R.B. 31/JUL/17 "Pressionado pela faminta base aliada"



"Pressionado pela faminta base aliada"

São Paulo, 31 de julho de 2017 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, para ampliar a valorização acumulada no mês (4,1%) e ano (8,7%), acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e beneficiada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR pode subir, recuperando uma parte das fortes perdas registradas no mês (-5,2%), influenciado pela redução da taxa real de juros da economia brasileira e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,3%, mesmo diante da instabilidade das principais bolsas mundiais, para fechar a semana acumulando ganhos de 1,3%, apoiada por indicadores econômicos mais favoráveis, por balanços corporativos dentro do esperado e pela valorização do petróleo e (2) o DÓLAR caiu -0,6% à R$ 3,13, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e a melhora do “humor” na bolsa brasileira, pós um pregão com alguma volatilidade, já que na mínima recuou -0,6% e na máxima avançou 0,3%.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,6% e China -0,2%, com investidores realizando lucros após o fraco desempenho do setor de tecnologia em Wall Street no dia anterior, (2) da EUROPA, Inglaterra -1,0%, França -1,1% e Alemanha -0,4%, prejudicadas por balanços trimestrais ruins de grandes empresas, como o grupo de telecomunicações BT (-1,8%) e a Air France-KLM (-4,1%), e pela divulgação de dados piores do que o esperado sobre o PIB da França e da Espanha e (3) dos EUA, sem uma tendência única, DJ 0,1%, sustentado pelas ações do setor de energia, porem S&P -0,1% e NASDAQ -0,1%, pressionadas pelas ações da Amazon (-2,5%), que reportou queda de -77% no lucro líquido do 2º trimestre e pelas empresas de tabaco, que sofreram um revés da agencia reguladora de medicamentos e alimentos do país, que pela primeira vez na história um plano de redução de nicotina em cigarros, pegando as fabricantes de surpresa.

“Exibindo para o mercado” uma sintonia com Meirelles, ministro da Fazenda, o deputado democrata Rodrigo Maia, que é presidente da Câmara e que assumirá a Presidência do Brasil se Temer for afastado, disse que a pauta das reformas econômicas não pode ser refém da crise política e que é contra se mexer sem motivo na meta fiscal que foi apresentada no início do ano.

Contrariando a vontade de Meirelles e do “mercado”, o presidente Temer, “pressionado pela faminta base aliada”, que quer dinheiro seus currais eleitorais, já admite propor em AGO/17 a revisão, obviamente para pior, da meta fiscal deste ano, que atualmente é de um déficit de R$ -139bi.

Fazendo “populismo com dinheiro público”, o presidente Temer, desdenhando do rombo das contas públicas, anunciou em vídeo publicado nas redes sociais que o governo antecipará o pagamento do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS.

Principalmente por conta do aumento dos empregos informais, no segundo trimestre deste ano a taxa de desemprego no país ficou em 13,0%, patamar -0,7% menor do que os 13,7% auferidos no primeiro trimestre, o que representa a primeira retração desde 2014.

Apresentando um péssimo resultado, diante de receitas fracas e da antecipação de pagamento de precatórios, em JUN/17 o setor público tupiniquim teve déficit primário de R$ -19,5bi, elevando o saldo negativo do primeiro trimestre para R$ -35,1bi, o que em ambos os casos representa os piores resultados para esses períodos desde o início da série histórica, em 2001.

-    A queda dos juros no país vai naturalmente provocar uma redução das taxas de administração cobradas pelos fundos de renda fixa.
-    Na safra 2016/17, produtores rurais de Mato Grosso estimam colher 999,8 mil toneladas de algodão, recorde que superará em cem mil toneladas o resultado da colheita anterior.
-    O primeiro fundo de índice de renda fixa com cotas negociadas em Bolsa deve chegar aos investidores brasileiros apenas no fim de 2018.

Podendo, em um futuro próximo, lançar ações na bolsa, obviamente dos EUA, e assim abrindo possibilidade de “pessoas comuns” investirem em um setor muito promissor, a SpaceX, fábrica de foguetes criada pelo bilionário Elon Musk (presidente-executivo da Tesla), arrecadou US$ 350mi em capital novo e agora tem avaliação de US$ 21bi, o que a torna uma das mais valiosas empresas de capital fechado do planeta.

Política:

Como bandidos se juntam em bandos, no sábado o presidente Temer, que é do PMDB, recebeu o senador tucano Aécio Neves para jantar e o “prato principal” foi Tasso Jereissati, que quer tirar o PSDB da base aliada e o neto de Tancredo do comando do partido.

Com a expectativa de que a primeira denúncia contra Temer tenha um desfecho ainda nesta semana, avançou no Congresso o acordo que prevê a aprovação de PEC, de autoria do senador tucano Aécio Neves, que recria a cláusula de barreira e acaba com as coligações proporcionais.

A ala do PSDB que defende o desembarque do governo Temer “garante” que tem 30 dos 47 deputados federais do partido, porem este número será conhecido de verdade na votação da denúncia contra Temer na Câmara.

Batendo forte na mesa, Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, afirmou que o Palácio do Planalto deseja a permanência do PSDB na base aliada, mas ressaltou que é "perfeitamente possível" governar sem os tucanos.

Faltando 3 dias para a votação que pode selar seu destino político, na noite de ontem o presidente Temer se reuniu com aliados para fazer uma contagem "mais realista" dos votos e definir uma estratégia para a sessão na Câmara que vai analisar a denúncia contra ele.

Fazendo uma denúncia “interessante e importante”, Luciana Genro, última candidata do PSOL ao Planalto e ex-petista, afirmou que Lula e o PT de fingem interesse na queda de Temer, mas na verdade o que querem é prolongar o desgaste do presidente até as eleições de 2018.

Cotado pelo próprio Lula como a alternativa do PT para o Planalto em 2018, o ex-prefeito Fernando Haddad teve as contas de sua campanha à reeleição, em 2016, reprovadas pela Justiça Eleitoral de SP, no dia 21/JUL/17.

Em meio às articulações para estimular a migração de quadros do PSB para o DEM, o ministro Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), do partido socialista, usou evento com empresários da Bahia para se reunir com o prefeito de Salvador, ACM Neto, que é democrata.

Destacando, entre outras coisas, um exagero no número de delatores, a mudança de versão por parte de alguns deles e o fato de até hoje não terem acesso aos sistemas que embasaram as planilhas de repasses de dinheiro, caixa dois ou propina, a parlamentares, a Polícia Federal identificou falhas nas delações da Odebrecht que, em sua avaliação, dificultam e comprometem as investigações das informações passadas à Procuradoria-Geral da República.

Crítica:

Fazendo uma enorme diferença em termos competitivos e também ajudando na redução da pressão sobre a previdência, mais da metade dos homens japoneses com mais de 65 anos executa algum tipo de trabalho remunerado, comparado com 1/3 dos americanos e 10% em alguns países da Europa.

Com medo de danos colaterais aos EUA, como aumentar o preço da gasolina e reduzir o lucro de várias grandes refinarias, forçando Chevron, Philips e outras a importar petróleo com custos maiores, o governo Trump se mantem afastado da crise política na Venezuela.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário