R.B. 7/ABR/17 "Mostrando que está no comando"



"Mostrando que está no comando"

São Paulo, 7 de abril de 2017 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em baixa, ampliando as perdas registradas nos 2 últimos pregões (-2,3%), acompanhando o aumento da tensão global causada pelo ataque dos EUA à Síria e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, rompendo facilmente a “resistência” dos R$ 3,15, seguindo a esperada piora do “humor” na bolsa e também a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,8%, na contramão da melhora do “humor positivo” das principais bolsas mundiais e da valorização internacional das commodities, com os investidores percebendo cada dia mais que será grande a dificuldade do governo Temer de aprovar a reforma da Previdência e (2) o DÓLAR subiu 1,0% à R$ 3,14, se aproximando dos R$ 3,15, influenciado pelo mesmo motivo que derrubou a bolsa tupiniquim e também impulsionado pelas “apostas” de que na sua reunião da próxima semana o Copom vai cortar a taxa básica de juros em no mínimo -1,0%.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -1,5%, no menor patamar desde 7/DEZ/16, em meio a preocupações com o rumo da política monetária dos EUA e China 0,3% ainda sustentada pela perspectiva de novos investimentos em infraestrutura , (2) da EUROPA, também sem uma tendência única, Inglaterra -0,4%, pressionada por ações de empresas do setor farmacêutico, como Shire (-1,9%) e GlaxoSmithKline (-1,8%), porem França 0,5% e Alemanha 0,1%, sustentadas por declarações de Mario Draghi, presidente do BC Europeu, afirmar que é ainda muito cedo para reduzir os estímulos monetários na zona do euro e (3) dos EUA, S&P 0,2%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,2%, com destaques de alta para as ações do setor de energia, impulsionadas pelo avanço dos preços do petróleo, diante de algumas declarações “duras” do governo dos EUA sobre a Síria e a Coreia do Norte, e pelos sinais de força da economia do país.

Apesar de afirmar que está otimista com o futuro tupiniquim, Klaus Schwab, fundador e presidente-executivo do Fórum Econômico Mundial, que em 2018 acontecerá em SP, (1) se mostrou surpreso ao saber que brasileiros se aposentam aos 54 anos, ressaltando que em seu país, a Suíça, a idade mínima é 65, (2) alertou que é fundamental realizar as reformas necessárias e (3) ressaltou que os casos de corrupção causaram um dano à reputação do país.

Como os estoques mundiais de grãos estão elevados, os produtos agropecuários continuam em queda no atacado, viabilizando uma pressão menor dos alimentos nas próximas semanas na taxa de inflação, o que certamente vai estimular o BC a cortar com mais intensidade a taxa básica de juros brasileira na reunião do Copom da próxima semana.

Coberto de razão, Meirelles, ministro brasileiro da Fazenda, ficou bastante incomodado com a estratégia política de Temer de flexibilizar a reforma da Previdência antes que o texto fosse votado na comissão, para evitar uma derrota no Congresso, já que isto aumenta bastante o risco da proposta chegar fragilizada e desfigurada ao plenário.

Provando que, apesar da defesa da impressa e dos políticos, existe sim bastante “carne fraca” no Brasil, o Ministério da Agricultura foi “obrigado” a admitir ontem que encontrou problemas sanitários em 8 amostras de 21 frigoríficos investigados pela Polícia Federal e que continham principalmente bactérias como salmonela e estafilococos, que podem causar vômitos, diarreias e outros problemas de saúde.

Dando mais um sinal de recuperação da economia brasileira, em MAR/17, após três anos de seguidas quedas nas vendas, o setor automotivo vendeu 5,5% mais carros do que em MAR/16 e a produção, impulsionada pelas exportações, aumentou 18,1% na mesma base de comparação.

“Apostando ato” no crescimento do setor agrícola tupiniquim, em MAR/16 as indústrias brasileiras de máquinas agrícolas produziram 126% mais tratores e 60% mais colheitadeiras do que em igual mês de 2016, o que também favoreceu o mercado de trabalho, já que o nível de emprego no setor aumentou 14% na mesma base de comparação.

Apoiando na sua “esdrúxula regra” que proíbe, obviamente apenas para os pequenos que não tem aceso direto à empresa, a divulgação e a propaganda da empresa durante processos de abertura de capital, ontem a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) suspendeu a oferta inicial de ações da companhia aérea Azul por até 30 dias, ressaltando que materiais de apresentação da operação foram divulgados na Internet.

Política:

Entre os líderes do “campeonato de citações da delação da Odebrecht”, o peemedebista Eliseu Padilha, ministro chefe da Casa Civil, afirmou não ver risco de a operação Lava Jato prejudicar a votação da reforma da Previdência, principal bandeira do governo Temer, e “garantiu” aos parlamentares que a aprovação da matéria trará votos em 2018.

Obviamente falando apenas “da boca para fora” e para agradar o eleitorado, ontem Alckmin, governador tucano de SP, defendeu a inclusão do setor público na reforma da Previdência, ressaltando que o funcionalismo público tem privilégios inaceitáveis e salários altíssimos sem cálculo atuarial.

Relevando novas “relações suspeitas” de Gilmar Mendes, ministro e presidente do Supremo Tribunal Federal, os 3 patrocinadores de um seminário que será promovido por ele em Lisboa neste mês tem processos de seu interesse em tramitação na corte que o “nobre” magistrado comanda.

Com a certeza absoluta que “seus eleitores são otários”, o peemedebista Pezão, governador do RJ, “garantiu” ao juiz federal Sergio Moro que o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, também peemedebista e de quem ele foi vice, nunca mencionou cobrança de propina a empreiteiras com contrato de obras no Estado.

A defesa do senador peemedebista Renan Calheiros, que entre tantas coisas é acusado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de ter cometido os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, afirmou em manifestação ao Supremo Tribunal Federal que o Ministério Público Federal "sataniza" parlamentares do PMDB ao rotulá-los como "organização criminosa".

Dando palanque para bandido, o Planalto decidiu explorar ao máximo as diversas declarações do ex-presidente Lula, feitas durante a época que o PT presidia o Brasil, à favor de uma reforma da Previdência para combater os críticos das mudanças nas regras de aposentadoria nas redes sociais.

Na tentativa de minimizar a repercussão do movimento que prega sua candidatura à Presidência em 2018, o prefeito tucano de SP Doria passou a telefonar diariamente para correligionários mais próximos do governador Alckmin para reafirmar seu apoio total ao seu padrinho político.

Tirando mais esqueletos do armário, Henrique Valladares, ex-presidente da Odebrecht Energia, disse, em seu acordo de delação premiada no âmbito da Lava Jato, que a empresa pagou, em 2009, R$ 3mi de propina a André Luiz de Souza, que na ocasião era conselheiro do Fundo de Investimento do FGTS.

Crítica:

Trabalhando mais, inclusive com a eliminação de feriados, e se modernizando, Portugal, dando uma lição ao Brasil, saiu rapidamente da maior crise de sua história, já que sua economia cresceu nos últimos 3 anos e o país reduziu seu déficit fiscal ao mesmo tempo em que aumentou os salários e aposentadorias.

Apesar de histeria de grupos feministas, que pregam igualdade apenas quando a questão lhes favorece, o Palácio do Planalto recebeu pesquisas indicando que 60% da população é à favor de que homens e mulheres sejam submetidos às mesmas regras de aposentadoria.

“Mostrando que está no comando” e aumentando consideravelmente a tensão mundial, na madrugada de hoje Trump, presidente dos EUA, mandou seu exército lançar  mais de 59 mísseis sobre a Síria, o que foi uma retaliação ao ataque químico que matou pelo menos 80 pessoas, muitas delas crianças, e já causou declarações contrárias da Rússia, que apoia o ditador sírio Bashar al-Assad.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário