R.B. 24/NOV/17 "Baixando sua bolinha"



"Baixando sua bolinha"

São Paulo, 24 de novembro de 2017 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, intensificando as perdas registradas no pregão anterior, acompanhando o movimento descendente das principais bolsas mundiais e prejudicada pela piora do cenário político tupiniquim e (2) o DÓLAR pode subir, rumo aos R$ 3,30, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira e também impulsionado pelas “apostas” de elevação dos juros nos EUA e corte dos juros no Brasil.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,1%, mesmo diante da alta das commodities, já que os investidores estão começando a perceber que será muito difícil o governo Temer conseguir apoio para aprovar a reforma da Previdência e que sendo assim as agências de classificação de risco serão “obrigadas” a rebaixar novamente a “nota” do Brasil e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,22, “largado”, com baixíssimo volume de negócios por conta do feriado nos EUA e influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão não teve pregão por conta de feriado nacional e China -2,9%, registrando a maior baixa diária desde 12/DEZ/16, diante da decisão do governo de tomar providências para impedir a forte expansão da oferta de microcrédito na internet e de reforçar a supervisão de produtos de gestão de ativos vendidos por instituições financeiras, (2) da EUROPA, próximas da estabilidade, sem uma direção única e com baixo volume de negócios, Inglaterra -0,1%, França 0,3% e Alemanha -0,1%, reagindo a indicadores econômicos da região, a ata da última reunião de política monetária do BC Europeu, a valorização das commodities e a forte queda nos mercados acionários chineses e (3) dos EUA, S&P, DJ e NASDAQ permaneceram fechadas por conta do feriado do Dia de Ação de Graças.

Indicando que as políticas econômicas adotadas pelo Brasil nos últimos anos estão na contramão do que ocorre no mundo, segundo um relatório divulgado ontem pelo competentíssimo banco de investimentos Credit Suisse, um dos motores do crescimento projetado de 3,8% do PIB global no próximo ano deve ser a retomada dos investimentos corporativos nos países desenvolvidos e líderes emergentes, após anos de dependência do emprego e do consumo nessa função.

Com enorme conhecimento do Brasil e dos brasileiros, o Itaú divulgou ontem um relatório alertando seus clientes e investidores que, mesmo repaginada, a reforma da Previdência não será aprovada este ano e deve ficar para 2019 e o teto de gastos estabelecido pelo governo pode ser rompido já em 2019.

Confirmando o “DNA estatal tupiniquim”, a Previ, que é o corrupto e criminoso fundo de pensão dos empregados do Banco do Brasil, “avisou” que tem interesse na oferta de ações da BR Distribuidora, que será realizada em DEZ/17 na Bolsa brasileira.

Influenciadas pelos ótimos resultados da balança comercial e ajudando a conter a tendência de alta do dólar frente ao real, as transações do Brasil com o exterior ficaram negativas em “apenas” US$ -343mi no mês passado, o que representa melhor resultado para outubro desde 2007 e elevou o saldo negativo no ano para US$ -3bi, o que também é o melhor resultado em 10 anos.

Inferior ao auferido em OUT/17 (0,34%) e também menor do que a média das “apostas do mercado” (0,38%), o IPCA-15 de NOV/17, abrindo caminho para mais um corte da taxa básica de juros, registrou inflação de 0,32% e com isto acumula uma alta de 2,58% no ano e de 2,77% nos últimos 12 meses.

Sem detalhar os motivos, já que ser uma empresa monopolista tem enormes vantagens, a Bovespa anunciou que Eletrobras, Embraer, BRF e SulAmerica ficarão de fora da carteira do seu Índice de Sustentabilidade Empresarial em 2018.

-    Cemig subiu 4,4%, refletindo o noticiário positivo, que envolveu o anúncio de venda de units da Taesa.

Política:

Com a cadeia como destino final, atualmente Temer e Aécio Neves, beneficiados pelo esdrúxulo fórum privilegiado, estão unidos juntos comandando o país, porem também estão unidos no quesito reprovação, já que respectivamente o referido presidente peemedebista e o senador tucano são reprovados por 95% e por 93% da população tupiniquim, o que indica que nas eleições de 2018 os 2 podem ser varridos da política nacional.

Conforme já era de se esperar, uma vez que poucos políticos querem sair na foto ao lado de um presidente que é reprovado por 95% dos eleitores, causou preocupação no Planalto o baixo quórum do jantar de Temer com parlamentares.

Ontem, um dia depois do presidente Temer promover um jantar para tentar reunir força política para a aprovação da reforma da Previdência, os líderes dos principais partidos aliados traçaram um cenário bastante pessimista para os interesses do Palácio do Planalto, ressaltando que "nada mudará" em relação ao apoio parlamentar.

Ex-PT, ex-PSOL e atualmente no REDE, Heloísa Helena afirmou que Lula e Dilma fizeram governos "de traição à esquerda" e que, elogiando bastante sua correligionária Marina Silva, indicou que pode ser candidata à vice em uma chapa “puro sangue” do partido.

Diante da crescente indisposição do nefasto centrão e do escroto PMDB com o decepcionante PSDB, aumentou a pressão para que Alckmin, o governador tucano de SP, assuma o comando do seu partido numa tentativa de salvar a própria candidatura à Presidência.

A operação do PMDB para acelerar a queda do tucano Antonio Imbassahy da Secretaria de Governo acabou esgarçando ainda mais as relações do governo os deputados tucanos, que agora ameaçam boicotar a reforma da Previdência.

Otimista, o que é natural para quem deveria estar na cadeia e ainda está comandando o Brasil, o presidente Temer afirmou calcula ter hoje 275 votos a favor da sua atual proposta de reforma da Previdência.

Expulsa do PMDB por ser fiel aos seus princípios, a senadora Kátia Abreu lembrou que Geddel Vieira Lima, autor do pedido que levou à sua saída, está preso e continua filiado ao partido sem responder a processo ético e também ressaltou que o presidente Temer, segundo informações da Polícia Federal, é chefe da organização criminosa peemedebista.

Ao serviço de bandidos de colarinho branco, ontem, mesmo após a corte atingir maioria, o “nobre” ministro Dias Toffoli, que é sempre bom ressaltar foi advogado do PT e foi indicado para a suprema corte pela ex-presidenta Dilma, decidiu pedir vistas do julgamento sobre mudanças no foro privilegiado.

Último membro importante da "gangue do guardanapo" a cair nas garras da Lava Jato, o empresário Georges Sadala, hoje na cadeia, é o principal elo entre o senador tucano Aécio Neves e o ex-governador peemedebista e atualmente presidiário Sérgio Cabral, condenado a 72 anos de prisão.

Finalmente “baixando sua bolinha”, Dória, prefeito de SP, admitiu publicamente que seu projeto presidencial perdeu força e que uma candidatura ao governo de SP é hoje mais provável.

Crítica:

Desde o ano passado mais de metade das compras feitas pelos consumidores norte-americanos durante o Black Friday já foi feita pela internet e este ano, representando mais um passo na revolução digital, pela primeira vez o celular deve ultrapassar o laptop e o computador de mesa como dispositivo preferencial para as compras.

Alertando para a grande concentração da propriedade na mídia e para a influência dos coronéis na formação da opinião do país, o jornal alemão "Frankfurter Allgemeine Zeitung" publicou reportagem dizendo que a democracia brasileira está em “alerta vermelho”.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário