R.B. 23/JUN/17 "Será preenchido rapidamente o vácuo a ser deixado pela XP"



R.B.
"Será preenchido rapidamente o vácuo a ser deixado pela XP"

São Paulo, 23 de junho de 2017 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, inclusive com "alguma chance" de fechar o dia abaixo do "suporte" dos 60.000pts, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e abalada pela decisão dos EUA de suspender as importações de carne "in natura" do Brasil e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, mesmo após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 18/MAI/17, influenciada pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira e afugentar cada dia mais o investidor externo do país governado por um bandido.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,8%, tentando iniciar um movimento de recuperação de perdas recentes, sustentada pela valorização das commodities, porem com baixo volume de negócios (R$ 6,6bi), o que indica a crescente saída de investidores externos e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,34, depois de um pregão marcado pela volatilidade e pautado por forças opostas em diversos momentos, com as incertezas políticas prevalecendo no fim dos negócios.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, realizando lucros, Japão -0,2% e China %, diante do aumento dos temores com o setor financeiro chinês do recuo das exportadoras japonesas, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,1%, França 0,1% e Alemanha 0,1%, sustentada pela alta das ações das empresas de energia, diante da valorização do petróleo e (3) dos EUA, S&P -0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,1%, sem direção definida e perto da estabilidade, em um dia de avanço das ações de companhias de saúde, que foram impulsionadas pela apresentação de um projeto dos republicanos para o setor no Senado.

Amenizando os "temores" de que, por conta da enorme crise política, poderia promover um corte menor que -1% na taxa básica de juros, hoje em 10,25% ao ano, na próxima reunião do Copom, o BC anunciou ontem, em seu relatório trimestral de inflação, que suas "apostas" para o IPCA de 2017 caíram de 4,0% para 3,8%.

Acreditando, com toda a razão, que "será preenchido rapidamente o vácuo a ser deixado pela XP", que matou seu discurso de desbancarização ao ser vendida para o Itaú, o grupo Globo, "de olho" no promissor mercado de assessoria independente de investimentos, comprou uma participação, supostamente minoritária, na inovadora corretora Órama.

Comprovando mais uma vez a crescente "desinflagem" da bolha imobiliária tupiniquim, em MAI/17 o preço dos imóveis residenciais no País, sem contar a inflação, recuou -1,73% na comparação com MAI/16.

Abalando seriamente a credibilidade do setor, que é defendido com "unhas e dentes" pela imprensa e pelo governo tupiniquim, os EUA, cobertos de razão, anunciaram ontem à noite a suspensão de toda a importação de carne bovina "in natura" do Brasil devido a preocupações sobre a qualidade do produto, que segundo inspeções feitas em todos os lotes desembarcados na terra de Trump desde MAR/17 tinha problemas sanitários em 11% das analises, patamar muito maior que a média global (1%).

Descredenciando o discurso da esquerda acéfala e analfabeta, segundo um estudo técnico divulgado ontem pelo (Tribunal de Contas da União, se todos os devedores do Instituto Nacional do Seguro Social pagassem suas dívidas, o caixa da Previdência voltaria a ficar negativo em apenas 2 anos.

-    A Eletrobrás disparou 6,4%, diante da expectativa de avanço no processo de venda de ativos e de declarações do presidente da empresa dizendo que seu quadro de funcionários abriga "um monte de safados inúteis" e que a sociedade não deveria pagar pelo que considera "privilégios" na estatal.
-   A Cemig avançou 6,3% após a empresa anunciar o início do processo de venda de sua participação na Light.

Política:

"Coincidentemente" no mesmo dia que o peemedebista Pezão afirmou aos seus asseclas que pode não terminar seu mandato, o deputado estadual peemedebista Jorge Picciani, Presidente da Assembleia Legislativa do RJ, afirmou que seu colega de partido, o referido governador do RJ, é incompetente e ameaçou votar o impeachment contra ele.

Sem nenhum compromisso com a eficiência econômica das medidas, o Palácio do Planalto, com o objetivo único de dar uma falsa sensação de força política, anunciou que está disposto a fazer novas concessões para viabilizar a aprovação da reforma da Previdência no Congresso.

Confirmando que a viagem internacional de Temer para a Rússia e para a Noruega foi um fracasso, (1) em Moscou o referido peemedebista foi recebido pelo sub do Ministro das Relações Exteriores, reuniu-se depois com empresários de segundo escalão e apenas se encontrou com o presidente Putin em um teatro para falar de amenidades e (2) em Oslo o presidente brasileiro foi recebido pelo chefe interino do cerimonial, deu entrevista para um estagiário, se reuniu com representantes de empresas, e não com donos, e recebeu a notícia de da redução de cerca R$ -116mi no aporte do país ao Fundo da Amazônia.

Durante o passeio internacional de Temer, n Brasil (1) a proposta da reforma trabalhista foi detonada em uma comissão do Senado, (2) sua queixa-crime contra Joesley foi recusada pela Justiça, (3) por maioria de votos, o Supremo Tribunal Federal manteve a delação do Grupo JBS, (4) o BC afirmou que a crise política poderá fazer muito mal à economia, (5) o ministro Edson Fachin deu prazo de até 5 dias para que a Procuradoria Geral da República apresente a denúncia contra o presidente e (6) os EUA anunciaram a proibição de importação de carne brasileira in natura.

Diante da premissa que a melhor defesa é o ataque, os partidos políticos que ainda apoiam o Planalto pressionam o presidente Temer a desalojar os tucanos dos ministérios antes que eles deixem formalmente a base aliada.

Apesar de ter "garantido" que não é X9, o ex-deputado federal peemedebista Eduardo Cunha, enjaulado em Curitiba desde OUT/16, está há mais de 1 mês escrevendo à mão de dentro de sua cela os anexos de uma proposta de delação que negocia com o Ministério Público no âmbito da Lava Jato.

A denúncia que Rodrigo Janot vai apresentar na semana que vem contra Temer, classificando o presidente do Brasil como "chefe de uma organização criminosa", deve ter impacto direto e negativo no processo que o peemedebista tenta mover contra Joesley Batista, dono da Friboi, por calúnia.

Crítica:

Mostrando que a permanência de Temer no poder envergonha cada dia mais o país, (1) o jornal francês "Le Monde" criticou a "tentativa vã" do presidente tupiniquim de mostrar, com a viagem a Rússia e Noruega, que "seu país não está paralisado" e (2) Jan Woischnik,  diretor da Fundação alemã Konrad Adenauer, que é ligada ao partido da chanceler Angela Merkel, afirmou que não há solução à vista para a crise" no Brasil.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário