R.B. 14/MAR/18 "Certamente vai chorar e se borrar"



"Certamente vai chorar e se borrar"

São Paulo, 14 de março de 2018 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, beneficiada pela recuperação das commodities e com os investidores contando as horas para a prisão de Lula e (2) o DÓLAR pode cair, influenciado pelos mesmos motivos que devem animar a bolsa tupiniquim e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,6%, revertendo uma abertura positiva, acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais, pressionada pela piora dos cenários político e econômico no Brasil e influenciada negativamente por Bradesco (-1,4%) e Itaú (-0,8%), que tiveram suas “notas” rebaixadas pela agência de classificação de risco Fitch e (2) o DÓLAR subiu 0,1% à R$ 3,26 após mais um pregão com poucos negócios e baixa volatilidade, no qual terminou o dia impulsionado pelos mesmos motivos que derrubaram a bolsa tupiniquim e pelo aumento das “apostas” de corte dos juros básicos do Brasil na reunião do Copom da semana que vem.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,6%, a quarta alta seguida, com destaques de alta para as exportadoras diante da valorização do dólar frente a moeda local (o iene) e China -0,5%, após Pequim revelar planos de unir os reguladores bancário e de seguros do país para criar um poderoso órgão de supervisão, (2) da EUROPA, Inglaterra -1,1%, França -0,6% e Alemanha -1,6%, seguindo as perdas das bolsas de NY e com destaques de queda para as petrolíferas, diante da perspectiva por um aumento na produção global de petróleo e (3) dos EUA, realizando lucros recentes, S&P -0,6%, DJ -0,7% e NASDAQ -1,0%, prejudicadas temores renovados em torno de uma guerra comercial com a China, após o anúncio da demissão do secretário de Estado, Rex Tillerson, o que derrubou principalmente ações do setor de tecnologia, vinculadas fortemente ao comércio com o referido gigante asiático, como Apple (-1,0%) e IBM (-0,6%).

Sinalizando que a inflação nos EUA está controlada, o que reduziu os “temores” de uma retirada mais rápida dos estímulos monetários, o Departamento de Trabalho norte-americano informou que a inflação ao consumidor de FEV/18 foi de 0,2%, patamar em linha com as projeções de analistas.

Ajudando o Brasil a sair do buraco, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico divulgou ontem um relatório no qual elevou de 3,6% para 3,9% suas projeções para o crescimento da economia global, o que se ocorrer será o melhor resultado em 7 anos.

Apesar do governo Temer dizer que o país saiu da crise, a proporção das famílias paulistanas que possuem dívidas subiu de 48,5% em JAN/18 para 53,6% em FEV/18 e a inadimplência cresceu 1,8% na mesma base de comparação.

Mesmo com cerca de 1% nas pesquisas de intenção de voto e sem um partido para se candidatar, Meirelles, ministro tupiniquim da fazenda, apresentou ao presidente Temer os nomes de seus secretários Mansueto Almeida (Acompanhamento Fiscal) e Eduardo Guardia (Executivo) para sucedê-lo na pasta quando ele sair do governo disputar o Palácio do Planalto.

“Guru” econômico de Ciro Gomes, candidato do PDT à presidente, o economista Nelson Marconi defendeu ontem ideias estúpidas, ultrapassadas e fracassadas como (1) controle cambial, (2) BNDES como indutor do crescimento econômico, (3) fortalecimento das estatais.

Fonte de grande parte da corrupção dos governos Lula e Dilma, o BNDES, cuja CPI alias foi “esquecida” no Senado, perdeu R$ -5,1bi em operações nas quais injetou recursos na JBS para a aquisição de frigoríficos concorrentes no Brasil e nos EUA.

Passando a conta da corrupção para a população e criando pressão inflacionária, as contas de luz do falido estado do RJ terão neste mês aumentos de 2 dígitos, já que ontem a Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou uma revisão nas tarifas da distribuidora Enel Rio, cuja alta será de 21%, e um reajuste para a Light, que será de 10,36%.

“Jogando fora as figurinhas repetidas” da compra do HSBC, que aumentou a concentração do setor bancário tupiniquim com a anuência do CADE, Octavio Lazari, novo presidente-executivo do Bradesco, o segundo maior banco privado do país, afirmou que estuda o fechamento de até 200 agências este ano em meio a uma revisão de sua rede de 4.750 pontos de atendimento.

Caminhando para o caminho do enfrentamento, o que é bastante arriscado e tem ínfimas chances de sucesso, o Brasil estuda a formação de uma coalizão com a Coreia do Sul, Japão e China para contestar na Organização Mundial do Comércio a decisão do governo Trump de impor tarifas de importação ao aço e alumínio.

Ontem, em seu primeiro balanço após o lançamento de ações em bolsa de valores, a BR Distribuidora anunciou que acumulou um lucro de R$ 1,15bi em 2017, revertendo prejuízo de R$ -315mi auferido em 2016 e registrando seu primeiro resultado positivo desde 2014.

-    A mineradora chilena Antofagasta subiu 3,0% na bolsa de Londres, já que divulgou que alcançou um lucro líquido de US$ 750,6mi em 2017, resultado 4,7 vezes maior que o ganho obtido em 2016, graças ao avanço nos preços do cobre e a uma rígida gestão de custos.

Política:

Intimidando descaradamente a mais alta corte tupiniquim, assim como já fazem os comparsas de Lula, ontem Carlos Marun, do ministro da Secretaria de Governo, “ameaçou” voltar a ser deputado Federal para abrir um processo de cassação de Luis Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal que recentemente quebrou o sigilo bancário de Temer.

Defendendo o governo Temer, ontem, como anfitrião do coquetel de boas-vindas aos 700 participantes do 13º Fórum Econômico Mundial para a América Latina, Doria, prefeito de SP que agora já admite que vai ser candidato a governador, afirmou que o Brasil está "de volta ao jogo" após anos de recessão.

Agindo como Lula, que fala que não sabe de nada e coloca a culpa na falecida esposa, Alckmin afirmou ontem que não sabia que seu cunhado arrecadava dinheiro de Caixa 2 de empresas, como os R$ 2mi que recebeu da Odebrecht, para suas campanhas eleitorais.

Já que Lula, assim como faz Marcola, pretende comandar seu grupo criminoso da prisão, o PT, ciente de que seu líder será preso, já está escolhendo o porta-voz do referido petista, cujo papel será visitar o criminoso e “transmitir as opiniões dele para o mundo exterior”.

Mostrando “o mínimo de vergonha na cara”, o desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, que é presidente do Tribunal de Justiça de SP, suspendeu novamente uma licitação de R$ 260mi suspeita de direcionamento para favorecer o “primeiro amigo” do presidente Temer, o coronel PM aposentado João Baptista Lima Filho, que também é alvo de delação da JBS.

Finalmente chegou ao Superior Tribunal de Justiça o inquérito aberto para apurar suspeitas de que o governador de Alagoas, Renan Filho, do MDB, recebeu propina da Odebrecht na construção do Canal do Sertão Alagoano.

Encrencando mais ainda a vida de um dos principais comparsas do presidente Temer, ontem finalmente os ministros da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal receberam uma denúncia contra o senador peemedebista e líder do governo Romero Jucá, que desde AGO/17 é acusado pela Procuradoria-Geral da República de receber propina de R$ 150 mil para beneficiar a Odebrecht na tramitação de duas medidas provisórias em 2014.

14 integrantes do movimento Livres, que mostrando decência e coerência deixaram o PSL depois da chegada do presidenciável Jair Bolsonaro, ganharam bolsas do RenovaBR, que financiará candidatos nas eleições deste ano.

Crítica:

Como é difícil trabalhar com alguém egocêntrico e que acha, e realmente tem, o mundo aos seus pés, ontem ocorreu uma nova baixa no alto escalão do governo Trump, que uma semana após a saída do assessor econômico Gary Cohn desta vez perdeu o secretário de Estado, Rex Tillerson.

X9 na época do sindicalismo, furão de greve de fome quando foi preso na ditadura, Lula, diferentemente dos “petistas raiz” que como terroristas não abrem o bico nem quando torturados, é um grande covarde, “certamente vai chorar e se borrar” já nos primeiros dias de prisão e rapidamente vai procurar a justiça para caguetar todos seus comparsas, inclusive banqueiros e magistrados.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário