R.B. 15/SET/17 "Obstrução de justiça e organização criminosa"



"Obstrução de justiça e organização criminosa"

São Paulo, 15 de setembro de 2017 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar cair, desta vez devolvendo uma parte maior dos lucros acumulados no mês (5,4%) e no ano (23,9%), prejudicada pela nova denúncia apresentada contra Temer, pelo novo teste com míssil realizado pela Coreia do Norte e por mais um ato terrorista em Londres e (2) o DÓLAR pode subir, impulsionado pelos mesmo motivos que devem derrubar a bolsa tupiniquim e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,2%, realizando lucros após 3 pregões consecutivos de alta, nos quais bateu 2 recordes históricos de fechamento, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e também pressionada pelo recuo das commodities e (2) o DÓLAR caiu -0,7% à R$ 3,12, em um pregão com boa volatilidade, com máxima de 0,4% e mínima de -0,8%, no qual prevaleceram as “apostas”, erradas aliás, de enfraquecimento da segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Temer.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,3% e China -0,4%, prejudicadas pela divulgação de uma série de indicadores chineses mais fracos do que o esperado, que voltaram a gerar dúvidas sobre o ritmo de crescimento da segunda maior economia do mundo, (2) da EUROPA, sem uma direção única, Inglaterra -1,1% e Alemanha -0,1%, influenciadas pela decisão de política monetária do BC da Inglaterra, que manteve os juros básicos inalterados em 0,25% e não fez mudanças no programa de compra de bônus, mais indicou que a maioria dos dirigentes considera apropriado retirar os estímulos nos próximos meses e apontou para possíveis altas nos juros, porem França 0,2%, sustentada pelo bom desempenho das ações de bancos, como BNP (1,2%) e o Société Générale (0,6%) e (3) dos EUA, também sem uma direção única, S&P -0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ -0,5%, com o índice DJ impulsionado pelas ações das empresas do setor de defesa, diante das tensões com a Coreia do Norte, e o NASDAQ prejudicada pela realização de lucros no setor de tecnologia, com destaques negativos para Apple (-0,9%) e Facebook (-1,2%).

Confirmando que “não se bicam”, Meirelles respondeu com ironia à recomendação de Doria, prefeito de SP, que afirmou que o referido ministro da Fazenda deveria se concentrar em recuperar a economia e deixar o jogo político para o futuro, já que afirmou que fica muito feliz quando as pessoas recomendam que ele faça algo que ele já está fazendo.

Dando mais um tímido sinal de recuperação da economia, em JUL/17, puxada principalmente pelo consumo, que por sua vez foi estimulado pela liberação dos recursos das contas inativas do FGTS, a atividade econômica medida pelo índice IBC-Br avançou 0,41% em relação a JUN/17, patamar acima do esperado pelos economistas (0,10%) e marcou a segunda alta seguida.

“Sem explicar o inexplicável”, que foram os bilhões de reais “quase de graça” que o referido banco de fomento emprestou para a empresa, Paulo Rabello de Castro, presidente do BNDES, teve a “cara de pau” de dizer que Joesley e Wesley são sócios da JBS, e não os donos.

Com a China “apostando cada dia mais alto” no Brasil, a bilionária gestora chinesa de investimentos Fosun, que já é dona de 51% da Rio Bravo investimentos e também controla a rede de hotéis Mediterranée, comprou 70% da corretora Guide Investimentos pelo valor de R$ 290mi.

Podendo ser uma oportunidade para compra, a Biticoin, que já chegou a valer US$ 4.880, despencou -31,3%, para US$ 3.349, após uma das maiores Bolsas on-line da China dizer que suspenderia suas transações com a divisa no fim do mês, em meio a uma campanha repressiva do governo do país contra as moedas criptográficas.

Referendando a atratividade dos investimentos no setor, os leilões para concessão de áreas para exploração de petróleo e gás natural na região do pré-sal brasileiro, agendados para OUT/17, já receberam inscrição de 17 empresas interessadas.

Afetado pela operação carne fraca, que atingiu em cheio a Friboi, o abate de bovinos no Brasil foi de 7,42 milhões de cabeças no segundo trimestre deste ano, o que representa uma queda de -3,1% em relação a igual período do ano passado.

-    A JBS subiu 3,9%, diante da expectativa de acionistas de que, com Wesley e Joesley Batista presos, a administração do grupo mude de mãos, numa forma de aumentar o profissionalismo e de alguma forma dissociar a imagem da empresa da dos irmãos Batista.

Política:

Conforme já se esperava, ontem, em um de seus últimos atos como Procuradoria-Geral da República, Rodrigo Janot decidiu revogar a imunidade penal dos delatores da JBS e denunciar novamente o presidente Temer, desta vez pelos crimes de “obstrução de justiça e organização criminosa”.

Nesta segunda denúncia apresentada contra o presidente Temer, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apontou que o picareta Joesley Batista, do grupo J&F, pagou cotas mensais de R$ 400 mil a R$ 600 mil ao doleiro Lúcio Funaro, ligado ao PMDB, para garantir seu silêncio e evitar que ele colaborasse com as investigações envolvendo o partido.

Dando tempo para os bandidos se prepararem e articularem, a nova denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Temer deve ficar parada por pelo menos uma semana no Supremo Tribunal Federal, já que apenas a partir do dia 20/SET/17 será retomada a discussão se é constitucional um pedido feito pelos advogados do referido presidente do Brasil para sustar a tramitação da denúncia até que "questões preliminares" envolvendo as provas da JBS sejam resolvidas.

Menosprezando as barreiras, cada vez maiores, que terá que transpor para se manter no cargo até o fim do mandato, Temer reagiu de forma dura e com relativo otimismo às 254 páginas da nova denúncia apresentada por Rodrigo Janot.

Tentando se afastar e desviar o foco das inúmeras denúncias contra Temer e contra seus ministros e aliados, Meirelles, ministro da Fazenda, afirmou que o governo trabalha para encaminhar ao Congresso a nova lei de recuperações judiciais até a próxima semana.

Com o dinheiro e o prestigio do sogro, o empresário e encrenqueiro Abílio Diniz, Luiz Felipe d'Avila, que aos 54 anos brinca de ser cientista político, decidiu se filiar novamente ao PSDB, partido que havia abandonado a 10 anos, para se lançar candidato do partido a governador de SP com o discurso de que será “o candidato da elite mais antielitista que existe”.

Colocando mais um cacique peemedebista à caminho da cadeia, ontem o Superior Tribunal de Justiça autorizou a abertura de inquérito para investigar doações de campanha feitas pela Odebrecht para Pezão, o atual governador do RJ, na eleição de 2014.

Entusiastas da denúncia contra Temer lembram que, apesar da forte resistência do Congresso a Janot, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que atualmente é um presidiário, é um fator que deixa o presidente fortemente exposto, pois pode “abrir o bico” a qualquer momento.

Com PP e PR na linha de frente, os partidos insatisfeitos com a atuação no ministro do PSDB Antônio Imbassahy à frente da Secretaria de Governo vão usar a votação da segunda denúncia contra Temer para pressionar o Planalto a tirar o tucano do cargo.

Provavelmente disposto a fazer até pacto com o Capeta para ser presidente do Brasil, Dória, após almoçar com seu novo aliado Aécio, tem se reaproximado de integrantes do PSDB aliados ao referido Senador mineiro, que após ser alvo do escândalo da JBS aniquilou suas chances de disputar novamente a presidência do país em 2018.

Garantindo que ele permanecerá no governo, o presidente Temer, em um ato de “solidariedade”, telefonou para o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, depois de ele ter sido alvo de mandados de busca e apreensão pela Polícia Federal.

Crítica:

Nesta madrugada, 1 dia após ameaçar "afundar" o Japão com o uso de armas nucleares, por seu apoio à decisão do Conselho de Segurança da ONU de adotar novas sanções contra Pyongyang, a Coreia do Norte, passando de todos os limites, testou mais um míssil com capacidade nuclear que desta vez sobrevoou o território japonês.

A cada dia estouram mais buracos dos canos do esgoto político-empresarial, envolvendo todos os grandes partidos, mas o povo brasileiro, como que cumplice desta bandalheira toda, continua inerte e “apostando” que a justiça será feita.

Colocando os picaretas para mofarem na cadeia, Edson Fachin, ministro e relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, converteu a prisão dos delatores da JBS, Joesley Batista e Ricardo Saud, de temporária (de 5 dias) para preventiva, sem prazo definido.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário