R.B. 19/JUN/17 "House of Cards com LSD"



"House of Cards com LSD"

São Paulo, 19 de junho de 2017 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, tentando iniciar um movimento de recuperação, influenciada positivamente pela valorização das commodities e pelo movimento ascendente das principais bolas mundiais e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a esperada melhora do ‘humor” na bolsa brasileira e também pressionado pelo anuncio de que a meta de inflação do país será reduzida para 4,25% a partir de 2019.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,5%, ajustando-se às baixas das principais bolsas mundiais no dia anterior e prejudicada pelo aumento constante das incertezas políticas tupiniquins e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,29, com baixo volume de negócios, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa brasileira e influenciado pela crescente redução do fluxo positivo de recursos externos.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,6% e China 0,1%, sustentadas por papéis de exportadoras, diante do fortalecimento do dólar frente a moedas locais, o que eleva a competitividade dessas empresas nos mercados internacionais, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,6%, França 0,9% e Alemanha 0,5%, beneficiados pela notícia de que a Grécia e os credores europeus entraram em acordo para a liberação de uma nova parcela do socorro financeiro e também por dados positivos do setor automobilísticos na região, que ajudaram os papéis das montadoras locais e (3) dos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,1% e DJ 0,1%, nos maiores patamares da história, com destaques de alta para as ações das empresas do setor de energia, porem NASDAQ -0,2%, prejudicada pelo recuo das ações de gigantes de tecnologia.

Esquecendo-se da crise e principalmente do fato de que a melhor coisa que existe atualmente no Brasil é investir em renda fixa, nos 3 primeiros meses deste ano, impulsionadas principalmente pelo aumento das demissões, o número de empresas abertas no país chegou a 581 mil, o que representa o maior patamar da história e um crescimento de 12,6% na comparação com o mesmo período de 2016.

Se aproveitando da enorme fraqueza da economia tupiniquim, que derrubou o IPCA acumulado dos últimos 12 meses para 3,4%, Meirelles, ministro da Fazenda, e Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento, convenceram o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, a reduzir a meta de inflação de 4,5% para 4,25% em 2019, o que deve ser confirmado na reunião do Conselho Monetário Nacional do dia 29/JUN/17.

Como a indústria tupiniquim é cara, ineficiente e improdutiva, enquanto as importações de combustíveis crescem, nos 4 primeiros meses de 2017 a produção das refinarias nacionais recuou -7,7% na comparação com o mesmo período de 2016 e assim atingiu o pior nível desde a crise econômica do final da década passada, o que também é causado pela política de preços e pelo monopólio da Petrobras.

Preocupada com o comércio decrescente entre Brasil e Rússia nos últimos anos, a indústria tupiniquim quer aproveitar a viagem do presidente Temer a Moscou nesta semana para defender o avanço de acordos bilaterais, negociando mecanismos para evitar a bitributação e facilitar o investimento entre os dois países.

Com o Estado tupiniquim metendo o bedelho em tudo, o que atrapalha a livre concorrência e estimula a corrupção, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação lança hoje um plano para investir até R$ 1 milhão em 100 startups (empresas de tecnologia em estágio inicial) brasileiras com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões.

Rendendo-se à realidade dos fatos, o indicador de atividade econômica adotado pelo BC cresceu 0,28% em ABR/17, resultado considerado fraco e que sinaliza que o efeito positivo do agronegócio sobre a economia ficou para trás e o segundo trimestre pode se confirmar negativo.

Para pagar a conta do pacote de bondades defendido pelo núcleo político de Temer, cujo objetivo claro é comparar apoio parlamentar que evite a cassação de seu mandato, a equipe econômica pode pedir a devolução antecipada de R$ 30bi dos recursos emprestados pelo Tesouro ao BNDES.

Poucos anos após os governos Lula e Dilma financiarem, com dinheiro “quase grátis” do BNDES, a ditadura de Chávez, a Venezuela transformou-se no menor mercado para o Brasil dentre os países da América do Sul.

-    A American Airlines recuou -1,7%, a Delta perdeu -0,3% e JetBlue caiu -1,0%, todas nas bolsas de NY, já que estas companhias aéreas foram prejudicadas pela decisão de Trump, presidente dos EUA, de  cancelar o acordo da última administração com Cuba.

Política:

Coberto de razão, o prestigiado executivo inglês Steve Jacobs, presidente-executivo do BTG Pactual, afirmou que atualmente o Brasil é como um “House of Cards com LSD" e se torna cada dia mais uma terra de gangues, não só pela "política empesteada", mas pelos "comandos" nascidos nas prisões.

Obviamente com medo de perder a “vida mansa” de luxo bancada compulsoriamente por quem trabalha, Rafael Marques, presidente do Sindicato dos metalúrgicos do ABC paulista, que é um dos mais poderosos do país, afirmou que teme que a reforma da legislação trabalhista em discussão no Congresso abra caminho para uma guerra entre sindicatos.

Luiz Fernando Emediato, que recentemente foi eleito presidente do comitê de investimentos do FI-FGTS, o bilionário fundo que aplica dinheiro tomado compulsoriamente do trabalhador em infraestrutura, deve renunciar ao cargo nesta semana, já que ele é apontado por executivos de empresas atingidas pela Operação Lava Jato como uma das pessoas que receberam propina.

Mostrando “ingenuidade ou falta de vergonha na cara”, o ex-presidente FHC defendeu que o atual presidente Temer tenha um "gesto de grandeza" e antecipe as eleições diretas, se avaliar que não tem mais condições de governar.

No fim de ABR/17, o PSDB paulista elaborou um manifesto que seria enviado a todos os filiados à sigla no país, porem antes ele foi entregue ao então presidente da legenda, o senador mineiro Aécio Neves, que prontamente aniquilou com a iniciativa.

o pedido para que o STF remeta ao plenário da corte a decisão sobre a prisão de Aécio, o advogado Alberto Toron reforça que o próprio procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia solicitado que o caso fosse julgado pelo colegiado.

Mostrando que o presidente Temer está cada dia mais sem apoio, apesar dos apelos de Baleia Rossi, que é líder do PMDB na Câmara, a senadora peemedebista Marta Suplicy se recusou a aceitar comandar o Ministério da Cultura.

Subindo um pouco mais o tom, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Claudio Lamachia, trocaram críticas durante o final de semana pela demora de Maia na apreciação dos pedidos de impeachment do presidente Temer.

O deputado Federal Alessandro Molon, do Rede do RJ, vai entrar no STF com um mandado de segurança para tentar obrigar o presidente da Câmara, o democrata Rodrigo Maia, a decidir sobre os 19 pedidos de impeachment de Temer que estão há cerca de 1 mês em sua mesa.

Além das acusações disparadas contra o presidente, classificado como chefão da quadrilha, Joesley Batista declarou à revista "Época" que Geddel Vieira Lima era o "mensageiro" de Temer para garantir o silêncio dos presos Eduardo Cunha e Lúcio Funaro.

Crítica:

Simplesmente por falta de educação administrativa, segundo um estudo da Deloitte 54% das empresas brasileiras usa uma estratégia de precificação que não leva em consideração fatores da demanda na hora de formular suas políticas.

Dando um exemplo de como a interferência do Estado tupiniquim na vida do cidadão está chegando a níveis absurdos e inacreditáveis, o Ministério da Saúde quer proibir o refil gratuito de refrigerante em lanchonetes e restaurantes, o que prova que o governo brasileiro entende que você é tão imbecil que não consegue nem decidir por si mesmo a quantidade de refrigerante que deve tomar.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário