R.B. 14/DEZ/17 "A reforma da Previdência foi sepultada"



"A reforma da Previdência foi sepultada"

São Paulo, 14 de dezembro de 2017 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, com boas chances de fechar o ano abaixo dos 70.000pts, já que, diante do “sepultamento” da reforma da previdência, as agências de classificação de risco, se tiverem o mínimo de vergonha na cara, devem reduzir a “nota” do Brasil em breve e (2) o DÓLAR pode subir, rumo aos R$ 3,50, acompanhando a esperada piora do “humor” da bolsa tupiniquim e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, diante da elevação dos juros nos EUA.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,2%, devolvendo os ganhos da abertura, quando chegou a avançar 1,1%, prejudicara pelos sinais de que a votação da reforma da Previdência não acontecerá em 2017 e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,32, influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana e contido pelos leilões de venda do BC.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,5%, com destaque de queda para as exportadoras prejudicadas pela valorização da moeda local (iene) frente ao dólar e China 0,7%, recuperando as perdas do pregão anterior e acompanhando o bom desempenho das bolsas de NY, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, França -0,5% e Alemanha -0,4%, em um movimento de cautela antes da decisão de política monetária dos BCs europeu, da Inglaterra e norte-americano e também prejudicadas pela possibilidade de convocação de eleição geral na Itália e de consequente avanço dos “eurocéticos” e (3) dos EUA, com o DJ novamente no maior patamar da história, S&P 0,1%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,2%, com os investidores reagindo à decisão já esperada de política monetária do FED (“Copom” local), que elevou os juros do pais em 0,25%, e às perspectivas de aprovação da reforma tributária de Trump.

Sem mais condições de acreditar no “fio do bigode” que Meirelles não tem, ontem, logo após os sinais de que “a reforma da Previdência foi sepultada”, a Fitch, agência internacional de classificação de risco, avisou que, neste cenário, rebaixará sua “nota” para o Brasil, o que certamente vai encarecer financiamentos e desestimular investimentos.

Confirmando que ainda é incerta e instável a recuperação da economia tupiniquim, de NOV/16 até OUT/17 as vendas do comercio brasileiro registraram uma alta de apenas 0,2% na comparação com os 12 meses anterior, cuja base de comparação aliás é bem pequena.

Queimando a língua, apenas 1 mês depois de dizer que o Brasil estava em um "bom caminho" para aumentar sua produção de petróleo em 2017 e 2018, a Agência Internacional de Energia revelou hoje que ficou "decepcionada" com a oferta brasileira em OUT/17 e que os dados preliminares indicam que uma queda ainda mais acentuada do abastecimento doméstico será vista em NOV/17.

Ascendendo a luz amarela da inflação, em DEZ/17 o IGP-10 avançou 0,90%, patamar quase 4 vezes superior ao auferido em NOV/17 (0,24%), superior às “apostas do mercado” (0,80%) e impulsionado principalmente pelos preços no atacado, que tiveram alta de 1,22% no mês.

Provavelmente ao serviço da manutenção do monopólio dos grandes bancos e dos cartórios, Ilan Goldfajn, presidente do BC tupiniquim, afirmou, mesmo sem nenhum conhecimento técnico do assunto, que o bitcoin é uma bolha e uma pirâmide, reclamando também a inexistência de regulação.

Sem apresentar nenhuma evolução desde que o brasileiro Roberto Azevêdo a sua diretoria geral em 2013, a Organização Mundial do Comércio, cuja 11ª Conferência Ministerial está terminando em Buenos Aires, perde cada dia mais relevância e caminha para a extinção, já cada dia mais os países e os blocos negociam acordos paralelos.

Atuando, menos de 1 ano após a XP ser vendida para o Itaú, para aumentar ainda mais a concentração do monopolista setor financeiro tupiniquim, o FGC, que garante até R$ 250mil por bando e por CPF em operações como depósitos à vista, poupança e CDB, deve mudar na segunda-feira, com a implementação de um limite total de garantias R$ 1milhão por investidor.

Segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal, o Brasil deixou de exportar pelo menos 200 mil toneladas de carnes de frango e suína neste ano devido à Operação Carne Fraca da Polícia Federal.

Com a Petrobrás, que precisa fazer caixa, abrindo mão de 28,75% da sua principal subsidiária, ontem foi concluía a oferta pública da BR Distribuidora, que movimentou R$ 5bi, se tornando assim o maior IPO do mercado de capitais tupiniquim desde 2013.

Representando “uma ótima oportunidade para os profetas do apocalipse ganharem dinheiro fácil”, a Interactive Brokers, maior corretora de contratos futuros de bitcoin do mundo, anunciou ontem que começará a permitir que seus clientes apostem contra a criptomoeda, abrindo posições vendidas no mercado futuro.

Política:

Comparsa bem próximo do presidente Temer, de quem aliás é líder do governo no Senado, o senador peemedebista Romero Jucá anunciou um acordo entre o presidente da Câmara, o democrata Rodrigo Maia, e o presidente do Senado, o peemedebista Eunício Oliveira, para adiar a votação da reforma da Previdência para FEV/17.

A decisão de adiar a reforma da Previdência para 2018 na pratica “sepulta do tema”, já que no ano que vem terá eleições para deputado e senador e certamente os políticos brasileiros não terão coragem de debater a matéria sensível ao eleitorado.

Fechando mais um lamentável ano legislativo, ontem, com a certeza de que a reforma da Previdência não será votada, o Congresso Nacional aprovou o Orçamento de 2018, que terá um vergonhoso déficit fiscal de R$ -157bi.

Para livrar governadores corruptos e/ou incompetentes da lei de responsabilidade fiscal, na “calada da noite” de ontem, faltando pouco menos de 1 ano para a eleição, o Congresso aprovou um pacote de socorro aos Estados que soma R$ 51,2bi.

Contribuindo para o sepultamento do tema, o PSDB decidiu na manhã de ontem que fecharia questão em torno do apoio à reforma da Previdência, porém, com sua covardia de sempre, deixou claro que não puniria nenhum parlamentar de votasse contra a sua determinação.

Com um sorriso cínico no canto da boca, Ciro Gomes, eterno presidenciável que agora está no PDT, sabe que será o principal beneficiado caso Lula seja impedido de disputar as eleições presidenciais de 2018.

A Conversão Nacional do DEM, marcada inicialmente para começar hoje, foi adiada para 6/FEV/18 por conta da articulação da cúpula do partido para a substituição do presidente da sigla, o senador Agripino Maia, que virou réu no Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Crítica:

Coberto de razão, o juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Operação Lava Jato no RJ, afirmou que teme alguma "manobra" de políticos ainda neste ano contra o combate à corrupção no País.

Atuando em defesa de bandidos, o Tribunal Regional Federal decidiu ontem conceder habeas corpus parcial aos empresários Georges Sadala, Maciste Granha de Mello Filho e ao ex-presidente do Departamento de Estradas e Rodagem do Rio Henrique Ribeiro foram pesos na Operação C'est Fini, no mês passado.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário