R.B. 5/OUT/17 "Para revolucionar o mundo"



"Para revolucionar o mundo"

São Paulo, 5 de outubro de 2017 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando a valorização das commodities e com os investidores ainda acreditando na recuperação da economia brasileira e desdenhando da crise política e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, pressionado o fluxo positivo de recursos externos e seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,2%, realizando lucros após acumular uma alta de 27,1% no ano e fechar o pregão anterior no maior patamar da história, diante da escassez de notícias nos cenários interno e externo e (2) o DÓLAR caiu -0,4% à R$ 3,13, para fechar em território negativo pelo quinto pregão seguido, influenciado pelo sucesso da emissão externa feita pelo Tesouro, que captou US$ 3bi e superou as expectativas iniciais (US$ 2bi), e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, China permaneceu fechada por conta de feriado e Japão 0,1%, seguindo o desempenho positivo das bolsas de NY no dia anterior e com destaques de alta para as ações das montadoras e das companhias aéreas, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, Espanha -3,3% e França -0,1%, prejudicadas por um sentimento de maior apreensão em torno da situação política na Catalunha e com destaques de queda para as ações dos bancos, como CaixaBank (-5,0%), BBVA (-3,6%), Santander (-3,8%) e BNP Paribas (-1,7%), porem Alemanha 0,5%, sustentada pela divulgação do PMI composto do país, que atingiu o maior patamar em 77 meses e (3) dos EUA, com os 3 índices batendo recordes de alta pelo terceiro pregão seguido, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, em um dia de destaque de alta para os papéis de varejistas do comércio eletrônico, como Netflix (2,9%) e Amazon (0,9%).

Dando sequência à uma onda separatista que começou na Inglaterra e que pode redesenhar a Europa, ontem, apesar dos apelos do rei Felipe, da Espanha, Carles Puigdemont, presidente regional da Catalunha, afirmou que irá declarar independência da região, que representa 20% do PIB do país, até o início da próxima semana em resposta ao resultado de um plebiscito realizado no último domingo, cujo resultado indicou 90% de votos a favor da secessão.

Aproveitando-se do excesso de liquidez global para alocar o prazo e os custos da dívida externa tupiniquim, ontem o Tesouro nacional concluiu uma captação externa de títulos do Global 2028 que totalizou US$ 3bi, patamar 50% acima dos US$ 2bi esperados inicialmente, pagando uma taxa de juros de “apenas” 4,675% ao ano de retorno para o investidor.

Apesar da “conversa fiada” do presidente Temer, corroborada por declarações do ministro Meirelles, de que a economia brasileira já se recupera com vigor, em SET/17 (1) registrando a terceira retração consecutiva, o preço médio de vendas dos imóveis residenciais nas 20 maiores cidades do país foi -0,07% menor que em AGO/17 e -0,56% inferior a SET/16 e (2) o porcentual de famílias endividadas alcançou 58,4%, patamar 0,4% maior que em AGO/17 e 0,2% superior a SET/16.

Influenciado pela fraqueza da economia tupiniquim, aliviado pelos bons resultados do setor agrícola e “obrigando” o Copom a seguir reduzindo a taxa básica de juros nas suas próximas reuniões, IPC de SP fechou o mês de SET/17 registrando inflação de apenas 0,02%, elevando o acumulado nos 9 primeiros meses do ano para míseros 1,09% e, nos últimos 12 meses, para 2,25%.

“Apostando no Brasil”, (1) o fundo russo VTB Capital anunciou ontem que avalia a compra do aeroporto de Viracopos, que teve a devolução ao governo anunciada pelos concessionários em JUL/17 e (2) a norueguesa Statoil anunciou que investirá R$ 78mi para construir uma planta de energia solar em Quixeré, no Ceará.

Retirando dos “ombros” da empresa o peso da ineficiência tupiniquim, ontem a Agencia Nacional de Petróleo finalmente autorizou a Petrobrás, e seus sócios no projeto de Libra, a usar um número menor de componentes e serviços de empresas brasileiras em seu primeiro projeto na área.

-    O Banrisul disparou 22,2% na bolsa brasileira já que, sem medo do tema privatização, que é cada dia mais aceito e até comemorado pela população, o governo do Estado do Rio Grande do Sul, que enfrenta uma grave crise financeira, anunciou ontem que vai vender cerca de 49% do capital votante que tem do referido banco estatal.
-    A Oryzon Genomics disparou 12,8% na bolsa espanhola, já que a companhia anunciou que mudaria sua sede de Barcelona para Madri depois do plebiscito catalão sobre a independência da Espanha.

Política:

Em um raro momento de lucidez e trabalho em prol da melhora do país, ontem a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou um projeto de lei que pode resultar na exoneração de servidores municipais, estaduais e federais que tiverem avaliação insuficiente.

Com a união do PT, que votou 100% à favor, com os bandidos do PMDB, do PSDB, do DEM e de todas as esferas partidárias, na calada da noite de ontem, com o objetivo claro de se perpetuarem no poder, os “nobres parlamentares” brasileiros concluíram a aprovação da lei que cria um fundo eleitoral de cerca de R$ 2,0bi para financiar, com dinheiro público, as campanhas políticas.

Obviamente com o intuito de aumentar o valor do seu “passe”, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, alertou ontem, em um jantar com deputados e senadores, que o presidente Temer, como descumpriu as promessas que fez da primeira vez, deverá enfrentar “dificuldades” para barrar a segunda denúncia apresentada contra ele pela PGR.

A pressão dos partidos da base aliada sobre o Planalto pela liberação de empenhos e pagamentos de emendas tem assustado até os integrantes mais experientes do governo.

Além de meter a mão no bolso da população criando um fundo para as campanhas, a Câmara aprovou, dentro da reforma política, a liberação do telemarketing eleitoral, o que significa que os cidadãos poderão receber ligações dos partidos e das campanhas das 9h às 20h, de segunda-feira a sábado.

Crítica:

Dando mais uma prova do péssimo legado da Olimpíada do RJ, as principais seguradoras brasileiras, por conta da violência fora de controle, já estão recusando contratos de seguro de automóveis na outrora referida “cidade maravilhosa”.

Confirmando que a corrupção está no DNA do brasileiro, o governo descobriu que, apenas entre 2013 e 2014, cerca de 2/3 dos benefícios de assistência a pescadores foram obtidos por meio de fraude, o que gerou R$ 1,5bi de desvios.

Com potencial “para revolucionar o mundo”, o Google lançou um novo fone de ouvido, chamado Pixel Bud, que custa USD 159,00 e com o qual é possível, assim como acontecia nos filmes de ficção cientifica, ter uma conversa em tempo real com alguém que fala outra língua.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário