R.B. 18/OUT/17 "Com o apoio de 44 picaretas"



"Com o apoio de 44 picaretas"

São Paulo, 18 de outubro de 2017 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, beneficiada pela recuperação dos preços das commodities, seguindo o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e influenciada pela avaliação de que a votação de ontem favorável à Aécio no Senado é um sinal de que Temer se livrará da nova denúncia contra ele na Câmara e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, com “boas chances” de testar o “suporte” dos R$ 3,15, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e também o fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,9%, prejudicada pela piora do “humor” dos investidores, principalmente externos, com a política tupiniquim, e pelo recuo das commodities e (2) o DÓLAR caiu -0,3% à R$ 3,16, devolvendo parte da valorização do pregão anterior (0,7%) e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,4%, em alta pelo 11° pregão consecutivo e atingindo a nova máxima em 21 anos, ainda beneficiada pela expectativa de que o governo do primeiro-ministro Shinzo Abe garantirá uma fácil vitória na eleição parlamentar do próximo domingo e China 0,1%, em compasso de espera antes do início do 19º Congresso do Partido Comunista chinês, (2) da EUROPA, em uma sessão volátil, Inglaterra -0,1%, França -0,1% e Alemanha -0,1%, prejudicadas pelas declarações de Mark Carney, presidente do BC inglês, advertindo para o "risco enorme" trazido pela saída do Reino Unido da União Europeia, caso não ocorra um acordo entre as partes para organizar esse processo e (3) dos EUA, sem uma tendência única e próximas da estabilidade, porém com DJ e S&P fechando novamente nos maiores patamares da história, S&P 0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ -0,1%, com investidores digerindo balanços corporativos referentes ao terceiro trimestre deste ano e esperando a escolha do próximo presidente do FED (“BC” local).

Apresentando 2 sinais que indicam que é mentira dizer que a economia tupiniquim já saiu do buraco, (1) em AGO/17 o setor de serviços, registrando a segunda retração seguida, recuou -1,0% na comparação com JUL/17 e -2,4% na comparação com AGO/16, o que representa o pior resultado para o mês na série histórica iniciada em 2012 e (2) segundo um estudo publicado ontem pelo Serasa, 33% das cerca de 17 milhões de companhias em atividade no Brasil passam por problemas financeiros.

A Caixa, que segundo “rumores” será o próximo alvo de privatização do governo Temer, está segurando a liberação de empréstimos imobiliários, mesmo para quem já tem a carta de credito nas mãos, pois está com recursos escassos.

Confirmando que, se o Brasil fosse um país sério, Luciano Coutinho já estaria na cadeia, uma auditoria do TCU concluiu que o BNDES pagou em 2008 indevidamente 20% a mais do que o valor de mercado por ações da JBS na operação para apoiar a compra do frigorífico National Beef Packing e da divisão de carnes da Smithfield Foods, ambos nos EUA.

Como nos anos passados torrou muito dinheiro para ajudar empresas “amigas” como JBS e Odebrecht, nos 9 primeiros meses deste ano os desembolsos de empréstimos pelo BNDES foram -20% menores do que no mesmo período de 2016.

Animando o setor tupiniquim de suinocultura, o Departamento de Agricultura dos EUA divulgou ontem um relatório informando que o consumo mundial de carne suína voltará a crescer pelo segundo ano consecutivo em 2018, atingindo 113 milhões de toneladas.

Ajudando, como sempre, os grandes bancos, será votado na Câmara em regime de urgência um projeto de lei, costurado por Rodrigo Maia, que diminui o alcance e o valor das multas que a CVM poderá aplicar a infratores.

Em preparação para a venda de até 40% de suas ações no mercado, a BR Distribuidora reverteu uma série de prejuízos e registrou lucro de R$ 620mi nos primeiros nove meses de 2017, contra perdas de R$ -367mi no mesmo período do ano anterior.

-    A Petrobrás caiu -0,1%, mesmo após o anúncio de que a agência de classificação de risco Moody's elevou sua “nota” para a empresa, elogiando a melhora na situação financeira da companhia.
-    A Embraer caiu -5,4%, influenciada pela notícia de que a canadense Bombardier vendeu parte relevante de seus negócios com aviação comercial para a Airbus, o que pode acirrar a concorrência com a fabricante brasileira.
-    A UnitedHealth subiu 5,9% na bolsa de NY, após informar lucro acima do esperado e também beneficiada por um acordo bipartidário de reforma na saúde nos EUA.
-    A Netflix caiu -1,6% na bolsa de NY, em um movimento de realização de lucros, já que a companhia apresentou valorização superior a 60% neste ano.
-    A Pearson, uma das maiores empresas de educação do mundo, subiu 7,3% na bolsa da Inglaterra, após publicar balanço que agradou o mercado.
-    A Merlin Entertainments, que é uma operadora de parques temáticos, recuou -15,9% na bolsa da Inglaterra, com seus negócios prejudicados pelo tempo ruim e pelos ataques terroristas recentes em Londres.

Política:

Contrariando a vontade do Palácio do Planalto, que quer resolver a questão rapidamente, o deputado peemedebista Rodrigo Pacheco, que é presidente da Comissão de Constituição e Justiça, encaminhou para o presidente da Câmara, o democrata Rodrigo Maia, um requerimento solicitando prazo de mais 3 sessões para o colegiado concluir a apreciação da admissibilidade da segunda denúncia contra o presidente Temer.

Atendendo à uma demanda das bancadas ruralista e de construção civil, o presidente Temer, como que revogando a lei áurea, baixou uma portaria para, mudando o artigo 149 do Código Penal, que trata do trabalho escravo, (1) só considerar escravidão quando existe restrição de liberdade e (2) somente permitir a inclusão na "lista suja" escravagista com ordem expressa do ministro do Trabalho.

“Com o apoio de 44 picaretas”, 3 a mais do que o necessário e 19 deles já investigados pela Lava Jato, ontem o senador tucano Aécio Neves, que foi gravado pedindo R$ 2mi em propina para Joesley, saiu vitorioso na votação que decidiu revogar a decisão do STF que determinava seu afastamento das atividades parlamentares e seu recolhimento noturno.

Os 3 votos que Aécio teve ao seu favor dos 3 senadores do Mato Grosso, de Simone Tebet e Waldemir Moka, ambos do PMDB e de Pedro Chaves, do PSC, foram trocados por boa parte dos R$ 200mi em emendas parlamentares que Temer prometeu para quem salvasse seu comparsa tucano.

Luiz Fernando Casagrande Pereira, que é o mesmo advogado que fez um parecer defendendo Temer e Dilma no TSE, foi contratado pelo PT para defender que a candidatura de Lula em 2018 pode concorrer mesmo que ele seja condenado pelo TRF-4 e que tenha suas liminares rejeitadas pelo STJ e pelo STF.

Menos de 1 semana depois de ter sua condenação à prisão confirmada pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal, o deputado Paulo Maluf, representante do PP no Conselho de Ética da Câmara, disse que as acusações contra Temer são "falsas" e "vazias" e que a denúncia contra o peemedebista foi um ato de "terrorismo" contra a economia nacional.

Afastado do cargo há três anos por suspeitas de ter recebido propina da Alstom, o tucano Robson Marinho, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de SP, será reintegrado ao cargo por decisão do Tribunal de Justiça.

Tentando dar o mínimo de satisfação aos seus eleitores, obviamente indignados com a atitude de salvar a pele de um bandido, os tucanos retomaram a cobrança para que Aécio renuncie à presidência do partido, da qual já está afastado.

Acusado de obstruir a Lava Jato, o ex-senador petista Delcídio do Amaral, que foi preso por ordem do STF em 2015 e teve o encarceramento chancelado pelo plenário, protestou após a decisão dos senadores de reintegrar Aécio às atividades parlamentares.

Crítica:

Finalmente fazendo valer as leis, o governo federal autorizou o uso da Força Nacional de Segurança Pública para garantir a continuidade das obras da hidrelétrica de São Manoel, que estão paradas desde JUL/17, quando ocorreu uma invasão de índios.

Com uma cultura cada vez mais carnívora, o que comprovadamente é péssimo para a saúde e para a natureza, no Brasil, que é o terceiro maior produtor de frutas do mundo, apenas 40% dos brasileiros comem frutas diariamente e os que mais consomem estão concentrados na região Sudeste, têm maior escolaridade e pertencem às classes A e B.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário