R.B. 13/SET/17 "Insistindo no assistencialismo"



"Insistindo no assistencialismo"

São Paulo, 13 de setembro de 2017 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros recentes, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e prejudicada pelas expectativas de apresentação de uma nova denúncia de Rodrigo Janot, procurador-geral da República, contra o presidente Temer e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, novamente seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e desta vez também impulsionado pela esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,3%, fechando no maior patamar da história (aos 74.538pts) pelo segundo pregão consecutivo no ano, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY, porem perdendo forças no final do dia, já que na máxima avançou 1,4%, após o anúncio de abertura de um novo inquérito contra o presidente Temer no Supremo Tribunal Federal e (2) o DÓLAR subiu 0,7% à R$ 3,13, recuperando perdas recentes, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelo novo aumento da tensão política no Brasil.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,2% e China 0,2%, acompanhando o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior e com os investidores cada dia mais dispostos a tomar risco diante de menores preocupações com questões relacionadas à Coreia do Norte, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,1%, França 0,6% e Alemanha 0,4%, com destaques de alta para as ações dos bancos, como Unicredit (3,1%), BNP (2,4%) e Deutsche (3,4%), e também aliviadas pela pausa na retórica bélica entre EUA e Coreia do Norte e (3) dos EUA, renovando recordes históricos de alta, S&P 0,3%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,3%, influenciadas pelos mesmos motivos que impulsionaram as bolsas europeias e também beneficiadas pelos danos menores do que o previsto causados pelo furacão Irma.

Além de indicar que o próximo corte da taxa de juros será menos intenso, provavelmente -0,75%, na ata da sua reunião da semana passada o Copom ressaltou, com uma boa dose de razão, que privatizações e concessões, além de investimentos em infraestrutura, são fundamentais para a retomada da atividade econômica brasileira.

Como a equipe economia de Meirelles, ajudando os caloteiros e cedendo às pressões dos “parlamentares de aluguel”, aceitou conceder descontos de -70% sobre a multa e de -90% sobre juros, o governo conseguiu fechar um acordo com a maior parte dos líderes partidários sobre o texto do novo Refis, programa de refinanciamento de dívidas tributárias, que se tudo correr como esperado será votado e aprovado hoje pela Câmara.

Prejudicadas pela queda de -1,6% nas vendas de combustíveis, algo que pode confirmar que a economia do país ainda não retomou “de verdade” o caminho do crescimento, em JUL/17 as vendas do comercio brasileiro, interrompendo uma sequência de 3 altas mensais seguidas, ficaram estáveis na comparação com JUN/17, isto mesmo com o recuo da inflação, o saque do FGTS e a recomposição do mercado de trabalho.

Assim como fazem os times de futebol, que demitem técnicos quando o time perde, nos 5 primeiros meses deste ano, principalmente por conta da crise econômica e política do país, a contratação de executivos de alto e médio escalão subiu 20% na comparação com o mesmo período de 2016.

Com o Brasil insistindo na “ideia imbecil de transformar alimento em energia”, ontem foi divulgado um estudo do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária que concluiu que a instalação de usinas para a produção de etanol proveniente de milho é viável em Mato Grosso.

Pagando a conta da rapinagem promovida pelo PT, pelo PP e pelo PMDB na empresa, a Petrobras e os participantes do maior plano de pensão dos empregados da estatal terão de injetar R$ 27,7bi para cobrir os déficits acumulados entre 2013 e 2015.

Após receber rios de dinheiro subsidiado do BNDES durante o governo Dilma, a rede varejista Magazine Luiza, “apostando” na recuperação da economia tupiniquim, anunciou ontem que vai abrir cerca de 60 novas lojas neste ano, a maioria no Nordeste do país.

-    A Apple caiu -0,4% na bolsa de NY, após apresentar seus novos produtos, entre eles a terceira geração de relógios inteligentes da companhia, a nova Apple TV e o iPhone X, lançado por US$ 999, o maior preço já cobrado por um celular da empresa, para comemorar os 10 anos da linha de smartphones.

Política:

Após percorrer o Nordeste do país em uma caravana micada, na qual cometeu inúmeros crimes como meter o pau na justiça brasileira e fez campanha presidencial antecipada, hoje o ex-presidente e futuro presidiário Lula terá uma audiência com o juiz Sergio Moro na qual terá a oportunidade de se defender da acusação de corrupção e lavagem de dinheiro por conta de suas relações ilícitas com a empreiteira Odebrecht.

“Maestro de 99,9% das picaretagens” cometidas no BNDES durante os governos Dilma e Lula, Luciano Coutinho, ex-presidente do referido banco de fomento, que emprestava dinheiro aos “amigos do poder”, como a OGX e a JBS, por 6% ao ano enquanto o tesouro captava a 20%, criticou a criação da TLP, que substitui a TJLP e reduz gradualmente o subsídio do Estado nos empréstimos.

“Insistindo no assistencialismo”, no populismo e em diversas outras medidas que visam ajudar setores “queridinhos” dos parlamentares, o Senado está prestes a aprovar uma nova lei que dará desconto de -30% para professores comprarem carros novos.

Se aproximando cada dia mais do presidente Temer, que segundo a Polícia Federal é o chefe da quadrilha do PMDB, na manhã de hoje foi preso sócio e presidente global da JBS, Wesley Batista, que é irmão de Joesley e que é acusado de se beneficiar de seu acordo de delação premiada para lucrar no mercado financeiro.

Com vários de seus ministros, como Gilmar Mendes, trabalhando para livrar Temer da justiça, hoje o Supremo Tribunal Federal julga o pedido do referido presidente do país para que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, seja considerado suspeito para atuar em casos contra ele.

Mostrando a enorme falta de profissionalismo do atual governo, ontem foi descoberto que o presidente Temer recebeu um passe do vidente João de Deus uma semana antes de Rodrigo Janot anunciar o revés na delação de Joesley Batista.

Gozando de liberdade, e da cara dos brasileiros, desde MAI/17, o ex-ministro e futuro presidiário José Dirceu, que também é um dos chefões do PT, volta a ser julgado hoje pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, sob o risco de a decisão fazê-lo voltar à prisão ou, ainda, aumentar a pena de 20 anos e dez meses a que ele foi sentenciado em 2016 pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção passiva e organização criminosa.

Abandonando seu ex-cacique à própria sorte, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso na penitenciária da Papuda, será oficialmente afastado hoje de todas as atividades partidárias pelo PMDB, de quem é primeiro-secretário e presidente do partido na Bahia.

Crítica:

Apesar da redução das punições por conta de pressões diplomáticas da China e da Rússia, que impediram o banimento às importações de petróleo e o congelamento de ativos do governo norte-coreano, o Conselho de Segurança da ONU aprovou, por unanimidade, um novo pacote de sanções contra a Coreia do Norte.

Enquanto os brasileiros seguem dirigindo carroças caras e velhas, o salão do Automóvel de Frankfurt confirma que “o futuro do setor será com carros elétricos”, já que todos os estandes das principais marcas apresentam modelos que não emitem poluentes ou trazem tecnologias híbridas, que combinam motores a combustão e elétricos.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário