R.B. 13/MAR/18 "Deixar de ser um paiseco socialista"



"Deixar de ser um paiseco socialista"

São Paulo, 13 de março de 2018 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros acumulados no ano (13,7%) e nos últimos 12 meses (32,6%), prejudicada pelo recuo das commodities, acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais e pressionada pela piora dos cenários político e econômico no Brasil e (2) o DÓLAR pode subir, com “boas chances” de recuperar nesta semana as perdas ainda acumuladas no ano (-1,5%), impulsionado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa tupiniquim e pelo aumento das “apostas” de corte dos juros básicos do Brasil na reunião do Copom da semana que vem.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,6%, descolado da trajetória descendente dos principais índices do mercado acionário dos EUA, embalada por um otimismo irracional dos investidores em relação ao plano doméstico e pela expectativa de nova queda da taxa de juros na reunião do Copom da semana que vem e (2) o DÓLAR subiu 0,2% à R$ 3,26, com pouca volatilidade, baixo volume de negócios e acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,6% e China 0,6%, inspiradas pelo rali dos índices acionários de NY na sexta-feira e impulsionados por ações de produtores de metais básicos, de fabricantes de chips e de companhias aéreas, (2) da EUROPA, mais uma vez sem uma tendência única, Inglaterra -0,1%, prejudicada por ações de mineradoras, em virtude de declínios nas cotações de commodities, porem França 0,1% e Alemanha 0,6%, beneficiadas por boas notícias corporativas e pela redução dos temores de retirada mais abrupta dos estímulos monetários e (3) dos EUA, também sem uma tendência única, S&P -0,1%, DJ -0,6% e NASDAQ 0,4%, com o mau desempenho do setor industrial ofuscando a performance das ações de tecnologia, que levaram o Nasdaq ao um novo fechamento recorde.

Segundo um estudo feito pela consultoria Marsh apresentado Fórum Econômico Mundial, atualmente os maiores problemas econômicos do Brasil são, pela ordem (1) a falência da governança, (2) o desemprego, (3) ausência de infraestrutura, (4) as crises fiscais e (5) o colapso dos estados.

Considerado um segmento supérfluo e que por isto sofre mais com as crises, em 2017 a receita gerada pelo setor de higiene, perfumaria e cosméticos, após 2 anos seguidos de queda, registrou um crescimento de 2,77% na comparação com 2016, porem segundo a Abihpec, que é a associação da indústria do segmento, este resultado não recupera quase nada das perdas de 2015 e 2016, que foram respectivamente de -6,0% e -9,0%.

Trabalhando em prol dos monopólios e desta vez “prejudicando seriamente o já ridiculamente pequeno e monopolista mercado de capitais tupiniquim”, o CADE deve aprovar amanhã compra da corretora XP, cujo principal argumento comercial era a “desbancarização”, pelo banco Itaú.

Lutando conta os monopólios, apenas ontem (1) Trump, presidente do EUA, emitiu uma ordem proibindo a Broadcom de comprar a Qualcomm argumentando questão de segurança nacional, (2) Sadiq Khan, prefeito de Londres, atacou as redes sociais e os big tecs (Facebook, Google, Amazon e Apple) como responsáveis por um quadro de “desigualdade e divisões sem precedentes” na história e (3) Tim Berners-Lee, que é considerado o inventor da internet, pediu que as poderosas plataformas de web e empresas de redes sociais sejam regulamentadas para evitar que a rede seja transformada em uma "arma de grande escala".

Bem mais rentáveis que os fundos de renda fixa, em 2017 os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios registraram um crescimento de 22,3% na comparação com 2016, movimento que deve se repetir com a mesma intensidade neste ano de 2018.

Fugindo, com toda a razão, do monopolista, caro e ineficiente mercado de capitais tupiniquim, ontem a Prumo Logística anunciou que dará andamento ao processo de cancelamento de seu registro de companhia aberta após uma bem-sucedida oferta pública de aquisição (OPA) de ações realizada na sexta-feira.

Com o Brasil provando mais uma vez sua vocação agrícola, a consultoria a Safras & Mercado anunciou ontem que prevê uma safra de soja superior a 117 milhões de toneladas neste ano, o que se confirmado representará um aumento de 3,0% na comparação com o ano passado.

-    A Apple subiu 1,0% na bolsa de NY, impulsionada pelo anúncio da aquisição do aplicativo Texture, que permite ao usuário acesso ilimitado ao conteúdo de mais de 200 revistas.
-    A Fibria subiu 2,9%, após a notícia de que a holandesa Paper Excellence apresentou uma oferta formal para comprar a empresa.

Política:

Como sabe que sozinho suas chances são menores, Ciro Gomes, que na semana passada tentou se aproximar de Haddad, ontem afirmou que uma chapa com ele e Marina Silva, do REDE, seria o “time dos sonhos”.

Segundo a Polícia Federal em uma operação bastante suspeita, que na bolsa de valores é conhecida como “Zé com Zé”, Aécio, até agora o pior bandido já gerado pelo PSDB, teve seu patrimônio triplicado, de R$ 2,5mi em 2015 para 8mi 2016, por conta da venda de cotas que ele possuía em uma rádio para sua irmã Andrea Neves.

Coberto de razão, o deputado federal Arthur Maia, relator do “assassinado” projeto de reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, alertou ontem que a próxima proposta de alteração nas aposentadorias será muito mais dura do que a atual, que foi “convenientemente” suspensa por temer após o decreto de intervenção federal na área de Segurança do RJ.

Decepcionando cada dia mais seus eleitores, que caíram na conversa fiada de que ele faria as coisas diferente, Doria, prefeito de SP e provável candidato tucano ao governo do Estado, deve ter Kassab, um dos principais bandidos da política tupiniquim, como vice em sua chapa.

Aumentando as chances, ainda bem remotas, do Brasil “deixar de ser um paiseco socialista”, crescem os “rumores e as chances” de Bernardinho ser candidato a vice-presidente na chapa de João Amoêdo, do Partido Novo.

Líder das pesquisas de intenção de votos quando Lula está fora do páreo, Bolsonaro, que é um “semi-acéfalo”, foi ao exterior fazer uma turnê por Japão, Coreia do Sul e Taiwan para supostamente conhecer políticas bem-sucedidas de educação e tecnologia.

Se aproximando dos laranjas Temer, Luís Roberto Barroso, ministro do STF, determinou a quebra dos sigilos telefônico e telemático de Rocha Loures e do coronel João Baptista Lima, ambos ligados ao referido presidente do Brasil e envolvidos no inquérito dos portos.

Crítica:

Como se alguém no mundo civilizado se preocupasse com a opinião e/ou com as atitudes que o Brasil tomará, ontem Meirelles, ministro da Fazenda, “avisou” que o governo Temer ainda não definiu quais medidas tomará após os EUA taxarem a importação de aço e alumínio, mas classificou a investida como "negativa".

Provando, pela enésima vez, que o Brasil é o País da piada pronta, hoje, em mais uma operação da Lava Jato, foi preso o delegado Marcelo Martins, que comandava a elite da polícia fluminense, incluindo a Divisão Anti-Sequestros, a Divisão de Repressão ao Crime Organizado e Delegacia de Polícia Fazendária, a Delegacia de Homicídios da capital e a Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis.

Aumentando o clima de amizade e cumplicidade na mais alta corte do país, como se isto fosse importante e garantisse o cumprimento da lei e da ordem, Carmen Lucia, presidente do STF que no sábado teve um encontro nada republicano com o investigado presidente Temer e amanhã recente o advogado de Lula, ofereceu no domingo um almoço, pago obviamente com dinheiro público, para seus colegas de toga.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário