações com a Boeing após a troca no comando do Ministério da Defesa.
-    A BRF subiu 4,4%, com os investidores “comemorando” a já 99,9% esperada destituição de Abílio Diniz do comando da empresa.

Política:

“Primeiro laranja da republica tupiniquim”, que certamente tem mais atenção do presidente do Brasil do que primeira dama, o Coronel Lima, que desde MAI/17 está arrumando inúmeras desculpas para não prestar depoimento à Polícia Federal, agora “avisou’ que quer depor apenas por escrito sobre o inquérito dos portos, que apura se Temer favoreceu uma empresa “camarada” na edição de um decreto para o setor.

Apontado como operador de propinas do PSDB em SP, o engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, pode virar recordista em menções em delações na Lava Jato, já que foi citado por Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS e Queiroz Galvão.

Apenas 1 dia após FHC “avisar” que um candidato identificado com a elite e com o mercado financeiro terá enormes dificuldades de se eleger presidente do Brasil, Alckmin, mostrando mais uma vez sua enorme capacidade de perder votos, recebeu o apoio oficial de dom Bertrand de Orleans e Bragança, trineto de dom Pedro 2º, que, em um discurso entusiasmado no Nacional Club, afirmou que o tucano é o único candidato que tem coragem de defender os valores da família.

Deixando claro que o nível de rejeição do Alckmin é igual ao do Lula, já que ambos são socialistas e bandidos, segundo uma pesquisa com intenções de voto para presidente feita apenas em SP, Bolsonaro lidera com 22,3%, Alckmin está em segundo com 20,1% e Lula está em terceiro com 19,7%.

Aproximando as investigações de SP, governado a décadas pelo PSDB, hoje a Polícia Federal faz uma batida um uma concessionária de serviços públicos de limpeza no município de SP que usou serviços de uma rede profissionalizada de lavagem de dinheiro.

Após dizer que o presidente Temer teve uma vitória quando derrubou o golpe que a TV Globo, o Janot e o Joesley tentaram dar nele, Lula, cada dia mais doidão, afirmou que espera que o Supremo Tribunal Federal analise seus processos, veja os depoimentos, as provas e lhe de uma espécie de indulto que permita sua candidatura presidencial.

Colocando o senador tucano cada dia mais perto da cadeia, Raquel Dodge se manifestou contra o pedido de Aécio Neves para ter acesso a delações de executivos da Odebrecht, alegando que isto poderia “inviabilizar a investigação” e “abrir espaço para a fragilização dos elementos de prova que estejam ao alcance dos comparsas”.

Mostrando que fará de tudo para não voltar para a cadeia, depois de entregar à Lava Jato 21 e-mails sobre o pagamento de propinas no prédio do Instituto Lula, Marcelo Odebrecht entregou outros 43 e-mails sobre o pagamento de propinas no sítio de Atibaia.

Atacando para se defender, Temer afirmou, em entrevista à Jovem Pan, que não vai “tolerar” que acusem sua gestão na Presidência de ser ligada a atos de corrupção.

Crítica:

Mostrando que temos ao menos um general tupiniquim com culhões, ontem, em seu discurso de despedida do exército, o general Hamilton Mourão afirmou que o presidente Temer tem de ser “expurgado da vida pública” e que somente com o voto e com a atuação do poder Judiciário o país pode superar a crise do sistema político.

Mostrado que “o Brasil país do futuro só pode ocorrer no ano 2278”, segundo um estudo divulgado ontem pelo Banco Mundial os estudantes tupiniquins ainda vão demorar mais de 260 anos para atingirem a proficiência em leitura dos alunos dos países ricos.

Tão importante, quiçá até mais, do que a operação Lava Jato, a operação Lava Toga, que limpasse o judiciário tupiniquim, é a única capaz de dar alguma luz de esperança de melhoria para o Brasil, porém certamente é a mais difícil de acontecer.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário