R.B. 12/DEZ/17 "Discurso corajoso"



"Discurso corajoso"

São Paulo, 12 de dezembro de 2017 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, mesmo diante do movimento ascendente das principais bolsas mundiais e da valorização das commodities, influenciado pela redução das “apostas” de aprovação da reforma da Previdência e (2) o DÓLAR pode subir, seguindo a esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e impulsionado pela redução do fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, sustentada pelo bom desempenho das bolsas de NY e pela valorização das commodities, porem devolvendo quase todos os ganhos da abertura, quando na máxima avançou 0,9%, diante da redução das “apostas” de aprovação da reforma da Previdência e (2) o DÓLAR subiu 0,1% à R$ 3,30, revertendo as perdas da abertura, influenciado pelo mesmo motivo que azedou o “humor” na bolsa tupiniquim.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,6% e China 1,0%, acompanhando o “humor positivo” das bolsas de NY e impulsionadas principalmente por ações ligadas a fabricantes de equipamentos de processamento de dados e da área financeira, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra 0,8%, com as exportadoras beneficiadas pela desvalorização da moeda local (libra) frente ao dólar, porem França -0,2% e Alemanha -0,2%, realizando lucros recentes, à medida que os investidores aguardam as decisões dos BCs dos EUA, europeu e inglês e (3) dos EUA, novamente com S&P e DJ registrando os maiores patamares da história, S&P 0,2%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,5%, com destaques de alta para as ações de companhias de energia, como Chevron (0,4%), ExxonMobil (0,5%) e Chesapeake (4,1%), diante da valorização do petróleo por conta do fechamento de um sistema de oleodutos no Reino Unido.

Saindo do “buraco” e superando as “apostas do mercado” (9,3%), o PIB da Turquia avançou 11,1% no terceiro trimestre deste ano, beneficiado por investimentos da Rússia e pela redução das tensões na Síria.

Cada dia um pouco mais otimista, o “mercado” (1) reduziu substancialmente, desta vez de 3,03% para 2,88%, suas “apostas” para a inflação medida pelo IPCA neste ano e (2) elevou ligeiramente, de 0,89% para 0,91%, suas previsões para o crescimento do PIB brasileiro em 2017.

Aguardando apenas a votação da reforma da Previdência para ser enviada ao Congresso, a nova lei das falências do governo Temer vai permitir que os bancos troquem a gestão e assumam o comando das empresas em recuperação judicial.

Importante termômetro da construção civil tupiniquim, para 2018, depois de 3 anos consecutivos de retração, o setor de elevadores prevê crescimento de até 4% do mercado nacional na comparação com 2017.

Indicando que, mesmo com a forte queda da taxa básica de juros, a crise tupiniquim ainda é grande, nos 11 primeiros meses deste ano o número de despejos e ações para cobrança de inquilinos inadimplentes na Justiça na cidade de SP teve alta de 2,2% na comparação com o mesmo período de 2016.

Elevando o saldo positivo do ano para o recorde histórico de US$ 63,0bi, nas 2 primeiras semanas de dezembro de 2017, que totalizaram apenas 6 dias úteis, a balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 1,0bi, impulsionada pelo aumento de 9,9% nas exportações na comparação com o mesmo período de 2016.

Confirmando que, além de terem uma liquidez maior, são mais rentáveis, entre JUN/12 e NOV/17 os preços médios dos imóveis residenciais no país subiram 29,4%, porem no mesmo período o índice de fundos de investimentos imobiliários se valorizou em 55,3%.

Com o símbolo XBT, o bitcoin, a polêmica moeda virtual que no começo deste ano valia US$ 1mil, fez uma estreia triunfal no mercado financeiro internacional, superando sem dificuldade os US$ 18 mil por unidade e aumentando a inquietação de alguns investidores com o risco de uma bolha.

-    A Apple subiu 1,9% na bolsa de NY, após anunciar a compra da Shazam Entertainment, sendo, agora, dona de um dos aplicativos mais populares de reconhecimento de músicas, com o objetivo de impulsionar o número de assinantes da Apple Music.

Política:

Com um “discurso corajoso”, João Amoedo, candidato do NOVO, que tem o apoio formal do R.B., à presidência, afirmou que (1) o Brasil precisa ser um país seguro, simples e livre, (2) o combate à pobreza se faz com a criação de riqueza, e não com a sua distribuição e (3) o Brasil não precisa de um Estado grande porque é pobre, ele é pobre justamente por ter um Estado grande.

Reduzindo as “apostas” de aprovação da reforma da Previdência, (1) Rodrigo Maia, presidente da Câmara, “avisou” que vê dificuldade na votação da matéria na próxima semana e (2) Temer, presidente do Brasil, afirmou que avalia a possibilidade de adiar para 2018 a votação da matéria.

Bancada por funcionários públicos de alta patente, que não querem perder as regalias, e por sindicatos, que são balcões de negócio e não se preocupam nada com os trabalhadores, está no ar uma campanha contra a reforma da Previdência falando dos aposentados do Planalto.

Começando a mexer em um vespeiro que certamente terá o “dedo” de quase todos os partidos, os técnicos do Tribunal de Contas da União querem apurar o prejuízo sofrido pelo Tesouro Nacional nas operações em que captou recursos para bancos públicos fazerem, em seguida, investimentos na J&F, holding que controla a JBS.

Anteriormente defensor e aliados de bandidos, pela ordem, como Lula, Dilma e Eduardo Cunha, o deputado peemedebista Carlos Marun será o novo articulador político do presidente Temer, com o cargo de ministro da Secretaria de Governo, no lugar do tucano Antonio Imbassahy.

Coberto de razão, Armínio Fraga, “queridinho do mercado” e ex-presidente do BC no governo FHC, afirmou que tem “um pouco de medo da candidatura de Meirelles”, pois, para se candidatar, o ministro da Fazenda teria de se afastar do cargo no segundo trimestre, abrindo espaço para o populismo e ao fisiologismo na área econômica tupiniquim.

Cumprindo a missão que lhe foi passada pelo presidente Temer, Raquel Dodge, a nova Procuradora Geral da República, está mais preocupada em impedir vazamentos à imprensa do que em descobrir novos crimes, já que no curto período que está no cargo ela já encaminhou à PF 5 pedidos de abertura de inquérito para investigar supostos vazamentos de delações premiadas.

Disposto a levar às últimas consequências sua luta pela realização de prévias para a escolha do candidato do PSDB à Presidência, vaga virtualmente assegurada ao governador de SP Alckmin, Arthur Virgílio, prefeito tucano de Manaus, enviou um duro e-mail ao seu correligionário paulista cobrando publicamente o que chamou de compromissos assumidos em uma reunião na sexta-feira.

Benevolente, e também quiçá comparsa, FHC, perdendo a enésima oportunidade de ficar calado, afirmou ontem que prefere combater Lula nas urnas a vê-lo preso.

Crítica:

Com potencial para revolucionar a forma como transportamos pessoas e mercadorias, na opinião de montadoras e empresas de tecnologia para substituir combustíveis fósseis, o veículo elétrico autônomo poderia ser ainda mais econômico e não poluente se funcionasse de maneira integrada, formando comboios, circulando em faixas exclusivas e coordenado por um sistema aberto de dados.

Covil de bandidos e picaretas da pior espécie, a igreja Universal do Reino de Deus está sendo investigada pelo Ministério Público de Portugal por ter criado uma rede de adoção e tráfico ilegal de crianças portuguesas.

Para fortalecer o mercado de capitais tupiniquim, beneficiando os investidores com atendimento qualificado e produtos melhores, temos que acabar com a exclusividade e permitir que investidores possam se tornar sócios das empresas de Agentes Autônomos de Investimento, porem, enquanto o Conselho Administrativo de Defesa Econômica analisa a compra da XP pelo Itaú, para garantir que não haja concentração de mercado, AAIs têm relatado que a referida plataforma de investimentos tem proposto acordos de exclusividade na distribuição dos produtos que dispõe na prateleira.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário