R.B. 2/MAI/17 "Cada vez mais pessoas querendo fugir do Brasil"



"Cada vez mais pessoas querendo fugir do Brasil"

São Paulo, 2 de maio de 2017 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, após fechar o mês de ABR/17 acumulando uma alta de “apenas” 0,6%, beneficiada pela valorização das commodities, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e impulsionada pela melhora das “apostas” de recuperação da economia brasileira e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pelas expectativas de aumento do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e “investimentos”.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,1%, recuperando as perdas da abertura, diante do “alivio” causado pela dimensão menor do que o esperado da greve e das manifestações contra as reformas, e com destaques de alta para as ações das empresas ligadas a commodities e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,18, seguindo a melhora do “humor” na bolsa tupiniquim, porem após um pregão com bastante volatilidade, já que na máxima atingiu R$ 3,21, diante da tradicional “briga” para a formação da cotação de fechamento do mês.

Ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,6%, impulsionada por empresas de eletrônicos, com destaques para a Tokyo Electron (13,3%) e Fujitsu (8,4%) e China permaneceu fechada devido ao feriado do Dia do Trabalhador, (2) da EUROPA, Inglaterra, França e Alemanha também permaneceram fechadas devido ao feriado do Dia do Trabalhador e (3) dos EUA, com baixo volume de negócios, sem uma tendência única e com pouca volatilidade, S&P 0,2%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,7%, com o índice Nasdaq atingindo recorde de alta, puxado pelo setor de tecnologia, ao mesmo tempo em que o índice DJ foi pressionado por comentários do presidente Trump, que afirmo que estaria considerando reestruturar os maiores bancos de Wall Street ao alterar uma lei financeira.

Aparentando otimismo com o país, Jorge Mariscal, diretor de investimento de mercados emergentes da UBS Wealth Management, colocou o índice MSCI Brasil (que mensura o desempenho de papéis de empresas brasileiras) como o preferido entre os de mercados emergentes, ressaltando que ele deverá continuar a ter performance superior ao de seus pares nos próximos 6 meses.

Coberto de razão, Mário Mesquita, economista-chefe do Itaú Unibanco e ex-diretor do BC, alertou que, sem a aprovação da reforma da Previdência, a trajetória insustentável da dívida pública brasileira levará o país a um ajuste severo, que pode levar a inflação a 2 dígitos, elevação da taxa básica de juros e/ou a medidas similares às adotadas no governo Collor, quando houve confisco de cadernetas de poupança.

Apresentando boas novas:
-    As vendas de ovos de Páscoa pelo varejo supermercadista nas 2 semanas que antecederam o feriado cresceram 16% em relação ao mesmo período de 2016.
-    A porcentagem de brasileiros com parcelas e prestações a pagar caiu de 50%, em OUT/16, para 40%, em MAR/17.
-    A produção de cigarros no Brasil aumentou 3,4% no primeiro trimestre de 2017, na comparação com o mesmo período do ano passado.
-    O percentual dos brasileiros que acham que a economia vai piora caiu de 41% em DEZ/16 para 31% na última semana de ABR/17.

Apresentando notícias ruins:
-    A taxa de desemprego no Brasil atingiu 13,7%, o que representa o maior patamar da história, e o número de trabalhadores com carteira assinada no país atingiu o menor nível desde 2012.
-    O setor público registrou déficit primário de R$ -11bi em MAR/17, o que representa o pior resultado para o mês desde 2001, quando começa a série histórica.

Mostrando mais uma vez “o enorme poder da empresa de Mark Zuckerberg”, segundo documentos vazados da sede do Facebook na Austrália a rede social identifica, e facilmente se aproveita, da vulnerabilidade emocional de usuários para promover um determinado tipo de publicidade.

Necessitando, com a maior urgência possível, fazer caixa para cobrir os rombos deixados pela pilhagem promovida pelo PT na empresa, Pedro Parente, presidente da Petrobras, afirmou ontem que a referida estatal planeja relançar "nas próximas semanas" seu plano de venda de ativos, já com as modificações estipulavas pelo Tribunal de Contas da União, ressaltando que está mantida a meta de arrecadar US$ 34,6bi ao final do programa.

-    A Eletrobrás subiu 3,2%, diante da inclusão da empresa na carteira teórica do Ibovespa que começará a vigorar hoje.

Política:

Às vésperas de seu mais importante dia no governo, que é a votação da reforma da Previdência, o presidente Temer, conforme prometido, deflagrou o processo de retaliação dos seus aliados infiéis, que será a demissão de apadrinhados dos deputados que “pularam a cerca” na votação do projeto que modifica a Consolidação das Leis do Trabalho.

Confirmando que é uma missão bastante difícil o presidente Temer conseguir aprovar a reforma da previdência, segundo uma pesquisa feita pela Datafolha 73% dos trabalhadores brasileiros se dizem contrários à referida reforma e, entre os funcionários públicos, que são os mais afetados pelas mudanças propostas, a taxa de rejeição chega a 83%.

Reforçando sua posição de principal opositor direto da esquerda e de Lula, na sexta-feira, durante a greve, Dória, prefeito de SP, chamou grevistas de "vagabundos" e "preguiçosos" e declarou que as "pessoas corretas não apoiam" a paralisação, cujo grande perdedor, segundo ele, foi a população que trabalha honestamente.

Julgando à favor de picaretas, Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, mandou soltar Eike Batista, picareta, midas do PowerPoint e réu na Justiça Federal do RJ por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Como os políticos tupiniquins sempre legislam em causa própria, a entrada em vigor da cláusula de barreira, que tramita na Câmara e que pretende inibir a proliferação de partidos, aumentaria o repasse do fundo partidário para as grandes e médias siglas em cerca de 25%.

Segundo uma pesquisa com intenções de voto para presidente divulgada pelo Datafolha, cuja veracidade e eficiência podem sim serem questionadas, (1) Lula subiu de 25% em DEZ/16 para 30% atualmente, (2) Bolsonaro subiu de 9% para 15%, (3) Marina Silva caiu de 15% para 14%, (4) Aécio caiu de 11% para 8% e (5) Dória, que aparece pela primeira vez, tem 5%.

Inflamado pelo crescimento de Lula no último Datafolha, um grupo de 3 governadores (Flávio Dino, do PC do B-MA, Tião Viana, do PT-AC e de Fernando Pimentel, do PT-MG) articula lançar carta pública em apoio à candidatura do petista à Presidência, fazendo inclusive um apelo para que o ex-presidente saia em caravana pelos Estados para debater o que seria apresentado como um programa de governo.

O marqueteiro e picareta João Santana afirmou ao Tribunal Superior Eleitoral que o presidente Temer também se beneficiou do caixa dois repassado à campanha presidencial de 2014.

Crítica:

Com “cada vez mais pessoas querendo fugir do Brasil”, principalmente diante da escalada da violência, da crise financeira e dos incontáveis casos de corrupção, segundo uma pesquisa divulgada ontem 34% da população tupiniquim tem vergonha de ser brasileiro o que representa o maior patamar da história e é 4 vezes maior do que o melhor resultado, de 9%, atingindo no final de 2010.

Metendo o bedelho onde não deveriam se envolver, as entidades religiosas tupiniquins, que gozam da absurda isenção fiscal em um país que por constituição é laico, divergem e discutem de maneira truculenta sobre as reformas trabalhista e previdenciária.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário