R.B. 3/MAI/17 "O Brasil é o paraíso dos bandidos"



"O Brasil é o paraíso dos bandidos"

São Paulo, 3 de maio de 2017 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, acompanhando a realização de lucros das principais bolsas mundiais, prejudicada pelo recuo das commodities e influenciada pela repercussão negativa da decisão do Supremo de soltar José Dirceu e (2) o DÓLAR pode subir, rumo aos R$ 3,20, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa tupiniquim e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,0%, para fechar o dia no maior patamar em 2 meses (aos 66.721pts), beneficiada pela valorização das commodities, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e impulsionada pela melhora das “apostas” de recuperação da economia brasileira e (2) o DÓLAR caiu -0,7% à R$ 3,15, seguindo a melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pelas expectativas de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e “investimentos”.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,7%, com destaques de alta para as ações das empresas de tecnologia, que seguiram o desempenho de suas pares na Nasdaq no dia anterior e China -0,4%, prejudicada pela divulgação de números decepcionantes sobre a atividade no setor manufatureiro do país, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,6%, França 0,7% e Alemanha 06%, beneficiadas pela redução das chances de vitória da candidata da estrema direita nas eleições presidenciais francesas, impulsionadas pela publicação de resultados corporativos positivos e também “animadas” pela divulgação de que o em ABR/17 o índice de gerentes de compras industrial da zona do euro atingiu o maior nível em 6 anos e (3) dos EUA, S&P 0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,1%, sustentadas pela manutenção do bom desempenho do setor de tecnologia e com destaque de alta para a Mastercard (1,5%), que registrou receita maior que a previsão.

Cada semana um pouquinho mais otimista com o futuro tupiniquim, o “mercado” elevou, desta vez de 0,43% para 0,46%, suas “apostas” para o crescimento da economia brasileira em 2017 e reduziu, agora de 4,04% para 4,03%, suas projeções para a inflação medida pelo IPCA neste ano, patamar cada dia mais abaixo do centro da meta (4,5%).

Mais otimista que de costume, Meirelles, ministro brasileiro da fazenda, “palpitou” que a economia tupiniquim deve ter crescido cerca de 0,8% no primeiro trimestre deste ano na comparação com os últimos três meses de 2016 e também “alertou” que as empresas vão ter de se preparar "para aumentar estoques e investimento".

Mostrando que a economia brasileira ainda dá sinais negativos, segundo dados divulgados pela associação que representa os revendedores de veículos, em ABR/17 foram emplacados 156,9 mil automóveis no país, o que representa uma queda de -17% na comparação com MAR/17 e de -3,6% na comparação com ABR/16.

Ascendendo mais uma luz no final do túnel, em ABR/17, pela primeira desde JAN/15, o setor industrial tupiniquim voltou a registrar expansão já que, diante do aumento do volume de novos pedidos e da redução do ritmo de cortes de empregos, o Índice de Gerentes de Compras ficou em 50,1pts no mês passado, ante 49,6pts em MAR/17.

Bajulador da ditadura, ex-ministro de Sarney, capacho de Lula e hoje colunista, Delfin Netto, que também é economista, “alertou” que o Brasil estará rumando "para o desastre", com insustentabilidade das contas públicas e volta da hiperinflação, caso Temer não consiga aprovar a reforma da Previdência.

Mariano Rajoy, primeiro-ministro da Espanha, que veio ao Brasil na semana passada, recebeu uma pesquisa realizada pela Câmara Espanhola de Comércio que apontou que entre suas associadas 74% consideram o ambiente de negócios no Brasil regular a desfavorável, sendo de 50% se queixam dos tributos, 44% citam a burocracia elevada e 28% reclamam da legislação trabalhista (28%).

Sedento por receitas não recorrentes, já que a economia insiste em não melhorar, o governo Temer decidiu realizar no mesmo dia os 2 leilões do pré-sal previstos para 2017, nos quais oferecerá oito áreas para exploração de petróleo e pretende arrecadar cerca de R$ 4,35bi.

Dentro das “apostas do mercado” e impulsionada principalmente pelo forte aumente das exportações de commodities, em ABR/17 a balança comercial tupiniquim registrou um superávit de US$ 7,0bi, o que representa um aumento de 27,8% na comparação com ABR/16 e também foi é o melhor resultado para o mês na série histórica, iniciada em 1989.

-    O Itaú Unibanco subiu 2,0%, na véspera da divulgação do primeiro resultado trimestral de 2017.
-    A JBS disparou 7,9%, após a empresa anunciar a conclusão da aquisição da norte-americana Plumrose.

Política:

Cedendo cada dia mais às pressões por demandas de classes privilegiadas, ontem, pouco antes do início da votação do parecer da reforma da Previdência na comissão especial, o relator da proposta, que é deputado Arthur Oliveira Maia, passou a aceitar a inclusão dos policiais legislativos na mesma regra dos policiais federais, reduzindo de 65 para 55 anos a idade mínima para se aposentar.

Aliado, ou seria comparsa, mais fiel do governo Temer, o PSDB, que tem 3 ministros, decidiu tirar da comissão especial da reforma da Previdência o deputado tucano Eduardo Barbosa, que é contrário ao relatório que propõe novas regras de aposentadoria no país.

Supostamente integrante da base aliada do presidente Temer, já que comanda a Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, ontem o Solidariedade, partido de aluguel de Paulinho da Força, dedicou metade de seu programa partidário de 10 minutos a ataques à reforma da Previdência apresentada pelo Planalto.

Para o alivio do presidente Temer, começou a ganhar corpo a operação para tirar Renan Calheiros da liderança do PMDB do Senado e o primeiro passo foi impedir que a reforma trabalhista fosse incluída na pauta da Comissão de Constituição e Justiça, que é presidida por um aliado do referido senador alagoano.

Ainda de forma bastante discreta, cada dia mais dirigentes do PSDB admitem que Dória, prefeito de SP, é hoje o único político do partido capaz de gerar algum engajamento positivo relevante para a sigla nas eleições presidenciais de 2018.

Mais ideológicos, 5 dos 7 deputados do PT da Bahia ameaçam rebelião caso a executiva do partido não acolha recursos do “Muda PT” contra os resultados das eleições internas, já que dos 20 mil votos no Estado, 4 mil estão sob suspeita.

Crítica:

Confirmando, pela enésima vez, que “o Brasil é o paraíso dos bandidos”, ontem a segunda turma do Supremo Tribunal Federal decidiu, por 3 votos à 2, colocar em liberdade José Dirceu, mentor intelectual de 99% dos crimes realizados durante os governos Dilma e Lula.

Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, que tem empregos vitalícios e devem favores apenas à quem os colocou lá, foram responsáveis pela decisão de soltar o bandido José Dirceu, porem caberá agora ao juiz Sergio Moro, que havia determinado a prisão preventiva na primeira instância, analisar quais medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica, recolhimento domiciliar e pagamento de multa, que serão aplicadas para o referido petista ficar em liberdade.

Na semana passada, por ordem dos “nobres” ministros do Supremo, foram soltos o ex-tesoureiro do PP João Carlos Genu, José Carlos Bumlai, que é amigão de Lula, e Eike Baptista, com isto Eduardo Cunha e Palocci, que já negociavam suas delações, devem manter a boca fechada e aguardar com bastante otimismo a hora de voltarem para suas mansões.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário